Aproveitamento de Coelho como interino do Corinthians só não é pior que dois técnicos desde 2008

8.3 mil visualizações 157 comentários

Dyego Coelho tem 12 jogos à frente do Corinthians como técnico interino, com apenas 41,66% dos pontos

Dyego Coelho tem 12 jogos à frente do Corinthians como técnico interino, com apenas 41,66% dos pontos

Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians

A cobrança em cima de Dyego Coelho é menor porque se trata de um técnico interino, mas o aproveitamento do ex-lateral à frente do Corinthians é bastante ruim se comparado ao desempenhos dos últimos treinadores efetivos do Timão.

O levantamento do Meu Timão mostra que, desde o início da reconstrução do clube, em 2008, Coelho tem o terceiro pior aproveitamento, tendo números melhores apenas do que Oswaldo de Oliveira e Jair Ventura - veja lista abaixo.

Nas duas passagens como interino - reta final do Brasileirão 2019 e agora -, o ex-lateral obteve apenas 41,66% dos pontos, com quatro vitórias, três empates e cinco derrotas. Foram 14 gols marcados e 13 sofridos.

Outros dez trabalhos desenvolvidos à frente do Corinthians por treinadores efetivados foram superiores: Tite (duas vezes), Mano Menezes (duas vezes), Fábio Carille (duas vezes), Adilson Baptista, Cristovão Borges, Osmar Loss e até mesmo Tiago Nunes, que foi o antecessor de Coelho.

"O problema é o que já sabemos... e vamos arrumando no dia a dia, que é a confiança, a situação de jogar mesmo. Precisamos trabalhar para readquirir confiança e, ai sim, ganhar nossos pontos", ponderou Coelho, em coletiva após empate sem gols diante do Atlético-GO, em casa.

A diretoria, por enquanto, não se pronunciou após mais um tropeço da equipe no Brasileirão.

Dyego Coelho (interino) e os treinadores do Corinthians após o rebaixamento

  • Tite (2015/16) - 69,86%
  • Mano Menezes (2008/10) - 64,5%
  • Fábio Carille (2017/18) - 62,5%
  • Mano Menezes (2014) - 60,3%
  • Tite (2010/13) - 59,1%
  • Fábio Carille (2019) - 50,72%
  • Adilson Baptista (2010) - 49,01%
  • Cristóvão Borges (2016) - 48,14%
  • Tiago Nunes (2020) - 47,43%
  • Osmar Loss (2018) - 46,66%
  • Dyego Coelho, interino (2019/20) - 41,66%
  • Oswaldo Oliveira (2016) - 37,03%
  • Jair Ventura (2018) - 31,57%

Veja mais em: Dyego Coelho, CT Joaquim Grava e História do Corinthians.

Veja Mais:

  • Vagner Mancini mira estreia do Corinthians na Copa do Brasil

    Mancini 'alerta' elenco do Corinthians sobre Copa do Brasil e relembra sucesso pessoal no torneio

    ver detalhes
  • Lucas Piton volta a trabalhar sem restrições no CT Joaquim Grava

    Com Lucas Piton, Corinthians faz treino tático de olho na Copa do Brasil; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Mancini conquistou duas vitórias importantes em três jogos pelo Corinthians

    Corinthians vê risco de queda no Brasileiro cair em 17% após chegada de Mancini; veja probabilidades

    ver detalhes
  • Guilherme chegou ao América-MG em agosto e, até agora, disputou sete jogos; foram quatro anos de vínculo com o Corinthians

    Corinthians reencontra meia do América-MG que custou R$ 30 milhões em quatro anos de contrato

    ver detalhes
  • Mandatário fez promessa de bomba e a Fiel não esqueceu

    Torcida do Corinthians cobra bombas prometidas por Andrés para o mês de outubro; veja tuítes

    ver detalhes
  • Junior Sornoza deve retornar ao Corinthians no fim deste ano

    Sornoza tem casa assaltada no Equador; meia deve retornar ao Corinthians em janeiro

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: