De férias no Paraguai, Romero visita hospital pediátrico ao lado do irmão Óscar

De férias no Paraguai, Romero visita hospital pediátrico ao lado do irmão Óscar

Por Meu Timão

Com o término do Campeonato Brasileiro e o início das celebrações de fim de ano, o atacante Ángel Romero aproveitou o período de férias para ajudar quem precisa. Ao lado do irmão gêmeo Óscar, o jogador do Timão visitou o Hospital Geral Pediátrico “Niños de Acosta Ñu”, no Paraguai, e entregou presentes para crianças na véspera do Natal.

Ángel e Óscar nasceram na cidade de Fernando de la Mora, no Paraguai. Ambos foram formados nas divisões de base do Cerro Porteño. Em junho de 2014, o Corinthians anunciou a contratação do atacante de 21 anos, que chegou com status de promessa e, apesar da rápida identificação com a Fiel, não se firmou e virou reserva com Mano Menezes.

Já nesta temporada, sob o comando de Tite, Romero chegou a ter uma sequência como titular no início do Brasileirão. Porém, após poucas atuações de destaque, se tornou apenas mais uma opção no ataque alvinegro. Ainda assim, ele marcou dois gols e sofreu um pênalti na goleada por 6 a 1 sobre o São Paulo, no dia 11 de novembro, na Arena.

Hoje no Racing (ARG), Óscar teve seu nome especulado no Parque São Jorge pouco tempo depois da chegada do irmão. O meia declarou que tinha o desejo de atuar ao lado de Ángel no Timão, mas as negociações não avançaram. Em janeiro de 2015, ele foi anunciado como reforço do clube argentino.

Ángel e Óscar distribuíram presentes de Natal para pacientes de hospital no Paraguai - Foto: @medinamabel33/www.abc.com.py

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes