Frio, bolada na cara e treino técnico: Timão já pensa no Santos

Frio, bolada na cara e treino técnico: Timão já pensa no Santos

Luciano levou bola na cara durante atividade e foi alvo de brincadeira dos colegas

Luciano levou bola na cara durante atividade e foi alvo de brincadeira dos colegas

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians voltou a treinar na manhã dessa terça-feira e o frio castigou. Com temperaturas beirando a casa dos 15º, o técnico Tite dividiu a equipe em dois grupos e promoveu atividades em campo e na academia.

O primeiro grupo era composto por jogadores em sua maioria do sistema defensivo: Gil, Edu Dracena, Felipe, Rodrigo Sam, Uendel, Ralf, Danilo, Petros, Luciano e Matheus Pereira. O segundo, era mais completo por atacantes e meias: Edilson, Fábio Santos, Fagner, Yago, Marciel, Renato Augusto, Jadson, Vagner Love, Ángel Romero e Mendoza.

Na atividade do gramado, os jogadores treinaram a troca de passes, agilidade e roubadas de bola. Enquanto seis jogadores ficavam do lado de fora de um círculo tocando a bola, quatro lutavam para conseguir desarmar a jogada. O meia Jadson, na coletiva, explicou como funcionava o treinamento.

"Fizemos um treino de posse de bola, e o Tite exigia bastante que pressionasse o adversário. Ele sempre exige isso nos treinamentos. É um trabalho com o estilo do Tite, bem pegado e rápido", elogiou.

O mais "pegado" sobrou mesmo para Luciano. Na primeira parte da atividade, o jogador levou uma bolada no rosto e ficou caído no gramado. A cena não preocupou e gerou uma série de brincadeiras do colegas, que perguntavam se o atacante estava arrumando desculpas para descansar.

O Corinthians volta a treinar nessa quarta-feira, no período da tarde. O esperado é que o técnico Tite já comece a esboçar a equipe que deve enfrentar o Santos, no sábado, na Vila Belmiro.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Pelada registrada no Amapá, onde Caio presenciou o tradicional 'futilama'

    Do Amapá à Antártida: torcedor do Corinthians, fotógrafo percorre o mundo em busca de peladas

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes