Carille se esquiva sobre Valdívia e promete 'recuperar' Giovanni

Carille se esquiva sobre Valdívia e promete 'recuperar' Giovanni

4.5 mil visualizações 103 comentários Comunicar erro

Após 'fico', Giovanni Augusto foi bastante elogiado por Carille

Após 'fico', Giovanni Augusto foi bastante elogiado por Carille

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O iminente fracasso do Corinthians na tentativa de contar com o meia Valdívia não se tornou dor de cabeça para o técnico Fábio Carille. Depois de o Timão anunciar a permanência do meia Giovanni Augusto, que seria envolvido no negócio com o Internacional, foi a vez do treinador alvinegro dar sua versão das tratativas.

Em entrevista coletiva nesta terça-feira à noite, no CT Joaquim Grava, Carille se blindou de perguntas direcionadas à hipotética contratação do armador colorado e se ateve a Giovanni. Na visão do comandante, ainda é possível recuperar o bom futebol do camisa 17, titular em parte da temporada anterior.

“Desde Ribeirão Preto, foram feitas muitas perguntas (sobre a contratação de Valdívia). Não vou falar de jogadores que não estão aqui. Falo do Giovanni, um jogador de muita qualidade, chegou em 2016 e conquistou a confiança do torcedor por seu desempenho, jogando muito bem mesmo. Depois, por outras situações, caiu muito. Um jogador que nós vamos recuperar, está querendo muito e a gente conta com ele”, disse Carille.

“O Giovanni não é mais um menino, já está aqui há um ano, sabe como funciona, já jogou no Atlético-MG, clube de muita pressão. Faz parte do nosso trabalho, da comissão, colocá-lo quando estiver bem. Se a gente não fizer isso, é erro nosso e pode prejudicá-lo. É dar moral, trabalhar sério, quando aparecer a oportunidade ele vai fazer o seu melhor”.

“Recuperar jogadores” é um dos principais desafios de Carille no início de sua carreira como técnico. Além de Giovanni, ele conta com outros profissionais em baixa em 2017, como o também meia Guilherme e o atacante Mendoza. Ciente de cada uma das situações, o ex-auxiliar de Tite diz saber por onde começar.

“Tratando todos iguais, tratando todos iguais como tenho feito, chamando atenção na hora que tiver de chamar, elogiando quando for bem. Todos que estão trabalhando estão integrados, daqui a pouco vai começar o Campeonato Brasileiro, não tem número de inscrições. Mendoza também. Quando tiverem oportunidade, vão a campo”, prometeu Fábio.

Antes de deixar a sala de imprensa do CT, o treinador do Corinthians teve de responder a outro questionamento sobre Valdívia. E desta vez, porém, confirmou a intenção do clube de voltar ao mercado em busca de reforços.

“Todos os jogadores de qualidade acrescentam em qualquer equipe, Valdívia é um deles. O Corinthians está de olho em tudo e bastante. Vão acontecer algumas coisas para o Campeonato Brasileiro. É necessário que a gente se fortaleça mais, precisamos de um elenco forte para seguir bem em todas as competições”, finalizou.

Veja mais em: Giovanni Augusto, Fábio Carille e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Andrés Sanchez mostrou incômodo com postura dos empresários de Balbuena

    Andrés Sanchez critica empresários de Balbuena em entrevista a jornal português

    ver detalhes
  • Timão pode erguer troféu da Liga Ouro já na sexta-feira, na casa do São José

    Corinthians vence batalha com quatro prorrogações e fica a uma vitória do título da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Maioria dos titulares de Loss já completou sétimo jogo no BR; Cássio e Fagner, sequer seis

    Doze corinthianos já completaram sete jogos no Brasileirão; veja quem ainda pode se transferir

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes