Basílio, ex-jogador do Corinthians

João Roberto Basílio

1949-02-04

Jogador de futebol

Male

Informações pessoais

Nome completo: João Roberto Basílio

Posição: meia

Data de nascimento: 04 de fevereiro de 1949

Idade: 73 anos

Estatísticas de Basílio com a camisa do Corinthians

Jogos pelo Corinthians: 253

Jogos como titular: 223

Scout: 128 vitórias, 67 empates e 58 derrotas

Títulos de Basílio conquistados no Corinthians: 3 relembre

  • Paulista 1979
  • Paulista 1977
  • Taça Governador do Estado 1977

Gols de Basílio pelo Corinthians: 29 relembre

Estreia de Basílio pelo Corinthians

Basílio estrou no Corinthians em 06 de março de 1975. Em seu primeiro jogo pelo Timão, o Corinthians foi derrotado pelo Fluminense por 2 a 1, em partida amistosa. Na ocasião, o jogador de 26 anos começou a partida entre os titulares.

Recordes e marcas de Basílio pelo Corinthians

Estatísticas de Basílio no Corinthians por temporada

que atuaram pelo
Ano Jogos Gols Amarelos Vermelhos
1975 40 5 0 0
1976 37 3 0 1
1977 48 9 0 0
1978 26 1 0 0
1979 45 8 0 0
1980 46 1 0 0
1981 11 2 0 1

Estatísticas de Basílio no Corinthians por competição

que atuaram pelo
Competição Jogos Gols Amarelos Vermelhos
Campeonato Paulista 153 19 0 0
Campeonato Brasileiro 69 7 0 2
Libertadores da América 3 0 0 0

Biografia

João Roberto Basílio, ou simplesmente Basílio (São Paulo, 4 de fevereiro de 1949), é um ex-futebolista brasileiro, também apelidado de "Pé-de-Anjo".

Ao marcar o gol da vitória contra a Ponte Preta por 1 a 0, na última partida do Campeonato Paulista de 1977, que encerrou o jejum de títulos do clube, Basílio marcou, definitivamente, seu lugar na história do Corinthians.

Basílio chegou ao Corinthians em 1975, vindo da Portuguesa, com a missão de herda a camisa 10 que havia sido de Rivellino. Torcedor do Corinthians desde criança, vivenciou boa parte do período do tormento ao qual colocou um fim.

O Pé-de-Anjo era capaz de jogar em todas as posições do meio-campo, destacando-se por sua eficiência.

Em um duelo contra o América de São José do Rio Preto, em 26 de julho de 1975, Basílio chegou a sofrer uma parada respiratória. A suspeita do traumatismo craniano, felizmente, não se confirmou e, dessa forma, graças ao médico corinthiano Osmar de Oliveira, Basílio sobreviveu para virar herói.

Campeão Paulista em 77 e 79, Basílio encerrou sua carreira no Taubaté. Voltou ao Timão em três oportunidades como técnico: em 1987, 1989 e 1992.

Últimas atuações de Basílio pelo Corinthians

Como foi o Basílio jogando no Corinthians?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

x