Corinthians vence a terceira consecutiva e volta pro G4

Corinthians Corinthians 1 x 0 Goiás Goiás

Brasileirão 2014

Corinthians vence a terceira consecutiva e volta pro G4

Por Meu Timão

Corinthianos comemoram o gol com Malcom, autor do cruzamento

Corinthianos comemoram o gol com Malcom, autor do cruzamento

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians, na noite de hoje, fez a sua parte e venceu o fraco time do Goiás. Com um primeiro tempo avassalador, o gol acabou saindo em uma infelicidade do zagueiro esmeraldino.

Contudo, apesar do gol contra feito aos 44 minutos do primeiro tempo, é preciso entender como o jogo se desenvolveu até então. O Coringão demonstrava que queria a vitória desde o começo da partida. Com uma forte marcação no meio campo e sem dar chance para o azar, o Corinthians pressionou desde o primeiro minuto.

Renato Augusto, Malcom e Luciano se movimentavam bastante e buscavam atacar o alviverde sempre que possível. Do lado goiano só o meia Esquerdinha produzia algo. O resto da equipe parecia entregue e satisfeita com o trabalho feito no Brasileirão. Sorte a nossa.

Entretanto, mesmo com a grande pressão, o gol não saía. Mas é como diz o velho ditado: água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. E foi o que aconteceu. Em um escanteio ganho para o Timão, Malcom cruzou na área e o lateral Felipe Macedo acabou empurrando contra a própria meta.

O placar fazia justiça ao que foi o jogo e o Corinthians começava a conquistar três pontos importantíssimos na luta pela Libertadores. Era preciso manter a pegada e voltar bem para o segundo tempo.

O Domínio Prevalece

Abalado pelo gol contra marcado, Felipe Macedo saiu e o atacante Samuel voltou em seu lugar. Contudo, pouco do cenário foi alterado e o domínio alvinegro se manteve.

Vale o destaque que, no segundo tempo, Malcom começou a se soltar como ainda não havia feito e, em algumas oportunidades, conseguiu belos dribles sobre os marcadores. A diferença de iniciativa de jogo era tão grande que, até os 20 minutos do segundo tempo, o Corinthians havia criado 5 chances de gol e o Goiás nenhuma. Era uma partida de um time só.

As entradas de Danilo e Jadson só ajudaram a aumentar a superioridade alvinegra que, aos 40 minutos do segundo tempo, já havia finalizado 16 vezes contra apenas 2 do Goiás. Todos faziam uma boa partida e Renato Augusto era um dos mais voluntariosos em campo. O resultado era injusto diante de tamanho ímpeto alvinegro.

Apesar da vitória pelo placar mínimo, valeu o esforço e a dedicação em manter o jogo sob controle e garantir os importantes pontos para a classificação à Libertadores.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Goiás

  • 1000 caracteres restantes