Trocar ou não trocar

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Trocar ou não trocar

Trocar ou não trocar

Jair Ventura tem a reta final do campeonato para provar competência

Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O trabalho de Jair Ventura no comando técnico do Corinthians não é bom. Acho que até o próprio Jair, se perguntado, admitiria isso.

13 jogos, três vitórias, quatro empates, seis derrotas. Mas até onde vai a culpa do treinador?

Até que ponto o problema é o elenco? E a diretoria?

Vamos tentar pontuar:

O elenco é ruim. Alguns jogadores que chegaram não estão jogando o que se esperava. Cito dois: Mateus Vital e Ángelo Araos.

Foram duas contratações caras, que não corresponderam por enquanto em campo. A culpa pelo fraco futebol é exclusivamente deles.

O lateral-esquerdo Danilo Avelar e os atacantes Jonathas e Roger também não estão jogando bem. Mas deles já não se esperava muito.

No caso destes jogadores, coloco a culpa na diretoria, que contratou mal.

Então temos parte da culpa dos jogadores que não estão bem, parte da culpa da diretoria em algumas contratações.

E o técnico?

Para mim, Jair tem culpa sim. Culpa ao não achar o time ideal. Ao não repetir escalação. Ao não dar confiança a alguns atletas. Ao não exigir um algo a mais de todo o elenco.

Na comparação com os técnicos anteriores do Timão, principalmente Fabio Carille e Tite, há uma diferença gigante.

Os times ruins jogavam acima de suas capacidades, com muito treino, muita repetição e muita dedicação.

O que foi aquela escalação do Jonathas na final da Copa do Brasil? Sem treinar? Se fosse uma empresa, era caso de demissão por justa causa.

Desde então, já jogaram na posição: Emerson, Romero, Danilo, Roger. E nenhum vingou. Não há centroavante.

O lateral está mal? Coloca outro! Por que não dar chance ao jovem Carlos Augusto agora no final do campeonato?

São seis partidas. Três em casa. Um clássico, agora no sábado.

Normalmente não defendo troca de técnico. E quando defendo, é no final do ano.

Pois bem, Jair tem seis partidas para provar ao torcedor que pode ficar em 2019.

Veja mais em: Jair Ventura.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?

  • 1000 caracteres restantes