Diretor confirma Oswaldo de Oliveira no Corinthians em 2017

Diretor confirma Oswaldo de Oliveira no Corinthians em 2017

Por Meu Timão

O diretor do Timão bancou a permanência de Oswaldo e defendeu o treinador

O diretor do Timão bancou a permanência de Oswaldo e defendeu o treinador

Foto: Meu Timão

O diretor de futebol do Corinthians, Flávio Adauto, confirmou a permanência do técnico Oswaldo de Oliveira no comando da equipe alvinegra na próxima temporada. A declaração do mandatário veio uma semana após o gerente do Timão, Alessandro Nunes, não garantir que o treinador continue no clube em 2017.

Declarando que Alessandro foi mal interpretado, Adauto ressaltou o histórico corinthiano recente no qual houveram poucas trocas no comando do clube. “Se você não picar frases e ouvir o que o Alessandro disse há alguns dias, você vai ver que ele diz que o Oswaldo prossegue. Eu reafirmo que ele (Oswaldo de Oliveira) é o técnico do Corinthians para 2017”, afirmou o diretor em entrevista à rádio Jovem Pan.

“Relembro que o Corinthians passou a ser nos últimos 10 anos o time que menos trocou de técnico. Quatro deles, Vanderlei Luxemburgo, Carlos Alberto Parreira, Mano Menezes e Tite, foram para a Seleção Brasileira, eram mudanças inevitáveis. Você não trucar o sonho, por exemplo de um Tite de chegar ao sonho dele que era gerir a Seleção. Troca-se muito pouco”, continuou.

Sobre as mudanças de treinadores que aconteceram no Timão nesta temporada, Flávio Adauto indiciou que os acontecimentos foram pontos fora da curva. “Esse ano foi uma exceção, o Corinthians está em seu quarto técnico. Não dava para tirar o sonho do Tite, depois veio o Cristóvão Borges, o Fabio Carille por pouco tempo, e agora o Oswaldo. Ele fez um contrato até dezembro de 2017. Se for ver, o Corinthians não tem rompido nos últimos dez anos, cumpre até o final”, declarou.

Quanto ao desempenho de Oswaldo de Oliveira em sua terceira passagem pelo Corinthians, o diretor de futebol defendeu o treinador. Adauto apontou que o técnico pegou uma equipe com problemas e soube lidar bem com as baixas que teve no confronto contra o Internacional nesta segunda-feira, na Arena Corinthians, onde o Timão venceu a equipe gaúcha por 1 a 0.

Flávio Adauto garantiu Oswaldo de Oliveira em 2017

Flávio Adauto garantiu Oswaldo de Oliveira em 2017

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

“Tenho participado de todas as palestras, reuniões, tenho visto como o Oswaldo não fica pra trás de outros não. Ele tem uma visão moderna, uma estratégia positiva. Ele pegou um elenco com problemas, que perdeu um monte de jogadores, perdeu até quem não ia perder que foi o Bruno Henrique, o Elias, fica sem jogadores em algumas posições”, alegou.

“O que vai ser feito alguma coisa vai, mas neste momento o que a gente confia é nesse elenco, é nessa escalação. Que ontem, com seis mudanças em relação ao jogo com Figueirense, era desesperador você pensar 'o que esse time vai fazer agora?'. Aí você perdeu o Giovanni Augusto, perdeu o Rodriguinho, o Lucca, Guilherme e o Oswaldo já acertou ali, colocou o Uendel no meio-de-campo, arrumou ali. E não pode-se dizer que o Corinthians foi inferior ao adversário, foi muito superior ao Inter”, acrescentou Adauto.

Veja mais em: Diretoria e Oswaldo de Oliveira.

Veja Mais:

  • Corinthians entra em campo neste domingo contra o Grêmio

    Corinthians visita Grêmio neste domingo para se consolidar na briga pelo hepta do Brasileirão

    ver detalhes
  • Gramado da Arena Corinthians está mais suscetível a 'escorregões' por excesso de umidade

    Gramado da Arena Corinthians 'chegou no limite', diz presidente de empresa responsável

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel marcou o terceiro gol do Corinthians na vitória sobre o Bahia

    Marquinhos Gabriel confirma sondagens e revela motivos que o fizeram permanecer no Corinthians

    ver detalhes
  • Seleção do Irã treinou no CT Joaquim Grava para a disputa da Copa do Mundo de 2014

    Técnico do Irã cita 'conexão' com o Corinthians como chave para classificação na Copa do Mundo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes