Família deseja permanência de Tite em 2014

Família deseja permanência de Tite em 2014

Tite quase caiu após derrota contra o Grêmio, pelo Brasileirão

Tite quase caiu após derrota contra o Grêmio, pelo Brasileirão

Foto: Leo Barrilari/Diário SP

Tite não tem o menor pudor em fazer pausas dramáticas para entrevistas quando é colocado em saia justa. Por isso, levou um grande tempo para responder quando questionado sobre o papel da família na sua continuidade ou não no Corinthians em 2014. 

Sem saída, falou sobre o pedido da mulher e da filha.'Ninguém quer que eu saia do Corinthians. Todos eles. Pronto, falei', confessou o comandante alvinegro.

De acordo com o presidente Mario Gobbi, qualquer conversa sobre renovação de contrato vai acontecer apenas quando o time chegar a 46 pontos na tabela do Brasileirão. O número significa, teoricamente, estar completamente livre do risco de rebaixamento. Atualmente,  o Timão está com 42.

Embora o técnico já tenha sido ouvido a respeito de nomes para a próxima temporada, a continuidade do trabalho está longe de ser certeza. Existe uma parte da diretoria que acredita piamente que o ciclo de Tite no Parque São Jorge já terminou. 

Pausa/ O que ele deixou bem claro é que, se sair do Timão, não vai trabalhar em outro clube brasileiro. Pelo menos nos seis meses seguintes.'Só há um clube para permanecer no Brasil e este se chama Corinthians', concluiu, abrindo exceção apenas para uma eventual oferta do exterior.

Fonte: Diário de São Paulo

Veja Mais:

  • Pedrinho passa por trote e ataca de cantor na concentração do Corinthians

    Pedrinho passa por trote e ataca de cantor na concentração do Corinthians

    ver detalhes
  • Reinaldo Rueda recebeu oferta do Corinthians após demissão de Oswaldo de Oliveira

    Rueda volta a lamentar não ter vindo para o Corinthians no fim do ano

    ver detalhes
  • Timão estreia na Copa Sul-Americana apenas em abril

    Conmebol divulga premiação de todas as fases da Copa Sul-Americana

    ver detalhes
  • Mario Celso Petraglia, presidente do Conselho do Atlético-PR, citou o Corinthians para falar da grama sintética

    Veto à grama sintética faz presidente do Atlético-PR criticar cota de TV do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes