Corinthians vence a segunda e assume a liderança do Brasileirão

Corinthians Corinthians 1 x 0 Chapecoense Chapecoense

Brasileirão 2015

Corinthians vence a segunda e assume a liderança do Brasileirão

Por Meu Timão

Fábio Santos marcou o gol a favor do Corinthians

Fábio Santos marcou o gol a favor do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Na noite deste sábado, o Timão foi à Araraquara, onde recebeu a Chapecoense para a segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Punido com perda de um mando, após problemas com a torcida na edição anterior do torneio, o Corinthians optou por mandar a partida na Fonte Luminosa.

A equipe comandada por Tite, agora com foco total no Brasileiro, tinha o desafio de vencer para assumir a ponta da tabela e fazer as passes com a torcida - que durante a semana chegou a realizar protestos após a eliminação.

Para responder a Fiel, o treinador escalou a equipe com algumas mudanças: poupou Fagner e Renato Augusto e deu chance novamente à Mendoza. A proposta do Timão foi entrar em campo com o 4-1-4-1, e contou com Cássio, Gil e Edu Dracena na defesa; Fábio Santos e Edílson nas laterais; No meio, Ralf como volante fazendo a ligação entre os setores; Elias e Jadson na criação central, Mendoza e Malcom abrindo pelas pontas. Na frente, Guerrero no papel de centroavante.

Primeiro tempo

Os minutos iniciais da partida começaram com forte ímpeto da equipe corinthiana, com muitas chegadas no ataque e pressão total do Timão. Com bolas na trave e defesas muito bonitas do goleiro Danilo, o gol parecia uma questão de tempo.

Até os 12 minutos, foram quatro chutes contra o gol do time catarinense. A Chapecoense, porém, conseguiu esfriar o jogo e e durante parte da partida minou a articulação do Corinthians. A equipe comandada por Vinicius Eutrópio restaurou o sistema defensivo e prendeu a bola, e equilibrou a partida.

As triangulações, marca registrada da temporada, apareceram pouco na partida, deixando o Corinthians mais dependentes de cruzamento. Do lado da Chapecoense, a estratégia também eram as bolas aéreas, contando com a velocidade do lateral Apodi para levantar a bola na área de Cássio.

Aos 28 minutos, porém, Fábio Santos chutou de fora da área. A bola desviou em Mendoza e enganou o goleiro Danilo - que vinha muito bem na partida - e entrou, para a alegria dos corinthianos. A vantagem do placar não se alterou até o fim da primeira etapa do jogo.

Segundo tempo

Sem mudanças nas duas equipes, a qualidade técnica do segundo tempo caiu bastante. A Chapecoense, mostrava motivação para recuperar a vantagem no placar, mas tinha dificuldade de vencer a boa formação da defesa corinthiana.

Com a pouca produtividade da equipe, Tite optou pela primeira mudança aos 18 minutos: sacou Elias para a entrada de Bruno Henrique. Pouco depois, o treinador substituiu o colombiano Stiven Mendoza para a entrada de Emerson Sheik.

Aos 25 minutos, a Chapecoense promoveu a saída de Roger para a entrada de Bruno Rangel. E alguns minutos depois, o Corinthians usou sua última carta: Petros entrou em campo na vaga de Malcom. Eutrópio ainda colocou Nenén no lugar de Gil e Hyoran após sacar Bruno Silva. Apesar disso, nenhuma das equipes conseguiu criar muito e os 15 minutos restantes da partida continuaram pouco emocionantes, quando o único acontecimento foi a expulsão do treinador da Chapecoense.

Mesmo com o placar magro, a equipe conquistou mais 3 pontos importantes na competição. Com o resultado que deu a segunda vitória à equipe, o Corinthians assume provisoriamente a ponta da tabela de classificação e é o líder do Campeonato Brasileiro. O próximo jogo do Timão será contra o Fluminense, no domingo.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Chapecoense

  • 1000 caracteres restantes