Brasileirão 2017 - Vitória 0 x 1 Corinthians

Brasileirão 2017 - Vitória 0 x 1 Corinthians

https://www.meutimao.com.br/jogo/21-05-2017/brasileirao_2017/vitoria-0-x-1-corinthians

02:00

2017-05-21T16:00:00

Corinthians Corinthians 1 x 0 Vitória Vitória

Brasileirão 2017

Sobre a Partida

Ir para ComentáriosComentar sobre o jogo

O Corinthians iniciou a segunda rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo, como o visitante mais indigesto da Série A. E o bom aproveitamento longe da Arena em Itaquera rendeu ao Timão sua primeira vitória no torneio nacional. Mesmo em jogo morno na Arena Fonte Nova, a equipe alvinegra derrotou o Vitória por 1 a 0, gol marcado pelo centroavante Jô.

Considerando a partida em Salvador, o Corinthians soma quatro pontos na atual edição do Brasileiro. O esquadrão comandado por Fábio Carille volta a campo no próximo domingo, diante do Atlético-GO, às 16h (de Brasília), no Serra Dourada. Depois, mede forças com o rival Santos em clássico a ser disputado na Arena Corinthians, no dia 3 de junho, às 19h.

Primeiro tempo

Característica principal do Corinthians em 2017, o bom sistema defensivo armado por Fábio Carille suportou a pressão inicial do Vitória. Fagner é quem tinha mais trabalho pelo lado direito, onde o atacante David descia com facilidade ao ataque e por vezes ficava no mano a mano. Quando o cronômetro marcou 20 minutos, Cássio já havia defendido ao menos dois arremates de fora da área e interceptado um cruzamento.

O Timão levou perigo ao gol baiano pela primeira vez aos 34. Após belo passe longo de Rodriguinho, Jô recebeu em velocidade na entrada da área, cortou para a canhota e finalizou forte, obrigando o goleiro Fernando Miguel a defender do jeito que deu. Tanto é que o arqueiro cedeu rebote nos pés de Romero, mas o atacante paraguaio, sem ângulo para o chute, optou pelo cruzamento a Rodriguinho. Ao tentar bater para o gol, o camisa 26 acabou prensado pela defesa rival.

Jadson lamenta oportunidade perdida diante do Vitória

Jadson lamenta oportunidade perdida diante do Vitória

Reprodução/TV Globo

Fora o lance acima, que tinha potencial de chamar o Corinthians para cima do Vitória, as duas torcidas na Fonte Nova pouco viram de bom futebol até o fim da primeira etapa. A equipe paulista rodava a bola e tentava triangulações pelas beiradas, mas pecava no último terço do campo. Já os donos da casa não faziam tanta questão da posse e arriscavam contra-ataques com Uillian Correa e Paulinho, embora Cássio quase não fosse exigido.

“O jogo está bem truncado, a gente sabia que teríamos de suportar a pressão inicial, depois o jogo equilibrou mais um pouco. Segundo tempo a gente espera ter mais espaço e fazer o gol”, analisou Rodriguinho ao seguir para o vestiário. “Caprichar no último passe. A gente tem que caprichar para conseguir finalizar e chegar com perigo. O jogo tá muito equilibrado, nós também conseguimos neutralizar a equipe do Vitória. É ter tranquilidade para encontrar o gol”, disse Fagner.

Segundo tempo

O Corinthians voltou a campo aparentemente determinado a propor o jogo e até chegou a balançar as redes do Vitória no início do período complementar, quando Jadson encontrou Romero dentro da área. O camisa 11, em posição irregular, cabeceou para trás e viu Maycon bater no canto direito de Fernando Miguel e marcar, mas o lance acabou bem anulado pelo árbitro pernambucano Péricles Bassols.

Depois de o Timão esboçar reação, Carille precisou mudar de planos. Isso porque Balbuena acusou dores no músculo posterior da coxa direita e precisou ser retirado do gramado. O técnico corinthiano, então, recorreu ao único defensor de ofício no banco de reservas: o jovem Léo Santos, de 18 anos, que passou a formar a dupla de zaga com Pedro Henrique, outra prata da casa. Nesse mesmo embalo, uma segunda mudança, mas por opção técnica: Maycon foi sacado para a entrada de Marquinhos Gabriel.

Com o Vitória desinteressado, o Corinthians mostrou consciência e, ainda que deficitário no que diz respeito a finalizações certas, encontrou o gol em Salvador. Aos 30 minutos, após linda tabela de Marquinhos com Jadson, Jô recebeu dentro da área e arrematou cruzado, colocando entre as pernas do goleiro baiano!

Depois do gol, é bem verdade, a equipe do Parque São Jorge se fechou em seu campo. O Vitória, porém, mostrava pouco poder ofensivo e não tinha sucesso ao criar jogadas. Ainda assim, Carille decidiu colocar outro atleta de características defensivas em campo, o volante Paulo Roberto, no lugar do capitão Jadson.

Recém-campeão paulista e classificado à segunda fase da Copa Sul-Americana, o Corinthians não chegou a fazer a partida dos sonhos de seu torcedor, mas foi competente em solo baiano e conquistou o primeiro triunfo pelo Brasileirão 2017.

Restam 36 rodadas para o fim da competição nacional. Há quem entenda que o elenco alvinegro não tem forças para alçar voos maiores na temporada... Façam suas apostas!

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Vitória 0 x 1 Corinthians

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes