Manoel diz que Corinthians deve se basear na atuação do Maracanã e vê time mais forte e concentrado

2.5 mil visualizações 33 comentários

Por Meu Timão

Manoel durante jogo contra o Flamengo, pelas oitavas de final da Copa do Brasil

Manoel durante jogo contra o Flamengo, pelas oitavas de final da Copa do Brasil

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Manoel chegou ao Corinthians no início de 2019 e assumiu rapidamente a titularidade da equipe, mesmo com algumas dificuldades de adaptação no início. Mesmo assim, o zagueiro acredita que a equipe está em evolução e prevê um segundo semestre muito bom, se baseando na pausa para a Copa América e o confronto contra o Flamengo na Copa do Brasil.

Para o zagueiro, a partida do dia 4 de junho, que marcou a eliminação do Timão na competição nacional, foi uma das melhores atuações da equipe de Fábio Carille até então. Tendo perdido o jogo de ida por 1 a 0, o Corinthians pressionou o adversário jogando no Maracanã e por pouco não conseguiu o resultado necessário.

"A torcida, a diretoria, a comissão técnica e os jogadores do Corinthians querem que o Corinthians jogue daquele forma. Fizemos uma grande partida, mas saímos muito tristes. Infelizmente, a bola não queria mesmo entrar. Foi triste não ter passado porque nós merecíamos ter conquistado a vaga", afirmou o zagueiro ao LANCE!.

Leia também:
Corinthians divulga balanço dos primeiros resultados da parceria com a IBM
Marketing comemora 'nova vida' da Arena Corinthians; novidades estão sendo preparadas na estrutura

Agora pensando no restante da temporada, Manoel acredita que a parada para a Copa América pode auxiliar a equipe, que terá tempo para trabalhar mais a parte ofensiva, além de recuperar jogadores que estavam com problema físico. Dessa forma, a equipe tende a voltar mais competitiva para o segundo semestre.

"Fizemos um bom jogo contra o São Paulo (26 de maio), quando ganhamos de 1 a 0 em casa, e também contra o Flamengo, quando marcamos em cima. Temos esses dois jogos como parâmetros. Jogamos muito bem, principalmente contra o Flamengo. Nós perdemos, é verdade, mas tomamos o gol no fim e quando já estávamos indo para o desespero para começar a vitória. A equipe fez um grande jogo, tivemos várias oportunidades, mas naquele dia a bola não queria entrar mesmo. Agora, teremos mais tempo para trabalhar e todo mundo à disposição. No segundo semestre, vamos voltar mais fortes e mais concentrados", completou o zagueiro.

Por fim, o jogador comentou à respeito da iminente chegada do zagueiro Gil. Apalavrado com o Corinthians, ele espera apenas a sua rescisão com o clube chinês para ser anunciado de maneira oficial. Com mais um concorrente na posição chegando, no entanto, Manoel acredita que a vinda do zagueiro é muito positiva.

"É um jogador que tem uma história no clube. Todo mundo gosta dele aqui. Um jogador como ele, que é um cara de seleção, vem para fazer todos evoluírem. Se vier, estaremos esperando de braços abertos. Estou na torcida para que ele venha", finalizou.

Veja mais em: Manoel.

Veja Mais:

  • Pedrinho chamou a atenção da torcida com grande atuação pelo Paulista sub-20

    Joia do Sub-20 do Corinthians ainda tem contrato de formação; clube fala em renovar na 'hora certa'

    ver detalhes
  • Jemerson fará sua estreia pelo Corinthians diante do São Paulo, dia 13, na Neo Química Arena

    Comissão técnica do Corinthians quer Jemerson contra o São Paulo; veja situação do zagueiro

    ver detalhes
  • Yan posou no lançamento da nova camisa de basquete do Corinthians

    Corinthians lança novo uniforme de basquete e faz homenagem a ídolos neste sábado; veja fotos

    ver detalhes
  • Sub-23 do Corinthians disputa a segunda fase do Brasileirão de Aspirantes

    Sub-23 do Corinthians encara Red Bull Bragantino pelo Brasileirão de Aspirantes; saiba tudo

    ver detalhes
  • É assim que o estágio com Pep Guardiola mexeu com o Corinthians de Mancini

    VÍDEO: É assim que o estágio com Pep Guardiola mexeu com o Corinthians de Mancini

    ver detalhes
  • Processo foi aberto contra o Corinthians e também contra Ronaldo Fenômeno, que recebia parte do valor que a multinacional pagava para expôr suas marcas na camisa alvinegra no final da última década.

    Corinthians e Ronaldo Fenômeno encerram processo após seis anos; clube via bloqueio, R9 com depósito

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: