Venha fazer parte da KTO
Bahia x Corinthians

Pelo Campeonato Brasileiro, o Corinthians vai vencendo o Bahia

Acompanhe ao vivo
x

Corinthians 1 x 2 Internacional - Brasileirão 2023

Brasileirão 2023 - Corinthians 1 x 2 Internacional

Partida de futebol entre Corinthians 1 x 2 Internacional nBrasileirão 2023

https://www.meutimao.com.br/jogo/7659/brasileirao-2023/corinthians-1-x-2-internacional

02:00

2023-12-02T18:00:00

Neo Química Arena

Endereço: Avenida Miguel Ignácio Curi, São Paulo, SP, Brasil

Corinthians 1 X 2 Internacional

Brasileirão 2023
02 de dezembro de 2023, 18:00
Corinthians 1 x 2 Internacional
Neo Química Arena, São Paulo, SP.
Duelo 96 de 97 confrontos

Sobre a Partida

Corinthians sofre derrota para Internacional e perde chance de confirmar permanência na Série A

Neste sábado, o Corinthians enfrentou o Internacional pela penúltima rodada do Brasileirão. Com direito a homenagem no pré-jogo, a partida marcou a despedida oficial de Fábio Santos da Neo Química Arena, já que o lateral faz sua última temporada como jogador de futebol em 2023. O time alvinegro não fez valer a celebração e perdeu por 2 a 1 para o rival.

No primeiro tempo, as equipes se estudaram bastante nos minutos iniciais e pouco chegaram assustaram as defesas. Apesar do jogo morno, o Internacional chegou ao gol com Maurício e foi ao intervalo com 1 a 0 no placar. O Timão quase não preocupou o rival em campo.

A segunda etapa foi melhor para o Corinthians. O time alvinegro cresceu no jogo e conseguiu o empate logo no início com Romero. Apesar do bom começo, o Internacional voltou a atacar e marcou mais um. No final, o Timão não conseguiu reagir e perdeu a partida.

O jogo ainda marcou a estreia do uniforme IV do Corinthians na temporada, o “Origens”. A camisa, feita pela própria torcida por meio de campanha do clube com a Nike, é beje com o antigo escudo do Corinthians na parte central do peito.

Anota aí, Fiel - Como próximo compromisso, a equipe alvinegra tem o Coritiba, pela última rodada do campeonato nacional. O Timão vai ao Couto Pereira, no Paraná, na quarta-feira, dia 6, para encerrar a temporada.

Escalação

Ainda precisando pontuar para decretar de vez a permanência na primeira divisão, o Corinthians foi a campo com tudo que tinha de melhor. Mano Menezes tinha desfalques importantes, entre eles o do atacante Yuri Alberto. O técnico, então, escalou a seguinte equipe: Cássio; Fagner, Lucas Veríssimo, Gil e Fábio Santos; Gabriel Moscardo, Maycon, Giuliano e Renato Augusto; Romero e Giovane.

Escalação

Meu Timão

No banco ainda estavam: Carlos Miguel, Matheus Donelli, Rafael Ramos, Caetano, Matheus Bidu, Cantillo, Bruno Méndez, Pedro, Matheus Araújo, Ruan Oliveira, Wesley e Felipe Augusto.

O jogo

Primeiro tempo

Apesar do clima leve por conta das homenagens a Fábio Santos, a partida valia muito para o Timão. Bastava pontuar para a equipe alvinegra garantir a permanência na Série A. O lateral-esquerdo iniciou a partida como capitão e viu o Corinthians ter dificuldades de ficar com a bola nos minutos iniciais.

Até os cinco minutos, as equipes disputavam a posse no meio de campo e não conseguiam conectar os ataques ao jogo. A torcida alvinegra cantava alto e subia ainda mais o som quando Fábio Santos estava no lance. O rival trocava mais passes, enquanto o Corinthians se armava defensivamente.

O Timão tinha dificuldades para sair jogando. Renato Augusto e Giuliano desciam bastante para buscar a bola e auxiliar na construção. Aos 15 minutos, nenhuma finalização tinha acontecido ainda. O Internacional era mais agudo quando tinha a bola no campo de defesa do Corinthians.

A equipe de Mano Menezes chegava mais pela direita, com Fagner e Giovane. Aos 16 minutos, o lateral cruzou rasteiro na área e assustou a defesa do Internacional. A zaga cortou e o Timão ficou com o escanteio. Na sequência, aos 17, Igor Gomes recebeu o primeiro amarelo do jogo após uma forte entrada em Romero.

Aos 22 minutos, o Corinthians melhorou na partida. Neste momento o time alvinegro já ficava mais com a bola, mas foram os gaúchos que tiveram uma grande chance pela primeira vez. Num contra ataque, Enner Valencia recebeu na direita e ficou cara a cara com Cássio. O goleiro se agigantou e conseguiu fazer a defesa. Na resposta, o Timão chegou forte e Giuliano finalizou de dentro da área. A zaga conseguiu afastar o perigo.

Aos 30 minutos, o Internacional chegou forte de novo. Alan Patrick achou um belo passe e deixou Wanderson livre na ponta esquerda. O atacante passou para dentro da área. Lucas Veríssimo foi bem e cortou o cruzamento. A pressão era da equipe gaúcha.

O Internacional voltou a comandar a partida. As ações ofensivas eram somente do time gaúcho. Foi aos 34 minutos que o pior aconteceu. Maurício recebeu de Bustos na entrada da área. O meia finalizou no cantinho, sem chances de defesa. Cássio chegou até a tocar na bola, mas não foi o suficiente. 1 a 0 Internacional.

Após o gol, o rendimento do Timão caiu ainda mais. Os comandados de Mano não conseguiam chegar ao ataque com eficiência e ainda não tinham finalizado no gol de Rochet. Renato Augusto sofreu um choque de cabeça aos 43 minutos. O árbitro parou a partida, mas logo o meia se levantou.

Mais uma descida do Internacional assustou aos 43 minutos. Enner Valencia roubou no meio de campo e rolou para Bruno no lado esquerdo da área corinthiana. O volante finalizou e assustou Cássio. O goleiro viu a bola passar do lado da trave, para fora do gol.

O juiz anotou dois minutos de acréscimos. Os times não construíram mais nada. Fim da primeira etapa. Os 45 minutos iniciais marcaram um Corinthians apático em campo, enquanto o Internacional buscava a vitória fora de casa.

Segundo tempo

Mano Menezes não gostou do comportamento da equipe. Logo no início da segunda etapa, o técnico fez duas mudanças. Entraram Wesley e Matheus Araújo. Saíram Giovane e Giuliano.

O Timão começou atacando, novamente pelo lado direto, com Fagner e Renato Augusto. Aos quatro minutos, o Internacional conseguiu ficar com a posse e subiu para o ataque. Valencia colocou na frente e recebeu entrada de Gil. O zagueiro deu um carrinho por baixo e levou cartão amarelo.

Finalmente o Corinthians finalizou. Aos seis minutos de jogo, Moscardo limpou a marcação no meio de campo e bateu. De longe, a bola passou pelo lado direito do gol de Rochet, sem muito perigo. Esse foi o primeiro chute a gol do Timão no jogo.

A partir daí, o clube alvinegro cresceu no jogo. Matheus Araújo roubou na ponta direita e tocou para Moscardo. O volante deixou a marcação no chão, entrou na área e cruzou. Romero só esperando para empurrar às redes. O artilheiro do Timão nos últimos jogos marcou mais um. Tudo igual na partida, 1 a 1 aos 12 minutos do segundo tempo.

O Internacional voltou a finalizar somente aos 19 minutos. Novamente com Maurício, de fora da área, a equipe gaúcha chegou, mas sem assustar Cássio dessa vez. Logo depois, o Timão vacilou na saída de bola, aos 20, e cedeu espaço.

Valencia ficou com a bola na área e finalizou. Gil conseguiu bloquear mas a bola sobrou para Wanderson. O atacante mandou uma bomba pro fundo das redes. 2 a 1 Internacional. No momento do gol, a bola chegou a bater na mão de Enner Valencia. O lance foi para o VAR, mas a arbitragem decidiu não marcar nada.
.

Mano Menezes mexeu mais duas vezes na equipe. Matheus Bidu entrou no lugar de Fábio Santos. Em sua despedida, o lateral foi aplaudido de pé pelo torcedor que estava no estádio. Pedro também entrou no lugar de Renato Augusto.

Aos 32 minutos, Gabriel Moscardo tentou roubar a bola rapidamente. Maurício estava com a bola e conseguiu girar na marcação do jovem. O volante acabou fazendo falta e recebeu o cartão amarelo.

O gol do Internacional fez a equipe alvinegra se apagar novamente em campo. Aos 35 minutos, o time gaúcho chegou a fazer o terceiro, mas o gol foi invalidado. Valencia recebeu na área e finalizou por baixo das pernas de Cássio. Por pouco, o atacante estava impedido.

O Corinthians voltou a chegar ao ataque aos 37 minutos. Wesley recebeu na esquerda, cortou para dentro e cruzou na área, com a perna direita. Pedro foi até a bola, livre. O lance foi rápido e o atacante não conseguiu pegar bem, mas voltou a assustar a defesa do Internacional.

Felipe Augusto foi a última peça de Mano Menezes na partida. O atacante entrou no lugar de Maycon. A ideia do técnico alvinegro parecia ser mais agressivo em campo, buscando empatar a partida.

A equipe alvinegra foi com tudo para o ataque. Aos 44 minutos, Bidu entrou na área e conseguiu finalizar. A bola parou na zaga e foi para escanteio. Os zagueiros do Timão subiram para o ataque. Foram mais dez minutos de acréscimos assinalados pela arbitragem. O Internacional se defendia para segurar o resultado, enquanto o Corinthians seguia tentando furar o bloqueio da defesa gaúcha.

Aos 48 minutos, Romero achou Matheus Araújo na área. O meia finalizou bem, mas novamente a bola resvalou na zaga e saiu. Após a cobrança de escanteio, uma confusão se armou nas quatro linhas. Lucas Veríssimo disputou bola com o goleiro rival e fez a falta. O zagueiro se levantou rapidamente e acertou a cabeça em Mercado, que discutia sobre o lance com o próprio jogador corinthiano. O árbitro levantou o vermelho, expulsão direta.

Nos últimos minutos da partida, quase o empate do Timão. Wesley limpou dois e tocou para Pedro. Rochet fez uma grande defesa. Esse foi o último lance perigoso do Corinthians no jogo. A partida terminou em 2 a 1 para o Internacional, a primeira vitória dos gaúchos na Neo Química Arena.

Ficha técnica de Corinthians 1 x 2 Internacional

Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Neo Química Arena, São Paulo, SP
Data: 02 de dezembro de 2023 (sábado)
Horário: 18h00 (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Luis Carlos de França Costa
Árbitro de vídeo: Daniel Victor Costa Silva
Gols: Romero (Corinthians); Mauricio e Wanderson (Internacional)
Cartões amarelos: Gil e Gabriel Moscardo (Corinthians); Igor Gomes e Gustavo Campanharo (Internacional)
Cartão vermelho: Lucas Veríssimo (Corinthians)
Público: 40.338 pagantes (público total: 40.583)
Renda: R$ 2.558.532,00

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Lucas Veríssimo, Gil, Fábio Santos (Matheus Bidu), Gabriel Moscardo, Maycon (Felipe Augusto), Giuliano (Matheus Araújo), Renato Augusto (Pedro), Romero e Giovane (Wesley).
Técnico: Mano Menezes

INTERNACIONAL: Rochet; Bustos, Mercado, Igor Gomes, Renê, Aránguiz (Thauan Lara), Bruno Henrique (Gustavo Campanharo), Mauricio, Alan Patrick (Gabriel), Wanderson (De Pena) e Enner Valencia (Luiz Adriano).
Técnico: Eduardo Coudet

Notas dadas aos personagens da partida

Titulares

Reservas

Treinador

Árbitro

Comente a partida: Corinthians 1 x 2 Internacional