STJD denuncia atacante do Corinthians e 'passa pano' para Palmeiras, Fluminense e outros

STJD denuncia atacante do Corinthians e 'passa pano' para Palmeiras, Fluminense e outros

Por Meu Timão

Lucca reclamou da arbitragem ao fim da partida contra o Flamengo

Lucca reclamou da arbitragem ao fim da partida contra o Flamengo

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians sofreu mais um golpe do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Na noite desta quarta-feira, a procuradoria do órgão acatou parcialmente um pedido da Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (ANAF) e denunciou o atacante Lucca por conta de reclamações após o empate contra o Flamengo, no Maracanã, no mês passado. Ainda não há data para o julgamento.

Outros denunciados pelo SJTD foram o presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomucemo, o diretor do Coritiba Alex Brasil, e o técnico Celso Roth, do Internacional. Também citados na reclamação formal feita pela ANAF, as seguintes pessoas foram "esquecidas" pelo órgão, dando sinais de imparcialidade: presidentes do Palmeiras, Paulo Nobre, do Fluminense, Peter Siemsen, e do Figueirense, Wilfredo Brillinger, além do meia Diego Souza, do Sport.

A ANAF cobrou do STJD, na semana passada, que os acusados fossem enquadrados nos seguintes artigos: 258 (assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código), que prevê suspensão de uma a seis partidas; 243-F (ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto), que prevê multa de R$ 100,00 a R$ 100 mil e suspensão de uma a seis partidas; 57 (ofensa a honra), que prevê punições a pessoa física, como advertência, repreensão, multa ou devolução de prêmios.

Chama atenção o fato de que enquanto Lucca pode ser suspenso e, consequentemente, desfalcar o Corinthians, a equipe de arbitragem comandada por Anderson Daronco, responsável por um erro grosseiro no jogo entre Corinthians e Flamengo, não corre risco de punição.

Corinthians e Flamengo empataram em 2 a 2 na última rodada do Campeonato Brasileiro. Um dos gols dos cariocas, contudo, foi validado em lance com "triplo" impedimento. Ao término da partida, Lucca declarou que estava "revoltado por conta do que fizeram com o Corinthians. Se a gente faz um gol desse, é 15 dias falando disso. Em uma partida tão decisiva como essa, não pode ter um erro assim. Impossível errar dessa forma, três ou quatro metros impedido."

Vale ainda lembrar que o STJD já puniu o Corinthians por um episódio também relacionado ao jogo contra o Flamengo. As brigas que antecederam a partida, nas arquibancadas do Maracanã, renderam interdição do setor Norte da Arena.

Veja Mais:

  • 'Herói' do Dérbi, Jô deve voltar a ganhar chance como titular diante do Mirassol. Tá querendo!

    Embalado pós-clássico, Corinthians coloca confiança à prova contra sensação do Paulistão

    ver detalhes
  • Gabriel se diz bastante feliz no Corinthians

    Gabriel justifica provocação a ex-clube: 'Faço o que for preciso para defender o Corinthians'

    ver detalhes
  • Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    ver detalhes
  • Furlan apita sexta partida do Corinthians na carreira

    Após polêmica no Dérbi, FPF define trio de arbitragem para próximo jogo do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes