Com três atacantes, Corinthians vence Figueirense em casa

Corinthians Corinthians 2 x 1 Figueirense Figueirense

Brasileirão 2015

Com três atacantes, Corinthians vence Figueirense em casa

Por Meu Timão

Vagner Love fez o primeiro gol da partida

Vagner Love fez o primeiro gol da partida

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Contra o Figueirense, o Corinthians foi à Arena na noite deste sábado, tentando apagar a derrota na estreia do estádio contra o time catarinense. Agora familiarizado com Itaquera, em campo, porém, o time ainda mostrou dificuldade de entrosamento em uma partida mais agitada fora do que dentro dos gramados.

Antes da partida começar, a primeira novidade foi a transmissão da partida da seleção brasileira, pelos telões. A disputa de pênaltis da equipe comandada por Dunga passou no telão, e somente Angel Romero vibrou com o resultado que classificou o Paraguai na próxima fase da Copa América.

Além do evento, a despedida de Fábio Santos - que foi homenageado com uma placa e rápida cerimônia - marcou a noite. Durante o jogo, outra polêmica: a manifestação da torcida contra o caso Amarilla virou alvo da arbitragem que "censurou" os torcedores.

Já em campo, com as recentes mudanças no elenco, Tite precisou escalar a equipe com : Cássio, Edílson, Felipe, Gil e Uendel; Bruno Henrique, Jadson e Renato Augusto; Luciano, Malcom e Vagner Love. A expectativa por Marciel já no primeiro tempo não foi atendida pelo treinador, que preferiu organizar o time no 4-3-3.

Primeiro tempo

A primeira etapa da partida foi muito ruim para ambas as equipes. O jogo era chato e com pouquíssima criação, e ficou visível a dificuldade de criação do time corinthiano. O ritmo da partida desanimava a torcida, que enfrentou a noite fria de São Paulo para apoiar a equipe.

E a preocupação da Fiel começou logo no início. Aos dois minutos de jogo, Felipe e Gil trombaram com Marcão, do Figueirense, e Felipe foi quem levou a pior. Após alguns minutos em atendimento, o zagueiro voltou ao campo com curativos no supercílio.

Porém, a etapa inteira foi marcada por um futebol pouco convincente. O único lance significativo foi um bonito chute de Renato Augusto de fora da área, aos 21 minutos.

Segundo tempo

O Timão voltou melhor para a segunda parte do jogo, e com muito mais movimentação. Tite fez algumas mudanças táticas, e posicionou Malcom mais centralizado. A modificação rendeu frutos e a equipe aumentou muito o poder criativo.

O primeiro gol saiu aos 9 minutos, com bonita jogada entre Malcom e Love - que finalizou para abrir o placar. A novo postura em campo, fez o Timão aumentar o volume de jogo no ataque e pressionar o Figueirense - até que aos 18 minutos, Love conquistou um pênalti a favor do Corinthians.

Jadson bateu e converteu, ampliando a diferença. Com o resultado 'garantido', Tite promoveu mudanças na equipe, colocando Marciel - que finalmente fez sua estreia - no lugar de Bruno Henrique. Além disso, o treinador chamou o meia Danilo para o lugar de Luciano. Tudo parecia tranquilo, mas quase no mesmo instante - aos 28 minutos do segundo tempo - o Figueirense achou o gol que diminuiu a diferença e o fez voltar à disputa.

E foi então que o jogo parou: a torcida corinthiana levou uma faixa de protesto contra o caso Amarilla, e a arbitragem obrigou o recolhimento para continuar a partida. Após a interrupção, a partida recomeçou - quando o técnico Tite optou por tirar Love para a entrada de Yago. E, assim, apesar da pressão sofrida nos minutos finais, o Timão ficou com a vitória.

O próximo jogo do Corinthians será no dia 02/07, na quinta-feira, contra a Ponte Preta.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Figueirense

  • 1000 caracteres restantes