'Prefiro isso do que agressão', diz Carille sobre conversa entre torcedores e atletas no CT do Timão

1.7 mil visualizações 28 comentários Comunicar erro

Por Vitor Chicarolli e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

Carille admitiu que não esteve presente na conversa com membros da Gaviões da Fiel no CT

Carille admitiu que não esteve presente na conversa com membros da Gaviões da Fiel no CT

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A conversa entre torcedores e lideres do elenco do Corinthians na última quinta-feira, no CT Joaquim Grava, horas depois da dolorida derrota para o CSA, não teve a participação de Fábio Carille.

Questionado sobre o tema em entrevista concedida nesta sexta-feira, o treinador do Timão admitiu que não esteve presente na reunião com membros da Gaviões da Fiel, maior torcida organizada do clube, mas disse que vê com bons olhos a manifestação - desde que não haja agressão.

Não participei. Eles não queriam falar comigo. Em outros momento já aconteceu de eu falar com eles e foi muito bom. Eu prefiro isso do que agressão. A gente saber o que eles pensam, com paixão como torcedor. Não sei como foi a conversa. Fui embora. Se não me falaram, é algo que não era para chegar até mim. Mas agressão, como temos visto por aí,contra Palmeiras e São Paulo, é coisa que tem que acabar”, resumiu.

Recentemente, cabe destacar, a mesma torcida estendeu faixas no CT do Timão chamando o técnico Carille de retranqueiro. Na ocasião, o comandante alvinegro respondeu o protesto dizendo que "estava com moral" com a Fiel.

Leia também:
Após desmentir contato com Corinthians, Tiago Nunes admite 'analisar propostas sedutoras'
'As ideias são as mesmas', diz Carille sobre Flamengo de Jesus e Corinthians de 2017
Carille, sobre a qualidade de jogo do Corinthians: 'Vergonhosa, não parece um time treinado'

Em nota oficial, inclusive, a Gaviões da Fiel confirmou que os nomes presentes durante toda conversa foram Cássio, Fagner, Manoel, Gil e Ralf. O comunicado ainda aponta que "membros da comissão técnica" também participaram da reunião.

Sem vencer há sete jogos, o Corinthians se prepara para enfrentar o Flamengo neste domingo, às 16h, no Maracanã, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 45 pontos, o Timão ocupa a sétima colocação da competição - um ponto a menos que o sexto colocado Internacional.

Veja mais em: Fábio Carille, Torcidas organizadas e Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians ainda não sabe se disputa Libertadores ou Sul-Americana em 2020

    G4, 5, 6, 7 ou 8: entenda as três situações possíveis para o Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Meia é o principal jogador do Corinthians na temporada

    Importância de Pedrinho no Corinthians assusta: time ainda não venceu sem o meia no Brasileiro

    ver detalhes
  • Pela segunda rodada seguida, Timão vai jogar mais tarde do que o previsto

    CBF altera horário de próximo jogo do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Guilherme Mantuan e João Victor devem ser liberados nos próximos dias; Oeste e Inter de Limeira disputam a dupla

    Diretoria do Corinthians antecipa 2020 e dupla fica perto de ser emprestada

    ver detalhes
  • Corinthians estuda a situação de Sidcley desde o mês passado

    Alvo do Corinthians para a próxima temporada negocia com clube de Portugal

    ver detalhes
  • Matheus Alexandre, de 20 anos, foi contratado em abril e seguiu na Ponte Preta

    Sete dos 25 emprestados pelo Corinthians têm mais chance de trabalhar com Tiago Nunes em 2020

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: