Mano faz testes na formação do Corinthians

Mano faz testes na formação do Corinthians

Por Meu Timão

4.6 mil visualizações 61 comentários Comunicar erro

Mano testou nova formação

Mano testou nova formação

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O técnico Mano Menezes realizou duas alterações no Timão para o jogo desta quarta-feira, contra o Atlético-PR, no Canindé.

Uma das mudanças foi no meio-campo, quando Guilherme, volante titular, sentiu dores no músculo posterior da coxa direita e foi substituído pelo versátil Bruno Henrique. Já no ataque, Luciano deixou o time titular e deu lugar a Petros, o que altera um pouco a formação da equipe.

No treino tático de hoje, o treinador testou a formação com esses dois jogadores e adiantou o meia Renato Augusto para ajudar Guerrero no comando do ataque.

Dessa forma, o Corinthians treinou com a seguinte formação: Cássio, Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf e Bruno Henrique; Petros, Renato Augusto e Jadson; Guerrero.

Como de costume, Mano não confirmou a escalação e só deve divulgá-la 45 minutos antes da partida. No entanto, deixou no ar a possibilidade de usar essa variação. Curiosamente, o esquema 4-2-3-1 é o mesmo utilizado na passagem do antigo técnico, Tite.

Veja Mais:

  • Média de público pagante da Arena Corinthians na atual temporada é de pouco mais de 30 mil

    Arena Corinthians se aproxima de marca de 400 mil assentos vazios na temporada 2018

    ver detalhes
  • Presente na Copa do Mundo, Cássio mantém regularidade no Corinthians e pode ser lembrado por Tite

    Com possibilidade de corinthianos, Tite convoca Seleção Brasileira nesta sexta-feira

    ver detalhes
  • Jonathas passou por ressonância magnética em clínica de São Paulo nesta quinta à tarde

    Jonathas é submetido a exame fora do CT e vira dúvida no Corinthians

    ver detalhes
  • Díaz vem treinando normalmente e está à disposição de Jair para reforçar o Timão

    Apto para estrear, Sergio Díaz pode ser novidade do Corinthians nas próximas partidas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes