Médico do Corinthians explica situação de Vilson, ainda sem jogar em 2017

Médico do Corinthians explica situação de Vilson, ainda sem jogar em 2017

60 mil visualizações 78 comentários Comunicar erro

Último jogo do Corinthians com Vilson foi em dezembro de 2016

Último jogo do Corinthians com Vilson foi em dezembro de 2016

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Sem disputar uma partida oficial desde 11 de dezembro e fora de combate há mais de um mês, o zagueiro Vilson reforçará o Corinthians apenas no Campeonato Brasileiro, que começa no próximo dia 13. O jogador, em tratamento de cirurgia no joelho, segue sob os cuidados dos departamentos médico e de fisioterapia do clube, e não deve estar apto a entrar em campo até o início da competição nacional.

Ao Meu Timão, o médico do Corinthians Ivan Grava detalhou a recuperação do defensor, que foi submetido a uma artroscopia no joelho esquerdo – procedimento cirúrgico na região da cartilagem – no dia 7 de março, no Hospital São Luiz, unidade do Morumbi.

“Ele está fazendo um trabalho de reequilíbrio muscular ainda, porque a cirurgia acaba o fazendo perder musculatura”, disse o especialista. “Ele está fazendo um trabalho de reequilíbrio muscular, começando um trabalho de transição na fisioterapia, começando a correr na piscina, fazendo bicicleta, ‘transport’. Estamos vendo como ele está evoluindo nesse trabalho para liberá-lo (aos treinamentos)”, explicou.

Parte da recuperação de Vilson acontece na piscina do CT Joaquim Grava

Parte da recuperação de Vilson acontece na piscina do CT Joaquim Grava

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Antes reserva imediato de Balbuena e Pablo, titulares da zaga alvinegra, Vilson precisou ser operado porque seu joelho inchava com frequência ao término de treinos e jogos. A previsão inicial do corpo clínico do Timão é liberar o atleta à comissão técnica de Fábio Carille dentro de três meses – até junho, portanto.

“Ainda não tem data, não (para voltar a jogar). O caso dele é bem devagar e dia após dia vendo a evolução. O prazo do Vilson também é de três meses, ele completou cinco semanas agora, então está bem no meio”, concluiu.

O zagueiro não entra em campo por um compromisso oficial do Corinthians há mais de quatro meses. No dia 11 de dezembro de 2016, foi escalado pelo então treinador do time, Oswaldo de Oliveira, na derrota por 3 a 2 para o Cruzeiro, no Mineirão, pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em contrapartida, o beque participou dos duelos com Vasco (vitória por 4 a 1) e São Paulo (0 a 0) válidos pela Florida Cup, além do amistoso com a Ferroviária (triunfo por 1 a 0), todos na pré-temporada.

Fora Vilson, o departamento médico corinthiano conta com só outro jogador: o meia Giovanni Augusto, operado na última quarta-feira para corrigir a lesão que sofreu na cartilagem do tornozelo esquerdo. A previsão de recuperação dele, assim como a do zagueiro, é de três meses.

Confira os próximos jogos do Corinthians

23 Abr, Dom, 16h00 - Corinthians x São Paulo
10 Mai, Qua, 21h45 - Universidad de Chile x Corinthians
13 Mai, Sáb, 19h00 - Corinthians x Chapecoense
21 Mai, Dom, 16h00 - Vitória x Corinthians
28 Mai, Dom, 16h00 - Atlético-GO x Corinthians

Veja mais em: Vilson, Giovanni Augusto e Departamento Médico.

Veja Mais:

  • Desfalques por suspensão contra Internacional, Ralf treinou no CT do Corinthians

    Com reservas em ação, Corinthians dá início a preparação para decisão na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Michel Macedo chegou a negociar com o Corinthians no meio da temporada

    Corinthians volta a negociar com o lateral-direito Michel, ex-Las Palmas; atleta viria em definitivo

    ver detalhes
  • Em posição irregular, Leandro Damião anotou gol ilegítimo sobre Corinthians

    Auxiliar que prejudicou Corinthians contra o Internacional é afastado da Série A

    ver detalhes
  • Ralf pode retomar titularidade para decisão contra os cariocas

    De provável retorno a possíveis novidades: o panorama do Corinthians para a decisão de quarta-feira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes