Assombração do Timão, janela de transferência do futebol chinês abre nesta terça-feira

Assombração do Timão, janela de transferência do futebol chinês abre nesta terça-feira

Por Meu Timão

Elias (à dir.) vem sendo especulado no futebol chinês

Elias (à dir.) vem sendo especulado no futebol chinês

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Não bastassem a saída de Tite e o pacote de desfalques, o Corinthians ganhou mais uma dor de cabeça a partir desta terça-feira: a abertura da janela de transferências do futebol chinês. Responsáveis pelos principais pesadelos do Timão no início de 2016, os clubes da China já podem contratar jogadores do Brasil. E ao menos um corinthiano está bem cotado.

Há meses, o nome do volante Elias vem sendo especulado no Shandong Luneng, um dos principais e mais ricos clubes da China, onde jogam Gil, Diego Tardelli e Aloísio Boi-Bandido. Após a demissão do técnico Mano Menezes, ficou no ar o mistério acerca da então esperada investida dos chineses para cima do camisa 7 do Timão. A diretoria alvinegra afirma não ter recebido qualquer contato nesse sentido, mas já existiria um acordo verbal e informal, ainda do tempo em que Mano era o treinador do Shandong, entre o jogador e a agremiação chinesa.

Fato é que Elias não é a única preocupação do Corinthians para esta próxima janela de transferências. Jogadores que estão valorizados no elenco, como Fagner e Ángel Romero (artilheiro da equipe no ano), podem deixar o clube em caso de boas propostas. Desvalorizados (mas tidos como bons no mercado da bola), Cássio e Bruno Henrique são outros que já tiveram os nomes ventilados em especulações de vai-e-vém. Até o momento, apenas Felipe deixou o clube, contratado por R$ 24 milhões pelo Porto, de Portugal.

Vale lembrar que, no início da temporada, a China foi responsável pelo desmanche de boa parte do elenco hexacampeão brasileiro. Gil foi para o Shandong Luneng, atual 16º colocado na Super Liga Chinesa. Ralf e Renato Augusto foram comprados pelo Beijing Guoan, atual oitavo colocado na liga nacional. Jadson, que estaria cogitando retornar ao Brasil, defende o Tianjin Quanjian, da Segunda Divisão local.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes