Campeão pelo Corinthians, goleiro luta para voltar à série A e lembra do Timão: 'eternamente grato'

Campeão pelo Corinthians, goleiro luta para voltar à série A e lembra do Timão: 'eternamente grato'

Por Meu Timão

Com nove título como profissional do Corinthians, Júlio Cesar admite gratidão eterna

Com nove título como profissional do Corinthians, Júlio Cesar admite gratidão eterna

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Longe do Corinthians há dois anos e disputando a Série B do Campeonato Brasileiro pelo Naútico, o goleiro Júlio César comentou sua trajetória na equipe do Parque São Jorge admitindo gratidão eterna ao clube. O arqueiro fez sua carreira na equipe alvinegra e conquistou nove títulos como profissional, porém, acabou perdendo espaço após a disputa do Paulistão de 2012.

"O Náutico é um clube que gosto de coração. É muito gratificante tudo que estou vivendo porque tinha um ponto de interrogação muito grande na minha cabeça. Como seria a aceitação no próximo time que iria jogar porque fiquei muito tempo no Corinthians. Mas fui muito bem recebido aqui. Era uma coisa totalmente nova na minha vida", afirmou Júlio Cesar, em entrevista ao site ESPN.com.br.

"Agradeço muito a todos daqui porque me sinto em casa. O que sinto pelo Náutico não apaga o carinho pelo Corinthians, sou eternamente grato. Mas quero fazer uma nova história aqui. Quero deixar alguma lembrança boa. No Corinthians queria ter deixado mais, mas conquistei títulos e isso marcou. No Náutico quero ficar marcado", completou o jogador.

Revelado nas categorias de base do Corinthians e velho conhecido da Fiel, o goleiro de 32 anos ficou marcado pela torcida alvinegra com muitos pênaltis defendidos e grandes atuações. Uma delas lhe rendeu respeito máximo entre os torcedores.

Ao sofrer uma luxação em um dos dedos da mão esquerda em uma defesa, durante uma vitória do Corinthians por 2 a 0 contra o Botafogo, na disputa do Campeonato Brasileiro de 2011, o arqueiro não deixou o campo e permaneceu até o fim da partida. Mesmo com muita dor, Júlio Cesar resolveu ficar em campo após descobrir que o então técnico alvinegro Tite já havia feito as três alterações permitidas no duelo e que o zagueiro Leandro Castán defenderia o gol do Timão.

Em episódio inusitado, o goleiro caiu nas graças da Fiel por sua garra em campo

Em episódio inusitado, o goleiro caiu nas graças da Fiel por sua garra

Foto: André Ricardo/UOL

Goleiro recordista de títulos pelo Corinthians, Júlio Cesar conquistou nove títulos na equipe principal do Timão e duas Copas São Paulo de Juniores em uma história de 13 anos no clube do Parque São Jorge. O arqueiro tem: dois Brasileiros (2005 e 2011), dois Paulistas (2009 e 2013), Série B (2008), Copa do Brasil (2009), Libertadores da América (2012), Mundial de Clubes (2012) e Recopa Sul-Americana (2013).

Júlio César foi o goleiro titular do Corinthians na disputa do Campeonato Brasileiro de 2011, que garantiu o pentacampeonato nacional para o Timão, encontrando seu auge após uma grande atuação no empate sem gols diante do arquirrival Palmeiras, na última rodada da competição. Porém, o jogador perdeu sua vaga para Cássio depois de um erro no campeonato regional de 2012 e perdeu seu espaço na equipe.

"Agradeço muito a todos daqui porque me sinto em casa. O que sinto pelo Náutico não apaga o carinho pelo Corinthians, sou eternamente grato. Mas quero fazer uma nova história aqui. Quero deixar alguma lembrança boa. No Corinthians queria ter deixado mais, mas conquistei títulos e isso marcou. No Náutico quero ficar marcado", declarou o arqueiro.

Apesar do imenso carinho que guarda pelo Corinthians, Júlio César ainda sonha em colocar o Náutico na disputa da Série A do Campeonato Brasileiro. Ressaltando o bom momento de sua carreira, o arqueiro assegurou que não quer deixar a equipe de Pernambuco.

"Espero muito mesmo jogar a Série A pelo Náutico, não quero sair daqui. É um momento maravilhoso na minha carreira. Tive outros bons momentos aqui, mas esse é o melhor. Nas partidas fiz defesas em momentos cruciais que ajudaram a garantir resultados", finalizou.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes