Vitória inesquecível sobre o Santos completa cinco anos

Vitória inesquecível sobre o Santos completa cinco anos

Por Meu Timão

Titular em 2010, Ralf marcou um dos gols que sacramentaram a vitória corinthiana

Titular em 2010, Ralf marcou um dos gols que sacramentaram a vitória corinthiana

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Há exatos cinco anos, o Corinthians comemoraria mais uma vitória em um clássico. O adversário da vez era o Santos, que contava com os "badalados" Neymar e Ganso em seu elenco. Mas a presença da dupla não foi capaz de trazer a vitória ao time rival, que acabou derrotado por 4 a 2 pelo Timão em pleno Pacaembu.

No entanto, não foi o placar elástico que marcou o duelo, válido pela quinta rodada do Brasileirão. Tido como um dos melhores times do Brasil na época, o Santos acumulava vitórias e boas apresentações. Embalada, a equipe da baixada costumava comemorar seus gols com "dancinhas" em tom provocativo.

Mas foi contra o Corinthians que a situação se inverteu. Jorge Henrique, Bruno César, Ralf e Paulinho marcaram os gols que deram fim à festa santista. O tento feito pelo camisa 5, aliás, rendeu uma curiosa comemoração: junto com Dentinho, o meio-campista simulou uma pescaria, em menção ao mascote rival.

Sob o comando de Mano Menezes, o Corinthians foi a campo com: Felipe, Jucilei, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Elias, Bruno César e Danilo; Jorge Henrique e Dentinho. Paulinho, Iarley e Paulo André entraram no decorrer da partida.

Confira os melhores momentos do clássico

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes