Em provável ano de despedida, Walter faz estreia como titular em 2019 no Corinthians

Em provável ano de despedida, Walter faz estreia como titular em 2019 no Corinthians

Por Meu Timão

13 mil visualizações 86 comentários Comunicar erro

Walter entrou em campo após a expulsão de Cássio no jogo de duas semanas atrás

Walter entrou em campo após a expulsão de Cássio no jogo de duas semanas atrás

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Em meio a uma provável escalação recheada de jogadores reservas, o Corinthians terá Walter como goleiro na partida desta quarta-feira à noite, contra a Chapecoense, na Arena Condá, pela quarta fase da Copa do Brasil. Será a estreia do camisa 27 como titular em 2019, temporada que deve marcar a despedida do arqueiro do clube alvinegro.

A mudança na meta corinthiana para o jogo desta noite, cabe ressaltar, se dá por conta de suspensão de Cássio, expulso na última partida do Timão na Copa do Brasil, na derrota por 1 a 0 para o Ceará, quando defendeu com a mão uma bola em lance fora da área. Até aqui, o camisa 12 foi titular em todos os 24 jogos disputados pela equipe na temporada.

Walter está no Corinthians desde 2013. Desde então, quase sempre foi reserva de Cássio, com exceção de um período de poucos meses em 2016, quando assumiu a titularidade em meio aos últimos atos de Tite e à passagem-relâmpago de Cristóvão Borges.

Aos 31 anos de idade, Walter soma 74 partidas no Corinthians (66 delas como titular). Com contrato vigente até o próximo mês de dezembro, o goleiro dificilmente renovará seu vínculo.

"É difícil falar se quero ou não ficar, estou há seis anos aqui, cria-se um vínculo grande com o estafe e geral. É muito legal isso, forma uma família. Faz parte no futebol (a saída), é seguir em frente, trabalhando", declarou, em fala reproduzida pelo portal Lance!.

Na prática, Walter a partir do ano que vem fica livre para tentar ser protagonista em alguma equipe do futebol nacional ou até internacional. O Corinthians, por sua vez, enxuga substancialmente sua folha salarial levando em conta tratar-se de um atleta reserva.

Em tempo: ainda que não tenha sido considerado culpado por nenhum dos três gols, Walter teve as redes balançadas uma vez em cada uma das três partidas que disputou parcialmente em 2019 (amistoso contra o Santos e partidas contra Ferroviária e Ceará).

Veja mais em: Walter e Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Gustavo entrou no segundo tempo e marcou o segundo gol da vitória alvinegra

    Dupla marca, Corinthians vence o Deportivo Lara e vai com boa vantagem para a Venezuela

    ver detalhes
  • Carille ganhou uma série de elogios da torcida após triunfo em casa

    Fiel é só elogios para Carille e seus comandados após vitória do Corinthians; veja repercussão

    ver detalhes
  • Duílio Monteiro Alves comenta planejamento alvinegro para viagem a Venezuela

    Dirigente do Corinthians revela logística e voo fretado 'bem caro' para a Venezuela

    ver detalhes
  • Gustagol durante a vitória sobre o Deportivo Lara, na Arena Corinthians, pela Sul-Americana

    Gustagol admite que precisa melhorar fisicamente, mas vibra com gol marcado após lesão

    ver detalhes

Comente a notícia: