Copa do Brasil 2017 - Caldense 0 x 1 Corinthians

Copa do Brasil 2017 - Caldense 0 x 1 Corinthians

https://www.meutimao.com.br/jogo/08-02-2017/copa_do_brasil_2017/caldense-0-x-1-corinthians

02:00

2017-02-08T21:45:00

Corinthians Corinthians 1 x 0 Caldense Caldense

Copa do Brasil 2017

Sobre a Partida

Com gol de Rodriguinho, Timão venceu Caldense e assegurou vaga na próxima fase

Corinthians faz o básico, bate Caldense e avança na Copa do Brasil

Ainda que longe de apresentar o futebol dos sonhos do torcedor alvinegro, o Corinthians está classificado para a segunda fase da Copa do Brasil. Em seu segundo compromisso oficial na temporada, o Timão derrotou a Caldense por 1 a 0, nesta noite de quarta-feira, no estádio Doutor Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas-MG. O gol que eliminou a equipe anfitriã foi marcado pelo meia Rodriguinho.

Apesar do triunfo na abertura da competição nacional, outros assuntos movimentaram o noticiário corinthiano ao longo da noite. Isso porque a direção do clube anunciou oficialmente a desistência da contratação do atacante William Pottker, da Ponte Preta. Depois, teve de se explicar a respeito da “lambança” envolvendo o lateral-esquerdo Moisés que, por pouco, não entrou em campo.

MEIO-CAMPO 'FEIJÃO COM ARROZ' E RODRIGUINHO SALVADOR

A exemplo da estreia no Campeonato Paulista, o Corinthians começou o duelo em Poços de Caldas-MG sem abafar o time adversário no campo de defesa. Embora o meio de campo trocasse passes com eficiência, Marlone e Giovanni Augusto, abertos pelos lados do campo, não conseguiam dar andamento às jogadas e servir Jô, referência do ataque corinthiano.

Um dos remanescentes da equipe de 2016, Rodriguinho chamava a responsabilidade e tinha a missão de impulsionar a transição entre os setores defensivo e ofensivo. Já Jô, sozinho na grande área, não segurava posição e se deslocava como ponta durante as investidas de Marlone pelo centro do gramado.

O torcedor que compareceu ao estádio Ronaldão assistiu a 25 minutos de um Corinthians sistemático, com pouca criatividade do meio para frente, e uma Caldense cautelosa, priorizando os contra-ataques em velocidade. Exceto ao espalmar uma cobrança de falta de Fellipe Bastos, o goleiro anfitrião Neguett mal participou do jogo.

A moleza do arqueiro mineiro teve fim aos 32 minutos da primeira etapa. Rodriguinho arrancou em velocidade e lançou Marlone na esquerda. O camisa 8 invadiu a área e rolou para Gabriel, que acertou a trave direita de Neguett. No rebote, Marlone chutou sem força, e o goleiro encaixou com facilidade.

Apesar do futebol burocrático, o Corinthians seguia com maior posse de bola e, para alegria da Fiel presente no sul de Minas Gerais, abriu o placar antes do intervalo, mais precisamente aos 39. Em jogada iniciada por Jô, que protegeu dentro da área, Fagner recebeu passe e cruzou na cabeça de Rodriguinho, livre para anotar o primeiro do Timão na Copa do Brasil.

REAÇÃO DA CALDENSE E DEFESA SÓLIDA

Como esperado, a vantagem aberta pelo Corinthians fez com que a Caldense adotasse nova postura no segundo tempo, já que necessitava marcar dois gols para seguir viva no campeonato. As tentativas dos donos da casa, porém, quando passavam de Gabriel & cia., esbarravam em Balbuena e Pablo, dupla de zaga que fazia partida segura no Ronaldão e facilitava a vida de Cássio.

Aos 19 minutos, Fábio Carille promoveu sua primeira alteração. Sacou o discreto Giovanni Augusto para a entrada de Marquinhos Gabriel, fôlego novo a um Corinthians que parecia sofrer com a falta de ritmo. A ordem era clara: o camisa 31 deveria jogar nas costas de Rafael Estevam, um dos jogadores mais acionados pela Caldense.

Enquanto o Timão mantinha a bola próxima do gol rival, Carille logo decidiu dar chance a Camacho, antigo titular, no lugar de Fellipe Bastos. A alteração daria maior velocidade ao meio-campo, sobretudo porque Rodriguinho, recém-recuperado de contusão no joelho, acusava cansaço e guardava posição ao lado de Gabriel.

O goleiro Cássio chegou a trabalhar em momentos importantes do período complementar e, mais uma vez, deu conta do recado. Aos 39, Guilherme deixou o banco de reservas na vaga de Rodriguinho, que deixara o campo ovacionado pela Fiel no Ronaldão.

A Caldense bem que tentou, mas não conseguiu impor seu futebol e ao menos empatar o duelo, que dirá virar para cima do Corinthians. Aos gritos de “eliminado”, o time mineiro se despediu da Copa do Brasil diante de um Timão acertado, ainda engatinhando na temporada de 2017. Valeu, Corinthians! Valeu, Fiel!

E AGORA?

Classificado para a segunda fase do certame, a equipe do Parque São Jorge enfrentará o vencedor do confronto entre Brusque e Remo, marcado para esta quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), em Santa Catarina. O mando de campo será sorteado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

ESCALAÇÕES

Corinthians: Cássio; Fagner (capitão), Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel, Giovanni Augusto, Fellipe Bastos, Rodriguinho e Marlone; Jô

Caldense: Neguett; Lazarini, Marcelinho, Hélio e Rafael Estevam (capitão); Thiago Carpini, Álvaro, Ewerthon Maradona e Anderson; Zambi e Luiz Eduardo

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Caldense 0 x 1 Corinthians

  • 1000 caracteres restantes