Valorizado, Marquinhos crê ter feito escolha certa ao sair do Timão

Valorizado, Marquinhos crê ter feito escolha certa ao sair do Timão

Por Meu Timão

5.4 mil visualizações 109 comentários Comunicar erro

Campeão na base, Marquinhos deixou o Corinthians após não receber oportunidades

Campeão na base, Marquinhos deixou o Corinthians após não receber oportunidades

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Próximo de ser contratado a peso de ouro pelo Barcelona (ESP), o zagueiro Marquinhos, do Paris Saint-Germain (FRA), vê como acertada a decisão de deixar o Corinthians no fim de 2012. O brasileiro, tido como um dos mais promissores atletas do mundo na atualidade, falou com sinceridade a respeito da falta de oportunidades no Timão e da transferência precoce para a Roma (ITA), onde atravessou ascensão meteórica.

“Eu sabia dos critérios que estavam sendo usados, era um garoto muito jovem que tinha acabado de ganhar uma Copa São Paulo. Esse momento é delicado na carreira de um jogador e todos tiveram muita tranquilidade comigo nessa transição”, afirmou Marquinhos, em entrevista ao GloboEsporte.com.

O jogador iniciou sua carreira no terrão corinthiano e passou a integrar o elenco profissional em 2011. No início da temporada seguinte, retornou à categoria Sub-20 e conquistou a Copa São Paulo de Futebol Júnior. De volta ao time principal, herdou a camisa 10 do atacante Adriano e se sagrou campeão invicto da Taça Libertadores.

“Tudo aconteceu quando veio a proposta do Roma. Era excelente, tinha um treinador (Zdenek Zeman) que gosta de jogadores jovens, eles tiveram muita vontade de me levar. Conversei muito com minha família, com o Corinthians, tudo pesou: o projeto, a proposta, a vontade do treinador de me levar para lá”, explicou o zagueiro, que disputou apenas 15 jogos pelo Timão.

Sem oportunidades sob o comando do técnico Tite, Marquinhos acabou emprestado a Roma por 1,5 milhão de euros e não demorou a se destacar, sendo comprado em definitivo pouco tempo depois. “Para um jogador de futebol, o importante é sentir confiança do clube, do treinador, de quem está interessado. Depois, analisar tudo, como o projeto foi apresentado, o quanto você é importante para esse projeto”, concluiu.

Em alta na Seleção Brasileira, o beque tem salário acertado para defender as cores do Barcelona pelos próximos cinco anos, mas não deve ter a transferência facilitada. Isso porque ele é um dos atletas que o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, possui maior apreço. Como o mandatário não tem a intenção de perdê-lo, o staff de Marquinhos, bem como a direção do clube catalão, terá de convencê-lo a dar aval ao negócio.

Especula-se que o Barcelona esteja disposto a desembolsar 40 milhões de euros (R$ 160 milhões) pelo zagueiro de 22 anos. Caso a venda seja concretizada, o Corinthians receberá em torno de R$ 4 milhões, já que detém 2,5% do montante por ser o time formador.

Veja Mais:

  • Elenco do Corinthians oscilou muito e chega com "patamares alterados" para 2019

    Do início ao fim: a trajetória do elenco do Corinthians durante o ano e como cada um chega para 2019

    ver detalhes
  • Mantuan será jogador da Ponte Preta em 2019

    Corinthians empresta volante Guilherme Mantuan à Ponte Preta

    ver detalhes
  • Desejado pelo Atlético-MG, Clayson quer ficar e retomar alto nível no Timão em 2019

    Clayson freia saída e faz Atlético-MG analisar outros corinthianos; acordo por Luan é mantido

    ver detalhes
  • Marciel está fora dos planos da comissão técnica do Corinthians para 2019

    Sem aval de Carille, Marciel não retorna ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes