Sempre bom dar tempo aos jovens...

Pedro Assis

Estagiário de mídias sociais no Meu Timão. Corinthiano desde que se entende por gente, seguiu o caminho da comunicação na faculdade. Vive de Corinthians, até porque não sabe viver sem…

ver detalhes

Sempre bom dar tempo aos jovens...

Coluna do Pedro Assis

Opinião de Pedro Assis

2.9 mil visualizações 40 comentários Comunicar erro

Sempre bom dar tempo aos jovens...

Pedrinho está em evolução no Corinthians

Foto: Danilo Fernandes/Meu Timão

Não é de hoje que a Fiel Torcida tem muitas críticas ao aproveitamento das categorias de base do Corinthians. Apesar de sempre formar bons elencos, principalmente na equipe Sub-20, o Timão geralmente não aproveita suas revelações da melhor forma possível, seja por falta de oportunidades na equipe principal ou por vendas realizadas por valores considerados baixos no mercado de transferência. No entanto, esse cenário parece que vem se transformando nos últimos anos.
Verdade seja dita, muitas vezes o Corinthians dá espaço aos jovens por não conseguir contratar os atletas que deseja, no entanto, mesmo que por motivos errados, a consequência dessa posição é muito positiva. Claro que nem sempre é possível apostar nas crias da base, mas é fato que quando damos tempo para elas se desenvolverem, somente bons frutos são colhidos, seja com retorno técnico ou financeiro.
É também importante ressaltar o papel da torcida no processo de desenvolvimento dos atletas. Como estamos sempre a espera de um novo gênio do futebol, de um cara que vista a camisa e resolva todos os problemas, costumamos cobrar demais dos atletas que sobem da base e não damos tempo para os mesmos trabalharem. Querendo ou não, a mudança do futebol juniores para o profissional é grande, e a maioria dos jogadores não tem uma transição rápida. Por isso, temos que ter mais paciência com os jovens do que com os experientes.
Os melhores exemplos na história recente do clube são Malcom, Arana e Maycon, todos jogadores que tiveram tempo para evoluir seu futebol e se tornaram peças fundamentais nas conquistas dos Brasileirões de 2015 e 2017. Apesar de terem sido vendidos de forma talvez até precipitada e por valores que poderiam (e deveriam!) ter sido maiores, esses atletas pelo menos puderam cravar seu nome na história do Coringão ao invés de terem sido descartados como tantos outros.
Dentre os nomes do elenco atual, a gente começa a ver o quanto valeu a pena dar tempo para Pedrinho e Vital se desenvolverem. Apesar do carioca não vir do Terrão, ele também é uma jovem promessa corinthiana que hoje, junto com o xodó da Fiel, representa o que temos de melhor no time titular.
Mesmo muito criticados na péssima temporada de 2018, tanto Pedrinho como Vital seguiram trabalhando para amadurecer e agora estão mostrando para a Fiel, que por sua vez teve muita paciência com ambos, do que são capazes. Espero que ambos fiquem bastante tempo no Coringão, pois quando atingirem sua maturidade completa como atletas, ninguém vai segurar essa dupla!

Veja mais em: Elenco do Corinthians.

Coluna do Pedro Assis

Por Pedro Assis

Estagiário de mídias sociais no Meu Timão. Corinthiano desde que se entende por gente, seguiu o caminho da comunicação na faculdade. Vive de Corinthians, até porque não sabe viver sem…

O que você achou do post do Pedro Assis?