Comentarista vê Corinthians disperso em empate, mas valoriza poder de reação

Comentarista vê Corinthians disperso em empate, mas valoriza poder de reação

Por Meu Timão

Timão saiu atrás do placar, virou para cima do Atlético-PR, mas sofreu empate amargo no fim

Timão saiu atrás do placar, virou para cima do Atlético-PR, mas sofreu empate amargo no fim

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O empate por 2 a 2 entre Corinthians e Atlético-PR, na noite desse sábado, na Arena em Itaquera, ganhou uma análise de Wagner Vilaron. O comentarista do canal SporTV disse ter visto a equipe paulista um tanto dispersa em campo, mas valorizou a reação do líder da Série A dentro da partida.

“Vou me arriscar a citar um certo conforto por causa da distância na frente, me pareceu um time disperso, um Corinthians um pouco mais tranquilo, mais do que a gente se acostumou a ver (...) Foi um Corinthians bem abaixo em termos de ritmo, de ser incisivo, de amassar, jogar no campo do adversário”, criticou Vilaron.

O jornalista lembrou que o Timão não contava com três jogadores titulares, haja vista a lesão do zagueiro Pablo e as suspensões de Guilherme Arana e Rodriguinho. Até por isso, o Corinthians de Fábio Carille pecou no excesso de passes errados e demorou a engrenar até Jô, referência ofensiva alvinegra, marcar dois gols e virar o placar – o gol de empate do Atlético-PR, anotado por Otávio, saiu aos 36 minutos do segundo tempo.

“O Corinthians jogou sem três titulares, dois deles na primeira linha de marcação, o Pablo e o Arana, e isso fez muita falta na saída de bola e na marcação pelo lado esquerdo, e sem o Rodriguinho para dar aquele molho no meio-campo. As ausências foram muito sentidas. Essa história de que existe um time organizado, time definido e quem entra dá conta, não é bem assim. Essa é a primeira lição que ficou desse time”, frisou o comentarista.

Leia também:
Pedro Henrique fala em aprendizado no empate do Corinthians: 'Amadurece nossa equipe'
Em rede social, jogadores lamentam empate e valorizam luta do Corinthians; confira
Em preleção emocionante, Jô e Balbuena destacam volta por cima do Corinthians; veja vídeo

Ainda assim, para Vilaron, o tropeço diante do Atlético-PR mostrou que o Corinthians, mesmo desfalcado, teve brio para buscar o triunfo ao lado de sua torcida. “O Corinthians não conseguiu a pontuação que esperava, mas mostrou poder de reação. A gente citou o lado negativo, que foi ritmo abaixo do que estávamos acostumados, mas quando precisou reagir, reagiu, conseguiu a virada, com o Jô decisivo. É questão de ajustar as peças, sentiu as ausências e voltar a ter ritmo, concentração e ficar mais esperto”, finalizou.

Com o empate, o Corinthians atinge 36 pontos e permanece na liderança isolada do Brasileirão. A equipe volta a campo na quarta-feira, quando visitará o Avaí na Ressacada, em Florianópolis, às 21h (de Brasília), pela 15ª rodada da competição nacional.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    ver detalhes
  • Clayson comemora gol sobre o São Paulo, o primeiro dele pelo Timão

    Na raça! Clayson decide, Corinthians empata no Morumbi e mantém invencibilidade contra rival

    ver detalhes
  • Líder do Brasileirão, Corinthians empatou com o São Paulo por 1 a 1 neste domingo

    Com tropeço do Grêmio, Corinthians vê rivais se aproximarem na tabela; veja classificação

    ver detalhes
  • Clayson assegurou empate fora de casa ao Timão

    Cássio brilha, mas reserva é eleito o melhor do Corinthians no clássico; Jadson destoa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes