Cara de Libertadores

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Cara de Libertadores

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

11 mil visualizações 119 comentários Comunicar erro

Cara de Libertadores

Rodriguinho foi um dos destaques em campo no Pacaembu

Foto: Rodrigo Gazzanel /Agência Corinthians

O empate com o Santos neste domingo deixa um saldo positivo na balança do Corinthians.

O técnico Fabio Carille, mesmo com todas as dificuldades impostas pelas saídas de alguns dos principais atletas de 2017 e a falta de reposição à altura, mostrou que conseguiu organizar a equipe.

O Corinthians foi frio. Dominou o primeiro tempo, soube controlar as ações ofensivas do rival e atacou da forma que mais gosta de fazer, com velocidade.

Poderia ter matado o jogo, mas o imprevisível aconteceu. A queda da energia tirou a concentração da equipe e o Santos voltou melhor após a paralisação.

Mesmo assim, o Timão ainda teve chance em lance de Jadson que a defesa do Santos tirou.

Depois, no abafa, o Santos apertou e conseguiu o gol de empate. Como jogava em casa com o estádio lotado, na base da euforia, poderia ter virado. E teria, não fosse um erro do juiz.

O resultado não muda a situação de nenhuma das equipes na competição. Aliás, qualquer resultado que fosse não mudaria nada. A primeira fase do Paulistão é feita para testes.

O que vale é a observação do jogo. O Santos foi desorganizado, mas valente. O Corinthians mostrou personalidade jogando contra um time sedento pela vitória. Mostrou maturidade.

Apesar do gol sofrido e dos últimos 15 minutos de sufoco, Carille pode comemorar a atuação.

Rodriguinho - pra mim o melhor em campo - Jadson, Gabriel, Renê Junior, Maycon, Fagner. Há vários motivos para comemorar.

Na Libertadores, haverá diversas partidas assim. Com o adversário apertando, atacando às vezes desorganizadamente.

E o time terá que ser como foi no Pacaembu. Frio.

Claro que ainda há o que evoluir e muito chão pela frente.

Mas saio do Pacaembu com a certeza que o time está em ótimo caminho.

Veja mais em: Libertadores da América e Campeonato Paulista.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?