Desempenho de Douglas no Avaí pode mudar futuro de Walter no Corinthians

Desempenho de Douglas no Avaí pode mudar futuro de Walter no Corinthians

68 mil visualizações 291 comentários Comunicar erro

Douglas, Caíque, Walter e Cássio durante a pré-temporada de 2016

Douglas, Caíque, Walter e Cássio durante a pré-temporada de 2016

Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians

A renovação de Walter com o Corinthians pode ser adiada e/ou até mesmo não acontecer - atual contrato tem validade até 31 de dezembro de 2019. A mudança de rumo nas conversas entre diretoria do clube e representantes do goleiro ocorre por dois motivos.

O primeiro é o desempenho de Douglas Friedrich neste Campeonato Brasileiro. O goleiro, que foi emprestado pelo Timão ao Avaí até o fim deste ano, é um dos destaques da posição na competição nacional. Comissão técnica e diretoria acreditam que o arqueiro, de 28 anos, teria qualidade, experiência e motivação suficientes para ser reserva de Cássio na próxima temporada.

O segundo motivo tem a ver com o primeiro. Com a tranquilidade de saber que o titular teria um substituto à altura em caso de necessidade, o clube pode dar a oportunidade que Walter tanto quer para jogar. Nesse caso, por outra equipe. A liberação seria facilitada após o Brasileirão.

Leia também:
Dois clubes brasileiros usam empresários para sondar possível saída de Carille
Atacante do Fluminense crava Corinthians como campeão do Brasileiro
Corinthians tem apenas quatro jogos nos próximos 33 dias; Sul-Americana indefinida
Pedro Henrique diz como falha no Mineirão mudou sua carreira: 'Cresci a partir dali'

Uma postura diferente do que ocorreu recentemente diante da oferta tentadora do São Paulo para o goleiro, que ganharia um salário bem maior, além de um tempo de contrato estendido. A diretoria do Corinthians se negou a liberá-lo para o rival, até pelo fato de ter apenas 5% dos seus direitos econômicos. A oferta de 1,5 milhão de euros (R$ 5,5 milhões) renderia ao Corinthians apenas R$ 270 mil.

Naquela ocasião, Flávio Adauto, diretor de futebol, Alessandro Nunes, gerente, e o presidente Roberto de Andrade, deixaram claro ao camisa 27 sua importância no atual momento da equipe, que é líder do Brasileirão. Como Cássio deve ser convocado por Tite para a Seleção Brasileira, Walter será o dono da posição em alguns jogos. Apesar da confiança nos dois pratas da casa - Caíque França e Matheus Vidotto -, a diretoria não quer abrir mão da experiência do seu principal goleiro reserva, de 29 anos.

Walter chegou ao Corinthians em 2013, após se destacar na Barbarense no Estadual. O goleiro atuou em 55 jogos, levando 46 gols. Ele ainda não jogou este ano.

Veja mais em: Walter, Mercado da bola e Douglas Friedrich.

Veja Mais:

  • Ramiro possui contrato com Grêmio até 2021; Timão contatou pai do atleta

    Corinthians consulta pai de Ramiro, do Grêmio, e mostra interesse no meia

    ver detalhes
  • Corinthians e São Paulo se enfrentaram pelas quartas de final da Copa RS

    Corinthians é derrotado pelo São Paulo nos pênaltis e dá adeus à Copa RS de 2018

    ver detalhes
  • CT da Base já está sendo utilizado pelas equipes sub-15, sub-17 e sub-20; gramados estão prontos

    Corinthians define duas etapas de finalização das obras do CT da base; orçamento é de R$ 25 milhões

    ver detalhes
  • Arthur, agora ex-Corinthians, em ação contra o rival São Paulo; atleta está livre

    Corinthians dispensa atacante de 17 anos que marcou nove gols em 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes