Como o Corinthians ajudou a rebaixar o Ceará e salvar o Cruzeiro em 2011

6.6 mil visualizações 47 comentários Comunicar erro

Cachito Ramírez fez o gol que ajudou o Cruzeiro em 2011

Cachito Ramírez fez o gol que ajudou o Cruzeiro em 2011

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A hashtag #EntregaCorinthians dominou a internet nesta terça-feira após a derrota do Cruzeiro para o Vasco, em São Januário, em alusão ao confronto entre os paulistas e o Ceará, único concorrente dos mineiros na luta contra o rebaixamento, nesta quarta-feira, no Castelão. Já rejeitada, a ideia remete a 2011, quando o Timão fez exatamente o contrário na briga pelo título do Campeonato Brasileiro.

À época na 35ª rodada daquele ano, os comandados de Tite visitaram o Ceará no Presidente Vargas empatados com o Vasco em número de pontos. A briga pela parte de cima tabela, porém, já é bastante conhecida pelos corinthianos, que pouco lembram do que rolava na parte de baixo da classificação.

Os cearenses chegaram ao embate com 35 pontos, na 17ª colocação, dois atrás justamente do Cruzeiro, com quem batalha para não cair nesta temporada. Apesar da festa da torcida e do bom futebol apresentado, o time da casa não conseguiu furar o bloqueio corinthiano, que conseguiu sair no fim do segundo tempo para buscar o gol.

Leia também:
Dupla do Corinthians rechaça possibilidade de 'entregar' para rebaixar o Cruzeiro: 'Temos caráter'
Empresário de Pedrinho sugere que Corinthians entregue jogo contra Ceará e apaga post
'Corinthians' pode rebaixar Cruzeiro. E redes sociais já pegam fogo por próxima rodada

O tento veio em um lançamento de Ralf para Cachito Ramirez, que driblou o zagueiro para fazer 1 a 0 e abrir a temporada de "gols do título" do clube. Ele posteriormente foi seguido por Adriano, que sacramentou a virada sobre o Atlético-MG no Pacaembu, e Liedson, que, além de ser artilheiro do clube, determinou o triunfo por 1 a 0 sobre o Figueirense.

Aquele revés complicou bastante a vida do Ceará, que empataria em número de pontos com os mineiros ao final daquela jornada. O Cruzeiro, por sua vez, empatou com o Avaí sem gols naquela rodada e conseguiu se safar da queda à segunda divisão ao golear o rival Atlético-MG por 6 a 1, na última rodada.

Neste ano, porém, a situação é inversa. São os mineiros que estão atrás e podem ser rebaixados já na quinta-feira até mesmo com um empate do Timão frente ao Ceará. Caso seja derrotado pelo Grêmio, o time mineiro já não poderia mais alcançar os nordestinos e amargaria sua primeira queda à segunda divisão nacional.

Veja mais em: Títulos do Corinthians e Retrospecto do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians conta com apoio do BMG se necessário para comprar Luan

    Corinthians confia em ajuda de patrocinador para ter Luan em concorrência com o Atlético-MG

    ver detalhes
  • Atacante André Luís disputou apenas cinco partidas pelo Corinthians

    Na espera de Tiago Nunes, atacante do Corinthians desperta interesse do Goiás

    ver detalhes
  • Presidente Andrés Sanchez detonou as últimas entrevistas do mandatário gremista

    Andrés Sanchez ataca presidente do Grêmio por negociação com Luan e diz: 'Não ofereci nenhum atleta'

    ver detalhes
  • Banco BMG é o patrocinador master do Corinthians desde janeiro deste ano

    Saiba quantas contas foram abertas via parceria entre Corinthians e BMG no primeiro ano

    ver detalhes
  • Matias Romano Ávila é diretor financeiro do Corinthians

    Diretor nega 'Corinthians quebrado' e esclarece busca por Luan e Michael

    ver detalhes
  • VÍDEO: Luan, Michael e Jorge: resumo do mercado da bola do Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: