Corinthians deslancha no segundo tempo e vence com vantagem em Itaquera

Corinthians Corinthians 3 x 0 Vasco Vasco

Brasileirão 2015

Corinthians deslancha no segundo tempo e vence com vantagem em Itaquera

Por Meu Timão

Gil marcou um golaço na Arena Corinthians

Gil marcou um golaço na Arena Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Depois de sofrer o empate nos acréscimos contra o Coritiba, o Timão contava com a força da Arena para se manter na cola do Atlético-MG, líder do Campeonato. Já o Vasco, chegou pra o confronto após levar uma goleada do Palmeiras e precisava desesperadamente da vitória.

Por isso, o clima em Itaquera era de decisão entre as equipes. No Timão, Tite tinha a volta de Gil - que esteve suspenso no último jogo - e de Luciano, que apesar de reserva, era expectativa na partida após grande atuação no Pan. O treinador, porém, perdeu o goleiro Cássio vetado pelo departamento médico no treinamento que antecedeu o jogo.

A escolha do treinador, portanto, foi colocar em campo: Walter, Uendel, Felipe, Gil, Fagner, Bruno Henrique, Elias, Jadson, Renato Augusto, Malcom e Vagner Love. Além de contar, é claro, com os mais de 30 mil corinthianos que estiveram na Arena nesta quarta-feira.

Primeiro tempo

A primeira etapa da partida começou em bom ritmo, com o Timão buscando o ataque. O Vasco, apesar da má fase, mostrou competência na marcação e pressionou a saída de bola. Apesar disso, a vantagem da etapa era clara para o Corinthians, que manteve quase 60% da posse de bola.

Mais uma vez, porém, o gol que deveria acontecer ficou nos pés de um inseguro Vagner Love, que tem sofrido com a pressão e acabou demonstrando sua dificuldade técnica. O Corinthians chegou mas não finalizou e acabou a primeira etapa da partida com o empate sem gols.

Algumas jogadas vieram, mas faltava ao Timão efetividade e volume de jogo no ataque. A pouca ligação no meio campo com a ponta era indícios que a equipe precisaria mexer no intervalo. E foi isso que o treinador fez: após terminar a etapa, Tite colocou Luciano em campo - na vaga de Love, por opção - e foi obrigado a sacar Fagner, por questões médicas, convocando Edílson.

Segundo tempo

A partida recomeçou e a mudança surtiu efeito no Timão. A equipe jogou com maior movimentação e leveza, e precisou de poucos minutos para reverter um empate desconfortável na Arena. Dos pés de Renato Augusto, aos seis minutos, sai o gol corinthiano.

Dessa vez, a equipe não recuou e pode se aproveitar do cansaço da equipe vascaína. E finalmente, o Corinthians foi capaz de impor seu jogo contra a defesa mais vazada da competição. Sem devolver o espaço, era questão de tempo para mais um gol.

E o gol veio. Um golaço dos pés de Gil. O zagueiro corinthiano pegou o rebote, e de primeira, bateu no ar para encobrir o goleiro Jordi. O Vasco não desistiu e subia para o ataque - abrindo novos espaços para o Timão, que não perdeu a chance. Assim, aos 32 minutos a equipe conseguiu mais uma oportunidade: com assistência de Malcom, Elias marcou o seu. Tite ainda colocou Ralf em campo aos 34, substituindo Bruno Henrique.

Sob gritos de olé, o Timão terminou a partida vice-liderança, com 33 pontos. O placar largo também ajudou a melhorar o saldo de gols da equipe corinthiana, um dos critérios de desempate da competição. O próximo jogo do Corinthians será em apenas 10 dias - mas não será fácil - o time terá pela frente um clássico contra o rival São Paulo, no dia 9 de agosto.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Vasco

  • 1000 caracteres restantes