Romero é um ídolo seu?

Mateus Pinheiro

Jornalista na ESPN, Mateus Pinheiro tem apenas 21 anos e já passou alguns deles escrevendo sobre o Coringão. Contaminado pela Epidemia Corinthiana.

ver detalhes

Romero é um ídolo seu?

Coluna do Mateus Pinheiro

Opinião de Mateus Pinheiro

2.7 mil visualizações 103 comentários Comunicar erro

Romero é um ídolo seu?

Romero comemora um de seus quase 40 gols com a camisa do Corinthians

Foto: Agência Corinthians

Discutir se um jogador é ídolo ou não é complicado. A idolatria, até onde eu sei, é muito pessoal. Existem, sim, ídolos indiscutíveis de clubes, mas, sendo corinthiano, não é loucura nenhuma chamar Ángel Romero de ídolo.

Romero me causa uma sensação estranha. Como outros jogadores folclóricos, o paraguaio criou uma relação de ódio/amor com a torcida, que se dividiu entre os que o achavam ótimo, e os que não o suportavam. Eu mesmo nunca soube definir o jogador.

De uma coisa eu sempre soube: esse gringo tem a cara do Corinthians. Os vídeos que ressaltam Romero nas redes sociais podem ter dribles, gols, mas se forem contar com a essência do jogador terão muita raça, muitos carrinhos, entradas, piques quilométricos, e provocações.

Nosso ex-camisa 11 gostava do jogo brigado, não tinha bola perdida e o mais importante: crescia em jogo grande. Marcou contra todos os rivais, provocou todos os rivais, e protagonizou momentos marcantes com a nossa camisa.

Muito acima da importância tática fundamental de Ángel Romero, sua paixão pela camisa que vestia sempre me fez ter orgulho de tê-lo no time. Triste, de verdade, foi a maneira como saiu. Talvez mal assessorado, ou até brigando pelo o que o clube lhe devia, não era essa a maneira que imaginava uma despedida. Pela porta dos fundos.

Os mais saudosistas se recusarão a colocar Romero em suas listas de ídolos junto a nomes tão grandes.Os mais empolgados com a garra do paraguaio guardam lugar cativo para ele. Eu não sei dizer. E você? Tem Romero como ídolo?

Veja mais em: Romero.

Coluna do Mateus Pinheiro

Por Mateus Pinheiro

Jornalista na ESPN, Mateus Pinheiro tem apenas 21 anos e já passou alguns deles escrevendo sobre o Coringão. Contaminado pela Epidemia Corinthiana.

O que você achou do post do Mateus Pinheiro?