Jô brilha, faz dois, mas Corinthians leva empate do Atlético-PR na Arena

Corinthians Corinthians 2 x 2 Atlético-PR Atlético-PR

Brasileirão 2017

Jô brilha, faz dois, mas Corinthians leva empate do Atlético-PR na Arena

Elenco alvinegro celebra o segundo gol sobre o Atlético-PR

Elenco alvinegro celebra o segundo gol sobre o Atlético-PR

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Parecia até notícia repetida: o líder Corinthians voltaria a vencer em Itaquera... Mas não foi bem assim. Na noite deste sábado, na Arena Corinthians, o Timão levou susto, chegou a virar para cima de um frágil Atlético-PR, mas sofreu o empate amargo. Os gols alvinegros do injusto 2 a 2 foram marcados pelo atacante , agora artilheiro do Campeonato Brasileiro.

Invicto há 28 partidas, o Corinthians soma 36 pontos e aguarda o término da 14ª rodada para conhecer o tamanho de sua vantagem na primeira colocação da Série A. Se o Grêmio perder para a Ponte Preta, neste domingo, na Arena do Grêmio, o time dirigido por Carille ostentará 11 pontos à frente do vice.

O líder volta a campo já na próxima quarta-feira, contra o Avaí, às 21h (de Brasília), na Ressacada. Em seguida, visita o Fluminense, domingo que vem, no estádio do Maracanã.

O jogo

A equipe de Fábio Carille não demorou a mostrar sua força em Itaquera. Acostumada a trabalhar a bola e trocar passes pacientemente, levou perigo ao gol de Weverton pelo alto: aos seis minutos, Jadson cobrou escanteio na área e viu Jô, referência do ataque alvinegro, cabecear para fora.

O Timão voltaria a levar perigo à meta adversária poucos instantes depois com as mesmas armas. Em boa triangulação com Romero, Moisés avançou pela esquerda e cruzou para Jô, livre de marcação. O camisa 7 testou firme e fez Weverton, aparentemente nervoso, se enrolar com a bola e ceder novo escanteio aos donos da casa.

O líder Corinthians, até pelo fator casa, obrigava o Atlético-PR a se fechar no campo de defesa. A estratégia dos visitantes era evidente: suportar a pressão alvinegra e, quando tivesse oportunidade, contra-atacar em velocidade. Só que antes disso ocorrer, Weverton sujava cada vez mais o uniforme – de fora da área, Marquinhos Gabriel e Gabriel acertaram arremates no alvo, mas pararam no arqueiro rival.

Se o Corinthians não soube aproveitar as chances que teve, o Atlético-PR pode se gabar do contrário. Aos 37 minutos, Jonathan ganhou de Moisés na entrada da área, passeou pela defesa corinthiana e finalizou rasteiro, sem chances para Cássio. A equipe paulista voltava a sofrer um gol depois de 674 minutos e ficava atrás do placar pela primeira vez na competição.

O Atlético-PR mal teve tempo para comemorar o belo tento deu seu lateral-direito. A resposta corinthiana foi ágil e surgiu com Moisés, ainda em baixa com a Fiel, que cruzou rasteiro e deu assistência para Jô anotar o oitavo dele na Série A.

Jô comemora gol sobre o Atlético-PR, o oitavo dele no Brasileirão

Jô comemora gol sobre o Atlético-PR, o oitavo dele no Brasileirão

Reprodução/TV

"Está sendo mais complicado, saímos atrás. Tivemos a cabeça no lugar, tocamos a bola, fizemos a jogada pela lateral e consegui marcar", analisou Jô. "É aumentar a concentração na hora do passe. Estamos errando passes bobos. Ainda bem que fizemos o gol no finalzinho para poder voltar mais concentrado e vencer a partida", concluiu, antes de seguir para o vestiário.

Cinco minutos. Foi o suficiente para o Corinthians tirar a desvantagem no marcador. Com quem? Com o artilheiro do campeonato, oras! Após bela jogada iniciada por Jadson, Maycon invadiu a área e passou para Jô marcar o gol de número 200 da Arena Corinthians, o nono do atacante no certame nacional.

Madura, a equipe de Carille mantinha a posse da bola e não mudava de postura. Quando o Atlético-PR esboçava reação, as duas linhas de quatro armadas pelo técnico corinthiano suportavam as investidas. A alternativa, então, era arriscar de fora da área e, quem sabe, contar com a sorte. Dito e feito!

Aos 36 minutos da segunda etapa, Otávio chutou de longe. O zagueiro Balbuena, na tentativa de interceptar a finalização, desviu contra a própria meta, no contrapé do goleiro Cássio, e freou o ânimo dos mais de 41 mil corinthianos presentes em Itaquera.

O resultado amargo não chega a ser todo ruim. Com o empate em casa, o Corinthians dorme na liderança com 36 pontos, 16 de diferença para o Cruzeiro, último a integrar o G6, zona de classificação à Copa Libertadores da América 2018.

Escalações

Corinthians: Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Moisés; Gabriel e Maycon; Marquinhos Gabriel, Jadson e Romero; Jô (capitão)

Atlético-PR: Weverton (capitão); Jonathan, Paulo André, Wanderson e Sidcley; Otávio, Eduardo Henrique; Lucho González; Pablo, Cascardo e Douglas Coutinho

Veja mais em: , Crônica e Campeonato Brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Atlético-PR

  • 1000 caracteres restantes