Carille homenageia e usa bordão de Muricy para explicar substituições decisivas

Carille homenageia e usa bordão de Muricy para explicar substituições decisivas

Por Meu Timão

79 mil visualizações 86 comentários Comunicar erro

Carille explicou motivo das substituições no segundo tempo

Carille explicou motivo das substituições no segundo tempo

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Técnico da equipe líder do Campeonato Brasileiro, Fábio Carille usou um ex-treinador para tirar dele os holofotes da vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, neste domingo, na Arena. Em entrevista coletiva, o comandante do Timão citou Muricy Ramalho, tricampeão brasileiro pelo rival São Paulo, a fim de explicar as mudanças promovidas por ele no segundo tempo.

“A questão da estrela (do treinador), eu não me apego muito nisso. Tem um ex-técnico que eu admiro muito que é o Muricy (Ramalho) que fala ‘aqui é trabalho’. E aqui é trabalho também”, disse Carille. “Todos os jogadores sabem o que tem de fazer quando entram em campo. Tenho um grupo muito equilibrado”, acrescentou o comandante alvinegro.

Leia também:
Jô admite pênalti mal batido e pede calma com jovem Pedrinho
Vitória do líder Corinthians é ironizada por volante do Botafogo: 'Sofreram'
Pedrinho descreve lance do gol da vitória e cita emoção dos pais

Carille promoveu sua primeira alteração logo no intervalo da partida em Itaquera: sacou Gabriel, volante de características defensivas, para a entrada de Marquinhos Gabriel. Depois, chamou Pedrinho na vaga de Clayson. As substituições deram ao Corinthians maior poderio ofensivo e, consequentemente, o triunfo pelo placar mínimo.

“A ideia era para mudar o jogo para continuar em cima deles. Quando você pega o adversário fechado, você tem que colocar jogadores que vão para o drible, que vão para o ‘um contra um’ para quebrar essa marcação. E essa foi a intenção de Marquinhos e Clayson. Depois com o Pedrinho entrando também, um jogador de qualidade, inteligente, que, além de ser um armador, tem o um contra um muito forte. As modificações deram resultado, sim”.

O gol da vitória foi marcado por Jô, mas com participação considerável de Pedrinho, de 19 anos, revelação da base. O meio-campista aplicou belo chapéu em João Paulo, ganhou de Dudu Cearense na esquerda e cruzou rasteiro para o camisa 7, que superou o goleiro Gatito Fernández só na terceira tentativa.

Com sete pontos de vantagem para o Grêmio, segundo colocado, o Timão volta a campo no próximo sábado, contra a Ponte Preta, às 19h (de Brasília), na Arena.

Veja mais em: Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Clayson, Luan, Sornoza, Marciel e Matheus Matias: confira o vaivém no Corinthians neste fim de 2018

    Corinthians no mercado da bola: saiba quem chega, quem sai e quem negocia com o Timão para 2019

    ver detalhes
  • Corinthians tem compromisso importante ainda em 2018 para tentar classificação na Superliga

    Duelo pela Superliga e amistoso de futebol americano marcam últimos compromissos do Timão no ano

    ver detalhes
  • Boa parte da grana deixada pelo torcedor na Arena Corinthians não vai para o Fundo

    Despesas levam R$ 15,5 mi da bilheteria do Corinthians em 2018; veja levantamento do Meu Timão

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians deposita altas doses de esperança no retorno de Carille

    Torcida do Corinthians coloca retorno do Carille no topo dos assuntos mais comentados do Brasil

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes