Sanchez ironiza interesse do Corinthians em Álvaro Pereira e defende contratação de Gustavo

17 mil visualizações 86 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Sanchez diz que não trabalha por reforços para o Corinthians desde o fim de 2013

Sanchez diz que não trabalha por reforços para o Corinthians desde o fim de 2013

Reprodução

Oficialmente fora da diretoria do Corinthians há um ano, Andrés Sanchez segue com bom trânsito entre diferentes alas do clube. Ao menos no que diz respeito a contratações, contudo, o dirigente parece saber bem o seu lugar. Prestes a voltar ao Timão, o ex-presidente ironizou o possível interesse da equipe paulista no lateral-esquerdo Álvaro Pereira.

Temos o Arana, o Uendel e o Moisés. Temos três laterais esquerdos, acham que vou forçar a barra para contratar? O Corinthians tá uma peneira onde cada um fala e todo mundo ouve o que quer”, ironizou Andrés, demonstrando irritação ao ser questionado sobre o assunto, à Rádio Transamérica. “Se fosse um meia de criação, um volante... Agora, um lateral-esquerdo? Temos três laterais”, acrescentou.

O nome de Álvaro Pereira surgiu nos noticiários esportivos após uma declaração de seu agente, Carlos Villalba. Segundo o empresário, o Timão o procurou para tratar da situação do ex-jogador do rival São Paulo, que pertence ao Estudiantes (ARG) e está emprestado ao Cerro Porteño (PAR). Sanchez, aliás, teria tomado a frente das tratativas.

“É terrível. Esse momento é muita especulação, muita coisa. No Corinthians poucas pessoas estão respondendo. O presidente tem que falar com a imprensa”, ponderou Sanchez.

Entre outros assuntos, como a entrevista com Roberto de Andrade marcada para esta segunda-feira, Andrés comentou a negociação do Corinthians com o Criciúma por Gustavo, repassado ao Bahia este ano. Em agosto de 2016, o Timão desembolsou cerca de R$ 3 milhões por parte dos direitos econômicos do atleta que deixou o Parque São Jorge após nove partidas e nenhum gol.

“O Gustavo é um jogador que tinha potencial, mas não poderia chegar aqui pra resolver o problema de atacante. Ele tinha que chegar, treinar, jogar um pouquinho e depois de uns meses a gente poderia saber se ele tinha potencial ou não. Trazer o Gustavo com 22 anos, que só jogou em times menores, pra resolver o problema do Corinthians?”, explicou.

“É óbvio que a pressão é enorme no garoto e deu no que deu. Agora ele pode chegar ao Bahia e fazer um ótimo campeonato. A contratação tem que ser bem analisada e ter o aval do treinador. Esse é o grande problema do Corinthians: nós trocamos de treinador quatro vezes em cinco, seis meses”, finalizou.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Gustavo e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Em meio a crise, Fábio Carille seguirá no comando do Corinthians

    Diretor do Corinthians garante permanência de Fábio Carille

    ver detalhes
  • Corinthians foi superior, mas não soube converter suas chances em gol em Joinville

    Com briga no fim e vacilos, Corinthians sai atrás nas quartas da Liga Futsal

    ver detalhes
  • Com apenas 5,6, o volante Ralf foi eleito o melhor em campo pela Fiel

    Torcida do Corinthians poupa Ralf em noite de médias extremamente baixas; reserva é o pior em campo

    ver detalhes
  • Jogadoras do Corinthians Feminino se classificaram em primeiro lugar para as quartas de final

    Corinthians conhece adversário das quartas de final da Libertadores Feminina; saiba os detalhes

    ver detalhes
  • Corinthians leva a virada e perde para o Cruzeiro por 2 a 1 em Itaquera; Carille foi expulso no segundo tempo

    Corinthians não consegue afastar crise e perde de virada para o Cruzeiro pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians perdeu de virada para o Cruzeiro na noite deste sábado

    Com nova derrota, Corinthians pode terminar rodada fora do G6 do Brasileirão; veja tabela

    ver detalhes

Comente a notícia: