Herdeiro da camisa 31, Marquinhos Gabriel já lembra estilo de jogo de xodós da Fiel

Herdeiro da camisa 31, Marquinhos Gabriel já lembra estilo de jogo de xodós da Fiel

Por Meu Timão

Marquinhos Gabriel desponta como sucessor de ex-camisas 31 do Timão

Marquinhos Gabriel desponta como sucessor de ex-camisas 31 do Timão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Marquinhos Gabriel, em ritmo que surpreende a torcida e até a comissão técnica, vem se destacando com a camisa do Corinthians jogo após jogo. No último domingo, na vitória por 2 a 0 sobre o Sport, o ainda recém-chegado camisa 31 anotou um golaço e mostrou-se bastante à vontade na criação de jogadas, esbanjando criatividade e velocidade. Tais características, curiosamente, marcaram as passagens dos dois últimos corinthianos a vestirem o número 31: Dentinho e Romarinho.

Dentinho é prata da casa e, revelado no Terrão no Parque São Jorge, subiu ao elenco profissional no fatídico ano de 2007. Participou do processo de reconstrução do Corinthians e colheu os frutos nos anos seguintes, sendo campeão da Série B, do Paulistão e da Copa do Brasil, além de ser "apadrinhado" por Ronaldo Fenômeno na equipe alvinegra. Conhecido pelos dribles e pela entrega dentro de campo, ele acabou negociado com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, no primeiro semestre de 2011.

Na temporada seguinte, em 2012, Romarinho surgiria como reforço discreto vindo do Bragantino. Se destacou logo que estreou, num clássico contra o Palmeiras (que viria a se tornar seu principal freguês). Na partida seguinte, anotou o gol de empate contra o Boca Juniros na Bombonera, no jogo de ida da final da Libertadores, entrando para a história do clube alvinegro. Carismático fora de campo e habilidoso dentro das quatro linhas, ele foi comprado pelo Al-Jaish, dos Emirados Árabes, no segundo semestre de 2014.

Herdeiro do número 31 no Timão, Marquinhos Gabriel é a bola da vez. Contratado no início do mês de maio vindo do Al-Nassr, da Arábia Saudita, ele logo foi aproveitado por Tite. Mesmo em meio a um momento turbulento enfrentado pelo Corinthians, com eliminações no Paulistão e na Libertadores, o meia se encaixou no esquema tático alvinegro, já soma dois gols e é considerado titular absoluto para a disputa do Campeonato Brasileiro. Mais um xodó sendo moldado para a Fiel?

Veja Mais:

  • Jô marcou o gol da vitória do Corinthians

    Artilheiro Jô marca no fim, e Corinthians supera Chapecoense na Arena Condá

    ver detalhes
  • Jô assegurou vitória do Corinthians em Chapecó

    Líder absoluto, Corinthians abre dez pontos de diferença para segundo colocado

    ver detalhes
  • Léo Santos jogou no lugar de Balbuena, que está suspenso e machucado

    Prata da casa supera até Jô e é eleito craque da vitória do Corinthians sobre Chapecoense

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel foi titular nesta quarta, mas não agradou a Fiel

    Após vitória do Corinthians, Fiel corneta Marquinhos Gabriel e indica preferência por Clayson

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes