Passagem de Boselli pelo Corinthians é frustrante

Jorge Freitas

Colunista esportivo do portal 'No Ângulo', este internacionalista é mais um louco do bando e busca analisar o Timão com comprometimento com a realidade e as necessidades do maior clube do planeta.

ver detalhes

Passagem de Boselli pelo Corinthians é frustrante

Coluna do Jorge Freitas

Opinião de Jorge Freitas

3.8 mil visualizações 58 comentários Comunicar erro

Passagem de Boselli pelo Corinthians é frustrante

Mauro Boselli se vai sob grande frustração

Foto: Danilo Fernandes / Meu Timão

Conforme noticiou o Meu Timão nesta terça-feira, o argentino Mauro Boselli está fora do jogo contra o Fortaleza pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em fim de contrato, o argentino muito provavelmente não mais vestirá a camisa do Corinthians, pois deve ficar de fora também dos jogos contra São Paulo, Goiás e Botafogo, os últimos de 2020.

Se tivéssemos que definir a passagem do centroavante em apenas um adjetivo, certamente seria "frustrante". Contratado com grande expectativa, bicampeão da Libertadores e responsável por fazer o gol que quase deu o Mundial ao Estudiantes contra o Barcelona em 2009, Boselli vivia boa fase no México, onde se tornou artilheiro máximo do León com 130 gols em 220 jogos, quando aceitou o difícil desafio de substituir Jô, então último centroavante a nos dar alegria e que fora embora em 2017, pouco mais de um ano antes de o argentino chegar.

No entanto, Boselli não teve o desempenho que dele se esperava. Embora dono de boa finalização e passe, demorou para se adaptar ao futebol brasileiro e sofreu tanto com sua própria falta de intensidade quanto com o estilo de jogo de seu primeiro treinador, Fábio Carille, que insistia em jogar por uma bola, dando ao jogador pouquíssimas chances de finalização durante os jogos.

Além disso, conviveu com diversas lesões e com a concorrência de Gustagol e Vagner Love, outro veterano longe do primor físico, mas que ainda assim ajudava mais o time que o próprio argentino. Aliás, a falta de sorte foi tanta que quando parecia que poderia engatar uma sequência, na volta da pandemia, fraturou o rosto e cedeu lugar para Jô, longe do auge físico, mas reconhecidamente mais técnico que seu concorrente de ataque.

Com isso, toda a expectativa criada em torno do jogador foi se tornando frustração. Em janeiro, cheguei a comentar que com Tiago Nunes, o jogador poderia se tornar fundamental para bons resultados, mas pouco aconteceu. Com um dos salários mais caros do elenco, Boselli irá embora do Corinthians com apenas 17 gols e sem marcar há nove meses, muito pouco para quem chegou falando em fazer ao menos metade do Carlitos Tevez fez por aqui.

Coincidentemente, sua saída fica praticamente concretizada às vésperas de enfrentar sua vítima favorita, o Fortaleza, que sofreu três gols em dois jogos pelo campeonato nacional do ano passado.

É fato que o futebol do Corinthians nos últimos anos não ajudou o jogador, mas Boselli se vai sem deixar saudades. A nós, resta torcer para que a diretoria saiba o que fazer com o espaço que ficará livre na folha salarial com a saída do jogador.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna do Jorge Freitas

Por Jorge Freitas

Colunista esportivo do portal 'No Ângulo', este internacionalista é mais um louco do bando e busca analisar o Timão com comprometimento com a realidade e as necessidades do maior clube do planeta.

O que você achou do post do Jorge Freitas?