Em programa de TV, conselheiros do Corinthians questionam Arena e explicam impeachment

3.9 mil visualizações 41 comentários

Por Meu Timão

Conselheiros do Corinthians falaram ao vivo sobre impeachment de Roberto de Andrade

Conselheiros do Corinthians falaram ao vivo sobre impeachment de Roberto de Andrade

Divulgação

Dois dos conselheiros do Corinthians responsáveis pelo pedido de impeachment contra o presidente Roberto de Andrade compareceram na noite dessa segunda-feira em um programa de televisão para falar sobre o assunto. Herói João Paulo Vicente e Edgard Soares foram os convidados da última edição do Camarote, da Rede Família, apresentado por Guina Paiva.

"Um grupo numeroso de conselheiros pediu explicações para a diretoria do Corinthians e essas explicações não foram dadas até agora. Espero que o nome do Corinthians seja apenas lido nas páginas desportivas", resumiu Vicente, ao falar sobre o impeachment.

Entre os motivos usados pelos conselheiros para justificar o pedido de impeachment contra o presidente do Corinthians estão os recentes escândalos envolvendo a Arena. Com custo a longo prazo estimado em mais de R$ 1,5 bilhão, o estádio sofre com problemas de vazamento e de suposto desvio de verba destinada às obras.

"A construção do estádio foi muito importante, um marco na história do Corinthians. Mas todas as polêmicas que ocorreram causam muito temor para nós, conselheiros, e para os torcedores. Mas nós precisamos analisar minuciosamente a situação da Arena para ver se foi de fato um presente ou se foi um presente de grego", argumentou Vicente.

"Qual a construtora do estádio? A Odebrecht. Qual obra da Oderbrecht nos últimos 10 anos não foi superfaturada? Nenhuma. O Corinthians está sem dinheiro. Duas das três partes do Parque São Jorge estão penhoradas", completou Soares.

Até mesmo uma recente polêmica levantada contra Roberto de Andrade foi lembrada pelos conselheiros no programa da televisão: no último sábado, a revista Época denunciou irregularidades por trás da Omni no que diz respeito à gestão do estacionamento da Arena.

"A Arena tem um estacionamento muito pequeno, que tem apenas duas mil e 700 vagas. O estacionamento foi cedido por uma empresa e não há esclarecimentos sobre a operação desse local. Com isso, os conselheiros estão cobrando esclarecimentos legislativos do presidente, que se não tem nada a dever, ele que mostre para a gente que não tem nada de errado", afirmou Vicente.

Veja mais em: Arena Corinthians, Roberto de Andrade e Impeachment.

Veja Mais:

  • Corinthians publicou primeiro balancete de 2022

    Corinthians publica primeiro balancete de 2022 e registra superávit de R$7,7 milhões

    ver detalhes
  • Róger Guedes é um dos relacionados do Corinthians para a partida, mas Luan não é opção

    Corinthians divulga relacionados com desfalques para decisão contra o Always Ready; veja lista

    ver detalhes
  • Corinthians está pronto para enfrentar o Always Ready

    Corinthians finaliza preparação para enfrentar o Always Ready; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Fagner será desfalque em duelo decisivo pela Libertadores nesta quinta-feira

    Corinthians não relaciona Fagner contra o Always Ready; veja quando ele pode voltar a jogar

    ver detalhes
  • Torcedor foi identificado e punido pelo Corinthians

    Corinthians suspende torcedor que acendeu sinalizador no Majestoso e o bane da Neo Química Arena

    ver detalhes
  • Sandor Romanelli tem em seu currículo passagens por empresas como Disney e Warner Media

    Corinthians cria superintendência comercial e anuncia contratação de novo chefe para a área

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x