Red Bull Brasil x Corinthians

Pelo Campeonato Paulista, o Corinthians enfrenta agora o Red Bull Brasil

Acompanhe ao vivo

Após firmar grupo corporativo, Corinthians abre negociações em busca de patrocínio máster

Após firmar grupo corporativo, Corinthians abre negociações em busca de patrocínio máster

Por Meu Timão

23 mil visualizações 123 comentários Comunicar erro

Timão está sem patrocinador máster desde abril; clube tem tratativas com quatro companhias

Timão está sem patrocinador máster desde abril; clube tem tratativas com quatro companhias

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians mantém conversas com quatro empresas para alavancar suas receitas. É o que revelou o presidente Roberto de Andrade na noite dessa terça-feira, em entrevista à Rádio Globo. Segundo o dirigente, as negociações são fruto de sua relação com o Grupo de Comunicação do Corinthians (GCC), criado no início de julho.

O GCC é composto pelo Corinthians e por 19 empresários, entre eles diretores de multinacionais, todos torcedores alvinegros. O objetivo é aproximar o Timão do mercado empresarial, o que pode impulsionar o clube na busca por novos patrocinadores e parceiros à Arena Corinthians. O projeto tem custo zero.

“Temos quatro negociações em andamento, algumas de patrocínios novos, coisas do marketing, coisas de tecnologia... Estamos fazendo um negócio bem legal de realidade virtual também, que deve ser lançado em breve”, garantiu Roberto de Andrade.

O Timão não possui um patrocinador máster desde abril, quando o contrato com a Caixa Econômica Federal chegou ao fim. O principal espaço do uniforme corinthiano é avaliado em R$ 30 milhões, dinheiro que pode deixar de ser creditado na conta do clube.

Entre outros assuntos, como a situação financeira da Arena Corinthians e a possibilidade de vender jogadores na atual janela internacional de transferências, Roberto lamentou o panorama econômico do país. O mandatário também lembrou que a violência ligada ao esporte tem afastado os clubes de futebol dos grandes investidores.

“Difícil, lógico que está. Estamos lutando como qualquer empresa do Brasil. Por isso tem 12 milhões de desempregados. Por isso o futebol passa por isso. Estaria melhor (com a renda do estádio), mas não estaria fácil também. Não está acabado (o clube), estamos equalizando muita coisa, estamos lutando com dificuldade. As empresas estão se afastando do futebol, não está fácil trazer empresa. Estava conversando com uma há três semanas, fui almoçar com o presidente desta empresa, tinha acontecido aquela violência em Curitiba com o torcedor, ele me perguntou: 'Você acha que eu quero ver minha marca estampada em uma camisa com alguém espancado no chão?'”, concluiu.

O clube paulista tem como patrocinadores as seguintes marcas: Nike (fabricante de material esportivo), Estrella Galícia (fornecedora de bebidas), Minds (barra da manga da camisa), Alcatel (costas do uniforme), Foxlux (barra do uniforme) e Universidade Brasil (omoplatas).

Veja mais em: Roberto de Andrade, Ações de marketing, Arena Corinthians, Diretoria do Corinthians e Patrocinador do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians e Red Bull se enfrentam pelo Campeonato Paulista

    Corinthians tenta se recuperar no Paulistão diante do Red Bull; acompanhe em tempo real

    ver detalhes
  • Camacho (à dir.) está escalado para pegar o Red Bull nesta segunda

    Carille confirma Corinthians com mudanças para jogo em Campinas; confira escalação

    ver detalhes
  • Com Rodriguinho, Timão entra em campo na noite desta segunda-feira

    Contra Red Bull, Corinthians pode abrir seis pontos na liderança; veja classificação do Paulistão

    ver detalhes
  • Marllon já posou para foto com a camisa do Corinthians

    Corinthians anuncia contratação de Marllon, que assina contrato de quatro temporadas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes