Corinthians faz cinco no Vasco, goleia em São Januário e assume liderança do Brasileirão

Corinthians Corinthians 5 x 2 Vasco da Gama Vasco da Gama

Brasileirão 2017

Corinthians faz cinco no Vasco, goleia em São Januário e assume liderança do Brasileirão

130 mil visualizações 585 comentários Comunicar erro

Maycon marcou o terceiro gol do Corinthians

Maycon marcou o terceiro gol do Corinthians

Reprodução/TV

Que jogo! Em uma noite de altas emoções no estádio São Januário, no Rio de Janeiro, o Corinthians venceu o Vasco pelo placar de 5 a 2, nesta quarta-feira, em duelo válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Marquinhos Gabriel, Jô, Maycon e Clayton (2) marcaram para o Timão; Luis Fabiano, com dois gols em dois minutos, para os cariocas.

Com a vitória - a quarta seguida nesta reta inicial do Brasileirão -, o Corinthians saltou da vice-liderança para a primeira posição. Resta aos torcedores e jogadores alvinegros, agora, "secar" a Chapecoense. Únicos que podem tirar a ponta do Timão na rodada, os catarinenses encaram o Grêmio nesta quinta-feira.

Vale citar as alterações do Corinthians para a partida desta quarta em relação ao time que batera o Santos no último sábado. Sem Fagner, Rodriguinho e Romero, convocados pelas seleções de seus países, entraram na equipe: Paulo Roberto, Marquinhos Gabriel e Clayson.

Assim, Carille escalou o Corinthians com: Cássio; Paulo Roberto, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Marquinhos Gabriel, Jadson (capitão) e Clayson; Jô.

Em tempo: o Corinthians volta a campo neste domingo à tarde, a partir das 16h. Em clássico marcado para a Arena, em Itaquera, o Timão mede forças com o São Paulo em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Primeiro tempo

O Corinthians começou a partida de forma fulminante. Mesmo diversos jogadores considerados reservas, os comandados de Fábio Carille acertaram bela jogada de velocidade e com apenas três minutos abriram o placar em São Januário.

Clayson se infiltrou no setor defensivo do Vasco, deslocando os adversários, e enfiou passe em profundidade para Guilherme Arana. O lateral-esquerdo, como já se tornou habitual, avançou em liberdade e acertou bela assistência para Marquinhos Gabriel. O camisa 31 apareceu como um relâmpago dentro da área e bateu de primeira para o fundo das redes de Martin Silva, marcando o gol mais rápido do Timão na atual temporada.

Com a vantagem no placar, o Corinthians adotou postura exageradamente defensiva. Paulo Roberto, atrás, e Jadson, na frente, erravam passes demais. A consequência de tudo isso foi um Vasco mais ofensivo, criando oportunidades de gol e obrigando Cássio a fazer boas intervenções. Mas como quem não faz toma...

Em sua segunda finalização na partida, o Corinthians tratou de marcar o segundo gol! Aos 38 minutos, Marquinhos Gabriel aproveitou contra-ataque alvinegro para enfiar linda bola direcionada a Jô. O camisa 7 venceu os defensores na corrida, driblou Martin Silva na entrada da área e só teve o trabalho final de tocar para o fundo da meta vascaína.

O primeiro tempo, assim, chegou ao fim com absurda eficiência ofensiva por parte do Corinthians. Por outro lado, a defesa não se mostrou tão segura quanto em outros jogos - e isso ficaria evidente nos dois primeiros minutos da etapa complementar...

Segundo tempo

Nem o mais pessimista dos torcedores do Corinthians poderia imaginar: com apenas 120 segundos de bola rolando, o atacante Luis Fabiano anotou dois gols e empatou a partida.

Nenê, que havia acabado de entrar em campo, foi atropelado por Arana. Na cobrança de falta, bola levantada na área. Dando um banho de tempo de bola em Pablo e Cássio, Luis Fabiano testou firme para o fundo do gol.

Um minuto bastou para Luis Fabiano aproveitar novo cruzamento, desta vez saindo dos pés de Henrique. O atacante mais uma vez venceu Pablo no jogo aéreo e cabeceou. A bola bateu ainda bateu no braço do atacante antes de morrer no fundo das redes de Cássio.

Visivelmente desestabilizado com os gols vascaínos, o Corinthians passou a tomar muito sufoco e correr risco de levar a virada. Os cariocas se aproveitaram do nervosismo alvinegro e "amassaram" a defesa do Timão. Foi nesse cenário, contudo, que os comandados de Fábio Carille construíram um contra-ataque. E aí...

Clayson avançou com bastante rapidez pela esquerda, ganhando espaço e tempo para a chegada de outros corinthianos ao campo ofensivo. Maycon surgiu como elemento surpresa e recebeu ótima enfiada de bola. O volante, então, com um simples toque, colocou a pelota entre as pernas de Martin Silva, anotando o terceiro gol do Timão na noite.

O técnico Fábio Carille, vendo sua equipe à frente no placar mais uma vez, promoveu alterações: colocou Giovanni Augusto, Pedrinho e Clayton nas vagas de Jadson, Clayson e Marquinhos Gabriel. Conclusão? Mais dois gols do Timão!

Pedrinho enfiou boa bola para Jô. O artilheiro corinthiano se tornou garçom e cruzou para Clayton. O atacante, que havia acabado de entrar em campo, acertou a finalização para aumentar a vantagem corinthiana.

O mesmo Clayton, que até então não havia feito nenhum gol com a camisa corinthiana, marcou logo seu segundo. Paulo Roberto cruzou e o atacante estufou as redes, marcando o quinto tento do Timão em São Januário, sacramentando a goleada alvinegra.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Vasco

  • 1000 caracteres restantes