45 segundos de Jorge Jesus resumem tudo. Romero, Kazim e o Feminino me desculpem

Lucas Faraldo

Escrevendo sobre o Corinthians desde 2014

ver detalhes

45 segundos de Jorge Jesus resumem tudo. Romero, Kazim e o Feminino me desculpem

Coluna do Lucas Faraldo Knopf

Opinião de Lucas Faraldo

13 mil visualizações 80 comentários Comunicar erro

45 segundos de Jorge Jesus resumem tudo. Romero, Kazim e o Feminino me desculpem

Romero e Kazim, ex-jogadores do Corinthians, não à toa identificados com a Fiel

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Terça-feira é dia em que costumo publicar textos aqui na coluna do Meu Timão. Desde ontem (28) quando coloquei a cabeça no travesseiro, venho pensando sobre como ilustrar uma ideia. A ideia era escrever sobre o episódio do gélido desembarque do elenco do Corinthians em Maceió diante da fervorosa recepção dos torcedores alagoanos no saguão do aeroporto.

Pensei em falar sobre Ángel Romero e sua humildade em, lá no ano de sua chegada ao Corinthians, 2014, cumprimentar jornalistas, câmeras e quem mais estivesse na sala de imprensa, um a um, com aperto de mão, antes das entrevistas coletivas.

Pensei em falar sobre Colin Kazim e sua incrível facilidade em ser querido por torcedores do Corinthians mesmo não acertando absolutamente nada do que tentava com a bola nos pés. O brilho nos olhos ao falar sobre o clube e a Fiel não fazem disso tudo uma coincidência.

Pensei também em falar sobre o time feminino do Corinthians. Não por causa do título de ontem na Libertadores. Mas sim pelo carinho das jogadoras com a criança das fotos abaixo mesmo depois de um brochante vice-campeonato brasileiro há exato um mês.

É bem verdade que acabei escrevendo um pouquinho sobre tudo o que pensei em falar. Mas no fim acho que poucos exemplos podem ser tão bem ilustrativos (e contemporâneos, de quebra) quanto um vídeo que resgatei nas redes sociais de três meses e meio atrás.

Na cena abaixo, Jorge Jesus, depois de seu primeiro jogo à frente do Flamengo pelo Brasileirão, há exato um turno (19 rodadas atrás), puxou seus jogadores pelo braço e iniciou ali o que se tornaria regra no hoje melhor time do país: entrar em sinergia com a torcida.

Essa cena é de muito antes de o Flamengo de elenco muito avantajado técnica e fisicamente de fato se mostrar avantajado técnica e fisicamente. Ou de um inteligente treinador mostrar ser de fato um inteligente treinador. A cena vem antes não por acaso. O Flamengo se tornou nos últimos meses um fenômeno (cultural, como diz um amigo) não por acaso também.

Eu nem a grande maioria das pessoas que critica a aparente frieza do elenco estávamos no aeroporto em Maceió. Não vimos, num todo, quem de fato atendeu os torcedores, quem não atendeu, etc. Fato é que o próprio Gustavo, artilheiro da equipe no ano e uma das figuras que jornalistas e torcedores enxergamos como mais humildes do elenco, deu a entender que os jogadores realmente não estavam muito dispostos a interagir com a Fiel naquela situação.

Antes de qualquer questão técnica ou tática (e olha que tem questão a rodo pra discutir), parece haver coisa mais importante (e preocupante) a ser observada no Corinthians de 2019.

Talvez comece aí a explicação do quão difícil se tornou para o Corinthians observar o cada vez mais distante líder Flamengo na atual temporada.

Veja mais em: Romero, Kazim, Fábio Carille, Elenco do Corinthians e Torcida do Corinthians.

Coluna do Lucas Faraldo Knopf

Por Lucas Faraldo Knopf

Jornalista pela ECA-USP e ex-Esporte Interativo, Jovem Pan e Lance!. Hoje trabalha no Meu Timão. Autor do livro 'Impedimento - Machismo, racismo, homofobia e elitização como opressões no futebol'.

O que você achou do post do Lucas Faraldo?

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Luiz Hernane Tamashiro

    Luiz 1 comentário

    por @luiz.hernane.tamashi

    Primeira vez que comento aqui e vai ser longo. Pelos comentários, não sei se o pessoal é muito fanático pelo clube ou analfabeto funcional, pois o colunista colocou seu ponto de vista em relação a uma característica marcante que sempre esteve no Corinthians, que é a identificação dos jogadores com a torcida e o DNA do time, que é jogar com raça, com vontade, mesmo não sendo nenhum craque (o exemplo do Romero). Ultimamente não estamos vendo isso e o episódio no aeroporto mostra essa falta de identificação. Vou falar uma verdade (quem é fanático ou tem o pensamento conservador em relação ao time, melhor parar de ler), mas a instituição Corinthians está em uma falência financeira, moral, administrativa e também de futebol. Enquanto o Flamengo e outros times resolveram resolver seus problemas internos como dívidas, o marketing, para futuramente ter uma instituição sólida para ter um time com futebol competitivo, nosso time ficou nas mãos de um bando de incompetente, que não consegue melhorar a parte financeira e institucional do clube. Não pense que a grandeza e tradição de um clube possa blindar o mesmo de um rebaixamento ou dívida (exemplo de Vasco, botafogo, grêmio), mas o que precisamos agora é de um "bandeira de Mello" corinthiano para melhorar a situação do clube de dentro para repercutir no time em campo. Sou torcedor do Corinthians, mas também tenho bom senso de saber diferenciar "babar ovo" de outros times e reconhecer várias formas de melhorar um time de dentro e por fora, pois o futebol mudou gostando ou não. Ninguém hoje joga por amor a camisa, mas sim como profissional esportivo que é. Espero que tenha esclarecido sobre meu ponto de vista.

  • Foto do perfil de Fabiano

    Ranking: 3607º

    Fabiano 347 comentários

    por @fabiano.sampaio.avil

    Mais uma vez se faz um carnaval e conclusões sem que o contexto geral tenha sido de devidamente esclarecido. Um pequeno vídeo de poucos minutos não podem servir de parâmetro para se criar tanta confusão. Mais Corinthians é isso, dá Ibope e assunto para jornalistas e programas esportivos, tudo é superlativo. Agora a comparação com Flamengo, Jorge Jesus, é de uma ignorância sem tamanho, cansei de ver o atual elenco do Corinthians após o término das partidas permanecerem em campo e saldar a torcida presente na Arena, agora com toda imprensa cornetando fica difícil para qualquer um.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Vini

    Vini 15 comentários

    110º. por @vini.souza2

    Lucas Faraldo babando ovo de flamenguista, nada fora do normal

  • Publicidade

  • Foto do perfil de Felipe

    Ranking: 28º

    Felipe 16901 comentários

    109º. por @lipao88

    Osso

  • Foto do perfil de Juliana

    Ranking: 648º

    Juliana 1605 comentários

    108º. por @juliana.bauer2

    Nem me falei

  • Foto do perfil de Rogerio

    Rogerio 41 comentários

    107º. por @rogerio.da.rocha

    Este time não me representa! Tenho 62 anos e passei 23 aguardando por um título até poder extravasar toda minha corinthianisse em 1977. Raça sempre foi nosso DNA. BANDO de frouxos! Há muito tempo não via um time tão medíocre e sem identidade com o manto alvinegro. A recepção aos torcedores na chegada do aeroporto retrata o caráter deste elenco.
    De parabéns estão as meninas campeãs da Libertadores. Estas me representam!

  • Foto do perfil de Rogerio

    Rogerio 41 comentários

    106º. por @rogerio.da.rocha

    Creio que com exceção do Pedrinho, Vital, Ralf, Boselli e mais uns 3, todo o time tem boicotado o Carille e desejam vê-lo fora. Creio que ele também tenha sua parcela de culpa, por insistir em manter a base de sua "panela".

  • Foto do perfil de Rogerio

    Rogerio 41 comentários

    105º. por @rogerio.da.rocha

    Faço meu comentário no intervalo de um jogo medíocre, onde a maioria dos jogadores com pouquíssimas excessões, apáticos, desinteressados e sem o menor brio, andavam em campo, deixando-se dominar por um CSA décimo sétimo colocado num campeonato onde dá vontade de assistir ao Flamengo.

  • Foto do perfil de Antonio

    Ranking: 164º

    Antonio 4098 comentários

    104º. por @antonio.godoy.junior

    Concordo Lucas é o que eu escrevi quem é GUSTAVO?
    Um jogador mediano, esforçado até ontem não era ninguém a torcida aprendeu a gostar do mesmo e ele em seu baixo rendimento nos últimos jogos deveria ter humildade e agradecer junto com seus companheiros aos torcedores que estavam lá para ovaciona-los até porque muitos estariam ou estarão no estádio para incentiva-los e o que o pateta do jogador declara, que estavam cansados, do que! De viajarem de classe executiva, puxa vida que chato, se hospedam nos melhores Hotéis nossa que canseira! Jogam 2 vezes por semana poxa que desgaste!
    Deveria ter ficado calado até porque está igual ao treinador só fala bobagens.

  • Foto do perfil de XANDÃO

    Ranking: 617º

    XandÃo 1664 comentários

    103º. por @xandaopolemico

    Ou tem salário atrasado e ninguém quer expor ou csrille disse prós jogadores
    Vamos se defender e nos blindar
    Eu assumo a responsabilidade

  • Foto do perfil de UILDEMBERGUE

    Ranking: 1198º

    Uildembergue 999 comentários

    102º. por @uildo

    Pra mim o Kazin e nada é a mesma coisa. Marketeiro de primeira linha.

  • Foto do perfil de Elton

    Ranking: 2434º

    Elton 537 comentários

    101º. por @jown.toreto

    Romero faz muita falta, olha o que ele entregava em CAMPO, no mínimo quando não jogava bem era vontade (RAÇA), coloca Pedrinho, Sornoza, Clayson e outros no bolso fácil, fácil.
    E isso no campo, e não de lances isolados sem objetividade nenhum como desse aí que falei, um quer dar toquinho de letra, outro diz que é bom de bola PARADA e não fez um gol de falta o outro só sisca e sisca.