Corinthians abusa de erros e sofre pior derrota do ano

Corinthians Corinthians 0 x 3 Grêmio Grêmio

Brasileirão 2016

Corinthians abusa de erros e sofre pior derrota do ano

Corinthians estacionou nos 34 pontos no Brasileirão

Corinthians estacionou nos 34 pontos no Brasileirão

Foto: Daniel Augusto Junior/Agência Corinthians

O Corinthians iniciou o segundo turno do Campeonato Brasileiro em Porto Alegre, jogando e perdendo contra o Grêmio. A equipe do Sul venceu o jogo, válido pela 20ª rodada da competição, por 3 a 0.

O técnico Cristóvão Borges foi obrigado a fazer uma alteração na equipe colocando Rodriguinho no lugar de Elias, que cumpriu suspensão por acúmulo de cartões amarelos. Com isso, a equipe iniciou o jogo na formação 4-4-2, com: Cássio; Fagner, Balbuena, Yago e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Ángel Romero e André.

Além dos jogadores do Grêmio, o Corinthians também jogou contra a torcida. Mais de 50 mil torcedores bateram o recorde de público da Arena do Grêmio na manhã deste domingo em Porto Alegre.

Com o resultado, o Corinthians pode deixar o G4 ainda nesta rodada. A equipe estacionou nos 34 pontos e já está na quarta colocação. O Santos, na sexta, com 33 pontos, joga neste domingo, às 16h.

Equílibrio, apesar do gol

O jogo começou com a torcida do Grêmio já impondo uma forte pressão com o estádio completamente lotado. Apesar disso, as duas equipes começaram a partida equilibradas. O time do Sul mostrou uma marcação melhor encaixada, mas o Timão soube se movimentar para criar chances.

Logo aos seis minutos, Douglas fez um lançamento para Bolaños, que dominou e chutou no canto. Cássio espalmou e fez grande defesa.

Na sequência, três tentativas do Timão para abrir o placar. Aos oito, Marquinhos Gabriel recebeu pela direita e chutou cruzado, deixando fácil para Marcelo Grohe defender. No minuto seguinte, Rodriguinho chutou de longe, a bola desviou em Douglas e quase enganou Grohe, que conseguiu espalmar para escanteio. Na cobrança, Giovanni Augusto lançou a bola para a área, Balbuena cabeceou bem, no canto, obrigando o goleiro gremista a fazer sua primeira grande defesa.

Aos 14 minutos, o primeiro cartão do jogo. Bolaños se jogou na área ao perceber a aproximação de Balbuena. O árbitro deu falta para o Timão e cartão para o atacante.

Dois minutos depois, porém, o Grêmio conseguiu abrir o placar. Pedro Rocha recebeu de Edílson, invadiu a área, passou por Uendel, deu um corte em Balbuena e chutou cruzado para o fundo do gol, sem chances para Cássio. 1 a 0 para o Grêmio.

O Timão não se deixou abalar e, aos 19 minutos, Uendel cruzou, a bola passou por Romero e André, mas caiu nos pés de Giovanni Augusto. O meia ficou cara a cara com Grohe, mas teve o chute travado pelo goleiro impedindo a reação.

Um minuto depois, mais um susto: Everton chutou de longe e Cássio espalmou. A bola sobrou na cabeça de Bolaños que, com o gol vazio, mandou a bola para fora. As duas equipes seguiram tentando chegar ao gol, mas somente aos 36 uma nova chance de perigo real. André chutou e Grohe defendeu, mas a sobra ficou com Giovanni Augusto, que com o gol vazio, chutou em cima de Geromel. Antes desse lance, Edílson levou cartão amarelo.

O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio, apesar do gol gremista. A posse de bola ficou dividida - 50% para cada um. Nas finalizações, o Timão saiu na frente: 13 a 9.

Complicou (e muito!)

Depois de conseguir manter o bom jogo, mesmo atrás no placar, o Corinthians foi surpreendido logo no início do segundo tempo. Aos três minutos, depois de uma troca de passes, Douglas encontrou Everton livre na direita. O atacante deu um curte em Fagner e chutou cruzado. Cássio aceitou e saiu o segundo gol do time gremista. 2 a 0 para o Grêmio.

Após o gol, o técnico Cristóvão Borges fez suas duas primeiras mudanças na equipe. Aos sete minutos, Marlone entrou no lugar de Giovanni Augusto, e Lucca no lugar de André.

As alterações pareciam ter dado resultados. Aos dez minutos, Marlone fez bom lançamento para Romero, que girou e chutou de esquerda. Marcelo Oliveira desviou. Aos 13, mais uma chance: Fagner mandou a bola na área, a zaga do Grêmio se atrapalhou e Lucca chutou. A bola passou à esquerda do gol.

Aos 16 minutos, no entanto, a reação do Timão foi brecada. Pedro Rocha recebeu de Douglas, dividiu com Cássio e o goleiro soltou a bola nos pés de Bolaños, que só empurrou a bola e ampliou o placar. 3 a 0 Grêmio.

Depois do terceiro gol, a equipe do Corinthians demonstrava mais instabilidade. O time foi dominado no meio-campo pelo Grêmio, que aproveitou a força da torcida para pressionar.

Mesmo assim, aos 21, Marlone arriscou de longe e a bola desviou na defesa, obrigando Grohe a fazer uma defesa incrível. Na sequência, Roger Machado promoveu duas mudanças na equipe do Sul: saiu Maicon para a entrada de Ramiro, e Everton deu lugar a Guilherme.

Com o domínio no placar e no campo, o Grêmio passou a controlar a partida. Aos 31, Rodriguinho fez falta em Guilherme e levou cartão amarelo. Na sequência, Cristóvão fez a última alteração: tirou Marquinhos Gabriel e promoveu a entrada de Guilherme.

O Grêmio ainda fez mais uma alteração, tirando Jailson e colocando Kaio. Além disso, antes de sair, Jailson tomou um cartão amarelo por falta em Rodriguinho. No final, Ramiro também foi amarelado por falta em Lucca.

Aos 42, Fagner fez bom cruzamento da direita, e Bruno Henrique cabeceou na trave. Com essa, o Timão chegou a sua 23º finalização. Sem conseguir ser efetivo, a equipe sofreu a derrota em Porto Alegre, chegando a terceira partida sem vitória no Brasileirão. O resultado também fez o Timão perder o posto de melhor defesa da competição - o posto foi assumido pelo Santos.

Agora, o Corinthians tem mais de uma semana para treinar antes do próximo jogo. A equipe enfrenta o Vitória, na Arena Corinthians, na segunda-feira, dia 22, às 20h. A partida será válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Grêmio

  • 1000 caracteres restantes