#RetroMT2019: Relembre as trajetórias do Corinthians na Copa do Brasil e na Sul-Americana em 2019

1.0 mil visualizações 13 comentários Comunicar erro

O ano do Corinthians foi muito marcado por instabilidades e inúmeros momentos de altos e baixos. Vivendo um mal momento, o time foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Brasil, por exemplo. Por outro lado, em uma boa fase, chegou até a semifinal da Sul-Americana.

Diante dos diversos cenários vividos pelo clube na temporada de 2019, detalhamos o desempenho da equipe no torneio continental e também no nacional em mais uma matéria da série de retrospectiva do Meu Timão 2019.

Além dos dois torneios que serão destrinchados abaixo, o Corinthians também disputou nessa temporada o Campeonato Brasileiro e o Paulista. No primeiro deles, o clube do Parque São Jorge ficou em oitavo lugar, enquanto no estadual faturou o título após vencer o São Paulo.

Leia mais retrospectivas do Corinthians 2019:
#RetroMT2019: De cabeça e no primeiro tempo? Veja como foram todos os gols do Corinthians em 2019
#RetroMT2019: Sornoza? Boselli? Cadê o Love?! A 'seleção' dos que mais jogaram no Corinthians em 2019
#RetroMT2019: Com oitavo lugar no Brasileirão, Corinthians termina o ano com mais de R$ 40 milhões em premiações

Desempenho do Corinthians na Copa do Brasil 2019

O Corinthians iniciou a disputa da Copa do Brasil diante do Ferroviário, no Estádio do Café. A equipe alvinegra não teve uma boa atuação e ficou no empate em 2 a 2, com os dois gols anotados por Gustavo, artilheiro do time no ano. A classificação, no entanto, veio por conta de jogar fora de casa e ter a vantagem do empate.

No segundo e último duelo de disputa única pela competição, o Timão recebeu o Avenida, do Rio Grande do Sul, na Arena Corinthians e quase se complicou. Os donos da casa viram os visitantes abrirem 2 a 0, mas buscaram a virada na reta final da segunda etapa, encerrando a partida em 4 a 2 e avançando para a terceira fase da competição.

Pelo primeiro confronto com partidas de ida e volta, o Timão visitou o Ceará no jogo de ida e venceu por 3 a 1, abrindo boa vantagem na briga por uma vaga na quarta fase. Se engana quem pensa, no entanto, que o Timão "sobrou" na segunda partida, por estar jogando em casa. A equipe alvinegra foi extremamente pressionada e viu Roger abrir o placar e garantir a vitória cearense por 1 a 0 pouco após a expulsão de Cássio. Na soma dos agregados, o Corinthians avançou.

Os jogadores comemoraram muito a vitória conquistada diante do Ceará no primeiro jogo

Os jogadores comemoraram muito a vitória conquistada diante do Ceará no primeiro jogo

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Diante da Chapecoense, pela quarta fase, o clube do Parque São Jorge saiu em desvantagem. Jogando fora de casa, o time teve dificuldade para criar e foi derrotado por 1 a 0. Já na Arena Corinthians, os alvinegros venceram pelo placar mínimo necessário para evitar a disputa de pênaltis, 2 a 0, e garantiram vaga nas oitavas de final.

Mais uma vez o Corinthians largou atrás na disputa por uma vaga na fase seguinte, mas dessa vez o desfecho não foi o mesmo. A primeira partida contra o Flamengo foi na Arena Corinthians e o Timão foi derrotado por 1 a 0. No Rio, os alvinegros fizeram boa partida, mas voltaram a ser superados pelo mesmo placar e foram eliminados do torneio.

Eliminados, os atletas agradeceram a presença dos torcedores no Maracanã

Eliminados, os atletas agradeceram a presença dos torcedores no Maracanã

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Assim, o Corinthians disputou oito jogos pelo torneio, venceu três, empatou um e perdeu quatro, além de ter balançado a rede 11 vezes e sofrido nove gols.

Números do Corinthians na Copa do Brasil 2019

Jogos disputados: 8
Pontos Conquistados: 10
Aproveitamento: 41.67%
Vitórias: 3
Empates: 1
Derrotas: 4
Gol a favor: 11 ( 1.38 por jogo )
Gols contra: 9 ( 1.13 por jogo )

Na Arena Corinthians...

De todos os jogos da competição, o Timão foi mandante em metade deles, ou seja, quatro partidas foram disputadas na Arena Corinthians. Em casa, o aproveitamento alvinegro foi de 50%, com duas vitórias e duas derrotas. Além disso, o Timão balançou as redes seis vezes e sofreu quatro tentos. Os triunfos alvinegros aconteceram diante de Avenida e Chapecoense, enquanto as derrotas foram para Ceará e Flamengo.

Em solo corinthiano, apenas cinco atletas iniciaram todas as partidas como titulares. Foram eles Cássio, Fagner, Ralf, Sornoza e Clayson. Além disso, nenhum jogador balançou as redes mais de uma vez. Os seis tentos anotados foram divididos igualmente entre Henrique, Júnior Urso, Danilo Avelar, Gustavo, Mauro Boselli e Mateus Vital.

Por outro lado, os dois atletas que mais foram substituídos na Casa do Povo durante a competição foram Sornoza (3x) e Clayson (2x). Curiosamente, as duas vezes em que Clayson deixou o campo, as substituições foram inusitadas: a primeira delas para a entrada de Sergio Díaz (contra o Avenida), que chegou ao Corinthians como uma grande promessa e atuou em apenas quatro partidas; e a segunda para a entrada de Walter, após a expulsão de Cássio (contra o Ceará).

Por outro lado, os dois atletas que mais entraram em campo com a bola rolando foram os atacante Vagner Love e Mauro Boselli, com duas oportunidades para cada um.

Curiosamente, a distribuição do time em campo também foi variada: em quatro partidas, três esquemas táticos foram usados. O 4-5-1 apareceu duas vezes, nos duelos contra Avenida e Flamengo, enquanto o 4-3-3 foi usado na derrota para o Ceará e o 4-2-3-1 foi o escolhido na vitória diante da Chapecoense.

E o Corinthians na Sul-Americana?

Diferente da Copa do Brasil, o Corinthians chegou perto do título na Sul-Americana. O time alvinegro teve um bom desempenho e chegou até a fase semifinal.

O Timão encarou o Racing na primeira fase do torneio continental e quase se complicou já no primeiro jogo. Na Arena Corinthians, o Racing saiu na frente do placar, mas Gustavo buscou o gol no fim e garantiu o 1 a 1. No El Cilindro, em Avellaneda, o placar voltou a se repetir e o Timão avançou nos pênaltis por 5 a 4.

O segundo adversário da competição foi o Deportivo Lara. No primeiro jogo, disputado na Arena Corinthians, o time alvinegro se impôs e garantiu o placar de 2 a 0, indo para a Venezuela com boa vantagem. No país vizinho, o placar voltou a se repetir e o Timão avançou para as oitavas de final do torneio.

Gustavo marcou um dos gols da vitória no primeiro jogo contra o Deportivo Lara

Gustavo marcou um dos gols da vitória no primeiro jogo contra o Deportivo Lara

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians confirmou seu favoritismo e largou na frente mais uma vez após vencer o Montevideo Wanderers por 2 a 0 na Arena Corinthians. No Uruguai, no Estádio Gran Parque Central, os corinthianos voltaram e vencer, dessa vez por 2 a 1, e garantiram vaga nas quartas de final.

O adversário da vez foi o Fluminense, único time brasileiro que o Corinthians enfrentou na competição. As duas partidas entre os clubes acabaram empatadas, a primeira por 0 a 0, na Arena Corinthians, e a segunda por 1 a 1, no Maracanã. Com a vantagem do gol fora, no entanto, o Timão garantiu vaga na semifinal do duelo.

Pedrinho marcou o gol que garantiu o empate e a vaga na semifinal ao Corinthians

Pedrinho marcou o gol que garantiu o empate e a vaga na semifinal ao Corinthians

Agência Corinthians

E foi exatamente nesse momento da disputa que o Corinthians se complicou. Jogando em casa, o time teve uma atuação ruim e viu o Independiente del Valle vencer por 2 a 0 e dificultar a situação da equipe alvinegra na competição - foi após esse jogo, inclusive, que Fábio Carille deu talvez uma de suas entrevistas coletivas mais marcantes no ano, "culpando" os jovens do elenco pela derrota. Em Quito, na casa do adversário, o Timão lutou para reverter a desvantagem e garantir a vaga na final, mas ficou no empate por 2 a 2 e foi eliminado do torneio.

Assim, o Timão encerrou sua participação na competição após dez jogos, divididos entre quatro vitórias, cinco empates e uma derrota, além de 13 gols marcados e oito sofridos.

Números do Corinthians na Sul-Americana 2019

Jogos disputados: 10
Pontos Conquistados: 17
Aproveitamento: 56.67%
Vitórias: 4
Empates: 5
Derrotas: 1
Gol a favor: 13 ( 1.30 por jogo )
Gols contra: 8 ( 0.80 por jogo )

Jogando em casa no torneio continental

Novamente, metade dos duelos disputados pelo Corinthians na competição foram em casa, sendo cinco. Dessa vez, no entanto, o aproveitamento foi de 53%, com duas vitórias, dois empates e duas derrotas, além de cinco gols marcados e três sofridos. Os triunfos foram diante de Deportivo Lara e Montevideo Wanderers, enquanto os empates foram com Racing e Fluminense; a única derrota aconteceu para o Independiente del Valle.

Na Casa do Povo, apenas três atletas iniciaram todas as partidas como titulares: Cássio, Fagner e Vagner Love. Na terceira partida, vale acrescentar, Gil apareceu na zaga corinthiana e foi titular nos jogos seguintes. Por fim, o Timão tem um artilheiro jogando em casa na competição: Gustavo balançou as redes duas vezes. Além dele, Love, Pedrinho e Clayson também marcaram.

Os atletas que mais vezes deixaram o campo com bola rolando foram Vagner Love (3x), Jason, Pedrinho, Clayson e Gabriel, com duas vezes cada. Por outro lado, os jogadores que mais entraram em campo ao longo do jogo foram Gustavo (3x), Jadson e Boselli, com duas vezes cada.

Novamente, as partidas guardam "substituições inusitadas", duas delas proporcionadas pela saída de Love e uma pela de Gabriel. Love deixou o campo para a entrada de Sergio Díaz no duelo frente ao Racing, e deu lugar para Régis no jogo contra o Deportivo Lara. O primeiro dos substitutos, como dito anteriormente, participou de apenas quatro jogos e deixou o Corinthians sem conseguir cumprir as expectativas de promessa, enquanto o segundo entrou em campo apenas dez vezes; já a saída de Gabriel deu lugar a Matheus Jesus, que foi pedido e pouco utilizado por Carille (entrou em campo 12 vezes), mas renovou seu contrato com o clube.

Mais uma vez, os esquemas táticos utilizados também variaram: em cinco jogos, quatro modelos táticos foram usados. O 4-5-1 foi o que apareceu mais vezes, sendo duas, nos jogos contra Montevideo Wanderers e Independiente del Valle; O 4-3-3, 4-2-3-1 e 4-1-4-1 foram usados apenas uma vez cada, contra Racing, Deportivo Lara e Fluminense, respectivamente.

Veja mais em: Copa Sul-Americana, Copa do Brasil e Especiais do Meu Timão.

Veja Mais:

  • Camacho, Janderson e Luan estão na 'escalação ideal' para última partida da Florida Cup

    Notas da torcida indicam 'escalação ideal' do Corinthians para saideira da Florida Cup

    ver detalhes
  • No treino desta sexta-feira, goleiro Cássio voltou a sentir dores na mão esquerda

    Cássio volta a reclamar de dores em treino; veja provável escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • Na noite dessa sexta, o Timãozinho briga por vaga na semifinal da Copinha

    Corinthians enfrenta Athletico-PR em busca de vaga na semifinal da Copinha; saiba tudo

    ver detalhes
  • Mauro Boselli fez uma partida apagada contra o New York City, pela Florida Cup

    Boselli mostra empolgação com Tiago Nunes, mas faz alerta para a torcida do Corinthians

    ver detalhes
  • Na virada do ano, Corinthians foi atrás de informação sobre Rony

    Corinthians quer Rony? O que pensa a diretoria sobre o assunto? Meu Timão conta o lado do clube

    ver detalhes
  • Memes e reações gremistas após estreia de Luan no Corinthians

    VÍDEO: Memes e reações gremistas após estreia de Luan no Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: