Meia acredita em Palmeiras 'preocupado' e fala sobre clássico

Meia acredita em Palmeiras 'preocupado' e fala sobre clássico

Por Meu Timão

Guilherme deve ser titular neste domingo

Guilherme deve ser titular neste domingo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Todo clássico é uma final de campeonato. É assim que, normalmente, os jogadores entram em campo em um Corinthians e Palmeiras. Neste domingo não será diferente. Mas o Timão sairá vencedor. Pelo menos é o que acredita o meia Guilherme, que deve ser titular. O jogador detalhou os motivos que lhe fazem acreditar na vitória alvinegra logo mais, às 16h.

"O nosso trabalho, nossa competência, nossa condição de jogo e nossa dinâmica. É um jogo difícil, mas difícil para os dois. Apesar de eles jogarem em casa, sabem da nossa potência e nosso estilo de jogo. Tenho certeza que estão preocupados também. Tudo isso que está sendo antes, acaba quando a bola rolar. A esperança é de um grande jogo, não teremos duas torcidas, já vivi isso em Minas Gerais uma época, mas a gente tem condições mesmo assim de vencer", declarou, em entrevista à Rádio Globo.

Além da capacidade do time, Guilherme conhece bem os dois treinadores que estarão no comando das equipes. O meia já trabalhou com o técnico do Palmeiras, Cuca, nos tempos de Atlético-MG e comparou o estilo de trabalho do ex-treinador com Tite.

"São diferentes. Cada treinador tem um jeito, mas o importante para a gente é absorver as coisas que cada um ensina. O Cuca também é um treinador de alto nível. Eu sei bem a qualidade dele para armar as equipes e é mais um fator para incrementar no clássico", afirmou.

Ainda sobre o clássico, Guilherme garante que não existe o sentimento de revanche por conta da derrota no Paulista.

"O clássico representa por si só. Já é uma potência, um grande jogo e a oportunidade de vencer um clássico. O primeiro a gente não jogou tão bem, mas foi uma situação totalmente diferente. Inclusive, temos que levar em conta a dificuldade de adaptação dos atletas, que era bem maior naquela época", disse.

"Sabemos da dificuldade do jogo, mas sabemos também que é possível vencer. Não vejo como uma revanche e nem algo entalado. Acho que é mais um espetáculo, mais um clássico e vencer é sempre bom", finalizou.

Veja Mais:

  • Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    ver detalhes
  • Pedrinho aproveitou oportunidade e foi bastante elogiado por atuação contra o Red Bull

    Xodó da Fiel, Pedrinho já é quem mais driblou do Corinthians no Paulistão

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians pode ultrapassar valor de R$ 100 milhões em 2017

    Camisa do Corinthians valerá R$ 100 milhões em 2017, promete diretor de marketing

    ver detalhes
  • Foxlux é nova patrocinadora do Corinthians

    Corinthians anuncia terceiro patrocinador para 2017; veja mudança na camiseta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes