Corinthians joga bem após 81 dias; Dérbi é chance para segunda vitória 'grande' no BR-19

12 mil visualizações 89 comentários Comunicar erro

Corinthians e Palmeiras empataram em 1 a 1 no primeiro turno do Brasileirão

Corinthians e Palmeiras empataram em 1 a 1 no primeiro turno do Brasileirão

Danilo Fernandes/ Meu Timão

O Corinthians vive uma semana especial após a demissão do técnico Fábio Carille: a equipe alvinegra, agora sob comando de Dyego Coelho, voltou a jogar bem após quase três meses e tem mais uma chance de voltar a ganhar um "jogo grande" – o que não acontece desde maio.

Na última quarta-feira, o Corinthians venceu o Fortaleza por 3 a 2, num jogo movimentado de cinco gols e com direito a virada no marcador pelo Timão. Ainda que não tenha sido uma atuação brilhante, é consenso que houve melhora significativa na forma de jogar, que pela primeira vez em exatos 81 dias animou a Fiel ao longo de boa parte dos 90 minutos.

Conforme já havia sido listado pelo Meu Timão mês passado, a última vez em que o Corinthians jogara bem foi na vitória de 2 a 0 sobre o Botafogo - o último triunfo por dois gols de diferença, aliás. Tal partida data de 17 de agosto, ainda pela 15ª rodada do Brasileirão.

De lá até a vitória sobre o Fortaleza, o Corinthians havia engatado 19 partidas de futebol fraco ou, no mínimo, questionável. Isso mesmo num período de três vitórias consecutivas. Também estão na contagem jogos contra Fluminense e Del Valle pela Sul-Americana.

A gota d'água para a continuidade do trabalho de Carille no Corinthians foi a derrota do último domingo por 4 a 1 para o Flamengo. Ali também foi a mais recente oportunidade de o Timão findar um incômodo jejum de já dura cinco meses e meio: a última vitória contra um time da parte de cima da classificação do Brasileirão foi em 26 de maio, no 1 a 0 sobre o São Paulo.

  • empate de 0 a 0 contra o Grêmio, na Arena Corinthians
  • vitória de 1 a 0 sobre o São Paulo, na Arena Corinthians
  • derrota de 1 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro
  • empate de 1 a 1 contra o Flamengo, na Arena Corinthians
  • empate de 1 a 1 contra o Palmeiras, na Arena Corinthians
  • empate de 0 a 0 contra o Internacional, no Beira-Rio
  • empate de 0 a 0 contra o Grêmio, na Arena do Grêmio
  • derrota de 1 a 0 para o São Paulo, no Morumbi
  • empate de 0 a 0 contra o Santos, na Arena Corinthians
  • derrota de 4 a 1 para o Flamengo, no Maracanã

Contra tais adversários, são até aqui seis empates, três derrotas e apenas uma vitória. Todos os dez jogos que somam aproveitamento de 30% foram sob comando de Fábio Carille.

Pois agora com Coelho confirmado por Andrés Sanchez até o fim da temporada, o Corinthians terá mais duas dessas oportunidades ainda neste Brasileirão: neste próximo sábado, o Timão visita o Palmeiras no Pacaembu, em clássico válido pela 32ª rodada. No dia 17 deste mês, pela 34ª rodada, o Timão recebe o Internacional na Arena, em Itaquera.

O Corinthians já voltou a jogar bem - por ao menos um jogo. Chegou a hora de a Fiel também matar a saudade de uma vitória "grande" neste Brasileirão? O Dérbi vem aí...

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, Dyego Coelho e Dérbi.

Veja Mais:

  • Timão encarou o Atibaia em jogo-treino nesta quarta-feira

    Corinthians empata com o Atibaia em jogo-treino com os reservas no CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Mauro Boselli tem contrato com o Corinthians até dezembro de 2020

    Boselli fala até de matrícula das filhas e projeta 2020 no Corinthians: 'Não penso em outra coisa'

    ver detalhes
  • Elenco do Corinthians treinou na Arena nesta quarta-feira

    Feminino do Corinthians faz reconhecimento da Arena em treino animado antes da final

    ver detalhes
  • A torcida do Corinthians reservou todos os ingressos para a final do Paulista Feminino na Arena

    Torcida do Corinthians esgota ingressos para final do Paulista Feminino na Arena

    ver detalhes
  • Depois de derrota contra o CSA, treinador soltou o verbo com o elenco

    Sanchez se retrata por cobrança pública ao elenco, mas cobra vaga na Libertadores

    ver detalhes
  • Carro da Mercedes durante GP do Brasil de F1 de 2015

    Como GP de Fórmula 1 ajudou Corinthians a se livrar de dívida de R$ 30 mil junto à PM

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: