Quantos gols Cássio tomou no Brasileirão com bolas defensáveis e/ou falhas? Checamos... com vídeo!

51 mil visualizações 805 comentários

Cássio foi colocado como culpado por boa parte da torcida do Corinthians pelos dois gols do Ceará na noite desta quinta-feira, no Castelão

Cássio foi colocado como culpado por boa parte da torcida do Corinthians pelos dois gols do Ceará na noite desta quinta-feira, no Castelão

Danilo Fernandes/ Meu Timão

Cássio foi colocado como culpado por boa parte da torcida do Corinthians pelos dois gols do Ceará na noite desta quinta-feira, no Castelão. E uma pergunta surgiu nas redes sociais: quantos gols o camisa 12 do Timão já tomou no Brasileirão com bolas defensáveis e/ou falhas?

Em busca dessa resposta, a reportagem do Meu Timão reviveu os 34 gols tomados pelo Corinthians na competição nacional. E a resposta, já contando com os gols tomados em Fortaleza, é a seguinte: sete gols. Ou seja, 1/5 das bolas que entraram no gol alvinegro - abaixo, os autores e o vídeo dos gols.

Um detalhe curioso fica por conta do local dos gols tomados que poderiam ter sido evitados. Todos foram longe da Neo Química Arena. Os palcos foram Arena Pantanal, Nabi Abi Chedid, Arena Pernambuco, Beira-Rio, Mineirão e Castelão.

Após o duelo no Castelão, o goleiro do Corinthians não concedeu entrevista e não comentou sobre a sua noite. Quem teve de falar foi Sylvinho que, como não poderia ser diferente, minimizou os gols tomados e saiu em defesa do seu capitão.

"Futebol vive de acerto e de erros. Trabalhamos com um grupo, vamos continuar confiar e trabalhando num grupo. O atleta é passível de um erro, assim como nós. Faz parte, todos nós acertamos e erramos. Obviamente se trata mais na individualidade", minimizou Sylvinho.

Os sete gols tomados por Cássio que foram falhas e/ou com bolas defensáveis

  • 26 de julho - Rafael Papagaio (Cuiabá, na Arena Pantanal);
  • 2 de outubro - Lucas Cândido (Red Bull Bragantino, no Nabi Abi Chedid);
  • 9 de outubro - Paulinho Mocellin (Sport, na Arena Pernambuco);
  • 24 de outubro - Gustavo Maia (Internacional, no Beira-Rio);
  • 10 de novembro - Diego Costa (Atlético-MG, no Mineirão);
  • 25 de novembro - Vina e Yony González (Ceará, no Castelão).

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Cássio.

Veja Mais:

  • Robson Bambu tem uma nova oportunidade no futebol brasileiro

    Robson Bambu detalha negociação com o Corinthians e pondera 'passo atrás' por voltar ao Brasil

    ver detalhes
  • Giuliano e Paulinho são dois "concorrentes" por posição para o jogo de domingo

    Sylvinho monta dois times mistos em treino do Corinthians; veja escalações

    ver detalhes
  • Corinthians viu a sua sequência positiva ser quebrada contra o Pato

    Corinthians perde para o Pato Basquete em jogo com 17 mudanças de vantagem pelo NBB

    ver detalhes
  • Volante Éderson estava emprestado pelo Corinthians ao Fortaleza, mas deve seguir para o futebol italiano

    Corinthians chega a acordo com clube europeu e libera Éderson para exames; saiba valores

    ver detalhes
  • Fiel passa a ter uma nova opção para se atualizar no YouTube

    Meu Timão lança novo canal no YouTube; saiba como se inscrever

    ver detalhes
  • Roni participou do treino desta sexta-feira; já Willian seguiu na parte interna do CT

    Roni volta aos treinos e Willian 'desfalca' atividade do Corinthians pelo segundo dia seguido

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x