Corinthians abusa de erros e sofre pior derrota do ano

Corinthians Corinthians 0 x 3 Grêmio Grêmio

Brasileirão 2016

Corinthians abusa de erros e sofre pior derrota do ano

Corinthians estacionou nos 34 pontos no Brasileirão

Corinthians estacionou nos 34 pontos no Brasileirão

Foto: Daniel Augusto Junior/Agência Corinthians

O Corinthians iniciou o segundo turno do Campeonato Brasileiro em Porto Alegre, jogando e perdendo contra o Grêmio. A equipe do Sul venceu o jogo, válido pela 20ª rodada da competição, por 3 a 0.

O técnico Cristóvão Borges foi obrigado a fazer uma alteração na equipe colocando Rodriguinho no lugar de Elias, que cumpriu suspensão por acúmulo de cartões amarelos. Com isso, a equipe iniciou o jogo na formação 4-4-2, com: Cássio; Fagner, Balbuena, Yago e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Ángel Romero e André.

Além dos jogadores do Grêmio, o Corinthians também jogou contra a torcida. Mais de 50 mil torcedores bateram o recorde de público da Arena do Grêmio na manhã deste domingo em Porto Alegre.

Com o resultado, o Corinthians pode deixar o G4 ainda nesta rodada. A equipe estacionou nos 34 pontos e já está na quarta colocação. O Santos, na sexta, com 33 pontos, joga neste domingo, às 16h.

Equílibrio, apesar do gol

O jogo começou com a torcida do Grêmio já impondo uma forte pressão com o estádio completamente lotado. Apesar disso, as duas equipes começaram a partida equilibradas. O time do Sul mostrou uma marcação melhor encaixada, mas o Timão soube se movimentar para criar chances.

Logo aos seis minutos, Douglas fez um lançamento para Bolaños, que dominou e chutou no canto. Cássio espalmou e fez grande defesa.

Na sequência, três tentativas do Timão para abrir o placar. Aos oito, Marquinhos Gabriel recebeu pela direita e chutou cruzado, deixando fácil para Marcelo Grohe defender. No minuto seguinte, Rodriguinho chutou de longe, a bola desviou em Douglas e quase enganou Grohe, que conseguiu espalmar para escanteio. Na cobrança, Giovanni Augusto lançou a bola para a área, Balbuena cabeceou bem, no canto, obrigando o goleiro gremista a fazer sua primeira grande defesa.

Aos 14 minutos, o primeiro cartão do jogo. Bolaños se jogou na área ao perceber a aproximação de Balbuena. O árbitro deu falta para o Timão e cartão para o atacante.

Dois minutos depois, porém, o Grêmio conseguiu abrir o placar. Pedro Rocha recebeu de Edílson, invadiu a área, passou por Uendel, deu um corte em Balbuena e chutou cruzado para o fundo do gol, sem chances para Cássio. 1 a 0 para o Grêmio.

O Timão não se deixou abalar e, aos 19 minutos, Uendel cruzou, a bola passou por Romero e André, mas caiu nos pés de Giovanni Augusto. O meia ficou cara a cara com Grohe, mas teve o chute travado pelo goleiro impedindo a reação.

Um minuto depois, mais um susto: Everton chutou de longe e Cássio espalmou. A bola sobrou na cabeça de Bolaños que, com o gol vazio, mandou a bola para fora. As duas equipes seguiram tentando chegar ao gol, mas somente aos 36 uma nova chance de perigo real. André chutou e Grohe defendeu, mas a sobra ficou com Giovanni Augusto, que com o gol vazio, chutou em cima de Geromel. Antes desse lance, Edílson levou cartão amarelo.

O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio, apesar do gol gremista. A posse de bola ficou dividida - 50% para cada um. Nas finalizações, o Timão saiu na frente: 13 a 9.

Complicou (e muito!)

Depois de conseguir manter o bom jogo, mesmo atrás no placar, o Corinthians foi surpreendido logo no início do segundo tempo. Aos três minutos, depois de uma troca de passes, Douglas encontrou Everton livre na direita. O atacante deu um curte em Fagner e chutou cruzado. Cássio aceitou e saiu o segundo gol do time gremista. 2 a 0 para o Grêmio.

Após o gol, o técnico Cristóvão Borges fez suas duas primeiras mudanças na equipe. Aos sete minutos, Marlone entrou no lugar de Giovanni Augusto, e Lucca no lugar de André.

As alterações pareciam ter dado resultados. Aos dez minutos, Marlone fez bom lançamento para Romero, que girou e chutou de esquerda. Marcelo Oliveira desviou. Aos 13, mais uma chance: Fagner mandou a bola na área, a zaga do Grêmio se atrapalhou e Lucca chutou. A bola passou à esquerda do gol.

Aos 16 minutos, no entanto, a reação do Timão foi brecada. Pedro Rocha recebeu de Douglas, dividiu com Cássio e o goleiro soltou a bola nos pés de Bolaños, que só empurrou a bola e ampliou o placar. 3 a 0 Grêmio.

Depois do terceiro gol, a equipe do Corinthians demonstrava mais instabilidade. O time foi dominado no meio-campo pelo Grêmio, que aproveitou a força da torcida para pressionar.

Mesmo assim, aos 21, Marlone arriscou de longe e a bola desviou na defesa, obrigando Grohe a fazer uma defesa incrível. Na sequência, Roger Machado promoveu duas mudanças na equipe do Sul: saiu Maicon para a entrada de Ramiro, e Everton deu lugar a Guilherme.

Com o domínio no placar e no campo, o Grêmio passou a controlar a partida. Aos 31, Rodriguinho fez falta em Guilherme e levou cartão amarelo. Na sequência, Cristóvão fez a última alteração: tirou Marquinhos Gabriel e promoveu a entrada de Guilherme.

O Grêmio ainda fez mais uma alteração, tirando Jailson e colocando Kaio. Além disso, antes de sair, Jailson tomou um cartão amarelo por falta em Rodriguinho. No final, Ramiro também foi amarelado por falta em Lucca.

Aos 42, Fagner fez bom cruzamento da direita, e Bruno Henrique cabeceou na trave. Com essa, o Timão chegou a sua 23º finalização. Sem conseguir ser efetivo, a equipe sofreu a derrota em Porto Alegre, chegando a terceira partida sem vitória no Brasileirão. O resultado também fez o Timão perder o posto de melhor defesa da competição - o posto foi assumido pelo Santos.

Agora, o Corinthians tem mais de uma semana para treinar antes do próximo jogo. A equipe enfrenta o Vitória, na Arena Corinthians, na segunda-feira, dia 22, às 20h. A partida será válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Grêmio

  • 1000 caracteres restantes
  • Melhores comentários

    Foto do perfil de Mario

    Ranking: 3538º

    Mario 202 comentários

    por @mmariano

    VERGONHA! Esse time aí é o pior dos últimos tempos!

  • Foto do perfil de Diego

    Ranking: 311º

    Diego 1872 comentários

    por @diego.souza71

    Time que entra com André, Romero e G. Augusto tem que perder mesmo. Cristóvão burro. Diretoria lixo.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Raphael

    Raphael 28 comentários

    841º. por @raphael.santi

    O Corinthians tinha que trazer um técnico de verdade. Porque não o Jorge Luis Pinto (ex Costa Rica na copa é atual Honduras nas Olimpíadas) que já se declarou corinthiano e consegue bons resultados com times limitados como nosso atual elenco.

  • Foto do perfil de Cláudio

    Ranking: 1976º

    Cláudio 399 comentários

    840º. por @claudio.moura2

    Verdade amigo!

    Foto do perfil de Antonio

    Antonio 60 comentários

    15/08/2016 às 11h34 por @antonio.carlos.estev

    Você olha o Instagram do cara, ele vive passeando em shopping "Anália Franco" é rua Oscar freire só comprando e jogar que é bom, nada!

  • Foto do perfil de Edward

    Ranking: 526º

    Edward 1261 comentários

    839º. por @edward.siqueira

    Sim, entendo! Pior que é verdade, dá raiva! Mas isso é reflexo de treinamento. Cristóvão é limitado tecnicamente, trabalha coisas sem fundamento. Ele quer fazer do Corinthians um Carrossel Holandês, todo mundo ataca e todo mundo defende, mas o trabalho era o oposto. Ele simplesmente mudou uma filosofia de jogadores que estavam acostumados a jogar de um jeito e agora têm que jogar de outro. Aí, o que os jogadores pensam? "Poxa, esse cara chega fazendo essa papagaiada e bla bla bla"...aí jogador é vaidoso (99,9%) começa a fazer corpo mole, não se empenha nos treinos e, Cristóvão por ser "amigão" não cobra o jogador do tipo: "André, tá com pereba no pé ou fimose na bunda desgraçado? Quer jogar? CORRE e sem MIMIMI, se num quer, VAZA!"...Cristovão não tem moral para isso...

    Foto do perfil de Thyego

    Thyego 199 comentários

    15/08/2016 às 14h17 por @thyego.germano

    Não Edward, eu sei, quando digo ruim, digo que a engrenagem não funciona, o problema do clube as vezes é mais fora de campo do que propriamente dentro das quatro linhas. Começando por fora pois contratou jogador meia-boca, depois reflete dentro de campo com esse time desorganizado e estabanado. Dá uma dor ver tanto passe errado e jogador perdendo gol quando se cria.

  • Foto do perfil de Bruno

    Ranking: 5566º

    Bruno 108 comentários

    838º. por @bruno.alves.de.olive

    Engraçado, parece que os outros times não treinam também, parece que somos obrigados a ganhar todos os jogos que disputamos, parece que se não formos campeões mundiais todos os anos não está bom. Somos o atual campeão brasileiro, o time foi DESMONTADO, nosso treinador saiu, não temos reposição nenhuma a altura dos que saíram, o Cristóvão está fazendo o que pode com o que tem e ao invés de apoiarmos, ficamos chamando o mesmo de burro. Quando o Tite perdeu a mão em 2013 optou por sair e jogar a bomba para o Mano, depois que ele remontou o time o Tite volta pra ser campeão. Penso que a leitura futebolística da maioria neste site é simplesmente momentânea, se ganha tá beleza, se perde o time é uma vergonha. Quinto lugar em um campeonato que com duas vitórias seguidas certamente retomaremos a liderança e mesmo assim nada presta nesse time. Acho que tem muita gente mal acostumada aqui. Minha opinião.

  • Foto do perfil de Pedro

    Ranking: 518º

    Pedro 1274 comentários

    837º. por @pedro.botan

    Giovanne Augusto e Guilherme não serve para o CORINTHIANS.

  • Foto do perfil de Alan

    Ranking: 1080º

    Alan 704 comentários

    836º. por @go.corinthians

    Daqui pra frente serão derrotas fora de casa e talvez vitórias em casa... Time ruim... O time tem apenas alguns raçudos e uns craques fora de forma ou na reserva... Um técnico limitado e não tem fazedor de gol, um verdadeiro striker...

  • Foto do perfil de leandro

    Ranking: 3175º

    Leandro 232 comentários

    835º. por @liezika

    Time fraco sem alma, sem brio, mediano pra fraco e dois ou três que se salva nessa #[email protected]% ! Esse ataque e um ataque de rissos... Esse time e uma vergonhaaaaaaaaaaaaa

  • Foto do perfil de João

    João 7 comentários

    834º. por @joao.peres.franco

    Diego, você esqueceu desse bosta chamado Cássio mãos de alface. Parece filho de pai de santo, não pega nada. Só bolas fáceis, defensáveis. O segundo gol estava mal colocado, qualquer outro goleiro pegava aquela bola, mas o Cássio não pegou. É outro que tem que sair do time.

    Foto do perfil de Diego

    Diego 1872 comentários

    14/08/2016 às 12h54 por @diego.souza71

    Time que entra com André, Romero e G. Augusto tem que perder mesmo. Cristóvão burro. Diretoria lixo.

  • Foto do perfil de Mario

    Ranking: 61º

    Mario 6336 comentários

    833º. por @marioayres

    Impressionante a falta de liderança em campo, ninguém chama a responsa, todos jogadores medianos que quando o time embala aparecem.

  • Foto do perfil de Thyego

    Ranking: 3601º

    Thyego 199 comentários

    832º. por @thyego.germano

    Não Edward, eu sei, quando digo ruim, digo que a engrenagem não funciona, o problema do clube as vezes é mais fora de campo do que propriamente dentro das quatro linhas. Começando por fora pois contratou jogador meia-boca, depois reflete dentro de campo com esse time desorganizado e estabanado. Dá uma dor ver tanto passe errado e jogador perdendo gol quando se cria.

    Foto do perfil de Edward

    Edward 1261 comentários

    14/08/2016 às 20h21 por @edward.siqueira

    O time não é ruim, mas digamos que falta aquela cobrança. O técnico é um sono, presidente um bunda mole e o diretor de futebol deve estar ganhando algum por fora pra calar a torcida (GAVIÕES). Precisa é de uma limpa lá dentro! Colocar esses empresários que usam o Corinthians pra correr. Colocar esses DIRIGENTES de M-E-R-D-A no lugar deles e pra ontem contratar um técnico de verdade! O time é limitado? Bobagem, não é tão ruim assim, só precisa jogar fechado e no erro do adversário, sem papagaiadas como estã sendo feito.