Corinthians bate o Santos em clássico na Arena e segue líder no Paulistão

Corinthians Corinthians 1 x 0 Santos Santos

Paulista 2017

Corinthians bate o Santos em clássico na Arena e segue líder no Paulistão

Por Meu Timão

364 mil visualizações 365 comentários Comunicar erro

Cássio comemora o gol corinthiano em Itaquera

Cássio comemora o gol corinthiano em Itaquera

Foto: Bruno Teixeira / Instagram: @brunotrolo

Na noite deste sábado, o Corinthians encarou o Santos em mais um clássico pelo Campeonato Paulista. A partida, válida pela sétima rodada da competição, aconteceu às 18h30 na Arena em Itaquera, e contou com a presença massiva da Fiel.

Antes da partida, mais de 33 mil ingressos já haviam sido vendidos, e a partida teve um público de 36.378 pessoas - melhor do ano até aqui. Os torcedores no estádio foram recompensados com uma vitória do Timão, por 1 a 0, e com a presença do técnico Tite, que foi ovacionado na entrada do estádio.

Para o jogo, a escalação do Corinthians foi surpresa até o último instante. Cada vez mais próximo do time definitivo, Carille escalou a equipe promovendo a entrada de Jadson como titular pela primeira vez. Alternando em dois esquemas táticos - o 4-1-4-1 e o 4-2-3-1, o Timão entrou em campo com Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel; Jadson, Maycon, Rodriguinho e Romero; Jô

Já o rival, o Santos, que teve uma semana para se preparar para o confronto, entrou com Vladimir; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Cleber e Zeca; Yuri, Thiago Maia e Vitor Bueno; Bruno Henrique, Copete e Kayke.

Primeiro tempo

A primeira etapa da partida começou parelha, mas aos poucos o Corinthians imprimiu maior ritmo ao jogo. Mesmo assim, a equipe da casa teve dificuldade no último passe e só no fim do primeiro tempo conseguiu chegar de forma mais efetiva ao gol do Santos.

A falta de entrosamento ficou visível no ataque corinthiano, que esteve por diversas vezes em posição de impedimento. Mesmo assim, o maior nome santista, sem dúvida, foi o goleiro Vladimir, que por várias vezes salvou a equipe visitante de sair com a desvantagem no placar.

Com domínio do jogo, os minutos finais foram de pressão corinthiana, que não pôde, porém, ver justiça no placar, que terminou em 0 a 0 na primeira etapa, mesmo com quatro finalizações certas para o Timão (contra apenas uma do Santos).

Segundo tempo

Sem mudanças para a segunda etapa, o Timão conseguiu fazer justiça ao futebol apresentado no primeiro tempo. De cabeça, com menos de 2 minutos do reinício da partida, o atacante Jô subiu na área após cruzamento de Guilherme Arana e desempatou a partida.

Aos 25 minutos, Carille fez a primeira mudança na equipe do Corinthians, quando colocou Léo Jabá no lugar Romero, mantendo ainda o mesmo esquema tático. Aos 28, Kazim entrou no lugar de Jô, e, por fim, aos 37 minutos, Rodriguinho deixou o campo para a entrada de Giovanni Augusto.

Mais eficiente no jogo, o Corinthians só foi parado pelo número de faltas. O clássico esquentou, e o árbitro decidiu distribuir cartões de forma totalmente desequilibrada. Mesmo tendo cometido menos faltas, só os jogadores do Timão foram advertidos: Gabriel, Jadson, Rodriguinho e Pablo.

A única advertência para a equipe santista foi para Vladimir, após um lance de agressão acintosa, quando Kazim levou um chute do goleiro enquanto voltava ao jogo. Apesar de ter dado o cartão, o juiz não marcou a falta, que teria acontecido dentro da área uma vez que a bola já estava em jogo.

Com o resultado, o Corinthians soma mais três pontos e segue líder no Paulista, conquistando a quinta vitória consecutiva na competição. O próximo jogo do Timão, nesta quinta-feira, será o confronto contra o Luverdense, em Cuiabá, às 21h30. Pelo estadual, a equipe corinthiana enfrenta no domingo a Ponte Preta, às 16h, no Moisés Lucarelli.

Veja mais em: Campeonato Paulista.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Santos

  • 1000 caracteres restantes