Tite quer manter elenco campeão, mas não acredita em 'cadeira cativa'

Tite quer manter elenco campeão, mas não acredita em 'cadeira cativa'

Por Meu Timão

6.7 mil visualizações 57 comentários Comunicar erro

Tite afirma tentar deixar todo o elenco motivado, assim como Ángel Romero

Tite afirma tentar deixar todo o elenco motivado, assim como Ángel Romero

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Considerado o principal responsável pela remontagem do elenco campeão brasileiro, o técnico Tite comentou sobre a necessidade de manter os mesmos atletas para temporada do ano que vem. O treinador também analisou a campanha feita pelo Corinthians no Brasileirão e falou sobre o rodízio entre titulares e reservas.

"A primeira coisa que me vem na cabeça é o quanto os atletas cresceram individualmente com os treinamentos durante o ano. Isso trouxe à equipe um grau de maturidade no aspecto emocional, no aspecto técnico, muito grande. Se a gente começar a olhar os atletas e o seu conceito, seu nível de desempenho no início do ano, e olhar agora, é impressionante o quanto eles cresceram... esse crescimento dos atletas foi fundamental", disse Tite à Bradesco Esportes.

Ainda indagado sobre a continuidade do elenco, ele afirmou que espera contar com todos os atletas para o ano que vem, mas não garantiu lugar cativo para os remanescentes. O técnico fez questão de elogiar todo o elenco, que manteve o nível de competitividade.

"Nós conquistamos com uma equipe toda, e se o técnico, se eu fomento essa competição entre os atletas, eu dou valor aos 30 que estão, e não aos 11 que iniciam. Esse conhecimento, e eu pego alguns detalhes dentro dessa própria campanha que eles mostram, começou o Ralf como titular, depois teve um momento que assumiu o Cristian, o Bruno Henrique e voltou o Ralf, terminando em grande forma. Eu vejo competitividade dentro da própria equipe, dos jogadores para cada função, fundamental para que o nível técnico da equipe suba. Se não tiver, e se de alguma forma tiver cadeira cativa, eu não vejo evolução do futebol", afirmou o técnico.

O treinador já é conhecido por suas mudanças em peças chaves do elenco, como em 2011, quando barrou o capitão Chicão para colocar Paulo André, mesmo assim se tornou o campeão daquele ano. Outro fato semelhante foi em 2012, quando trocou o goleiro Júlio César por Cássio, que se tornaria o herói da Libertadores e Mundial.

Veja Mais:

  • Ramiro possui contrato com Grêmio até 2021; Timão contatou pai do atleta

    Corinthians consulta pai de Ramiro, do Grêmio, e mostra interesse no meia

    ver detalhes
  • Reunião do Conselho do Corinthians aconteceu no Parque São Jorge

    Conselho do Corinthians se reúne e aprova previsão orçamentária de 2019; Rosenberg causa irritação

    ver detalhes
  • Corinthians e São Paulo se enfrentaram pelas quartas de final da Copa RS

    Corinthians é derrotado pelo São Paulo nos pênaltis e dá adeus à Copa RS de 2018

    ver detalhes
  • CT da Base já está sendo utilizado pelas equipes sub-15, sub-17 e sub-20; gramados estão prontos

    Corinthians define duas etapas de finalização das obras do CT da base; orçamento é de R$ 25 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes