Diretor do Corinthians explica situação de Walter, prevê volta de Douglas e alfineta rival

Diretor do Corinthians explica situação de Walter, prevê volta de Douglas e alfineta rival

Por Meu Timão

Adauto disse contar com Walter, mas goleiro não será obrigado a permanecer

Adauto disse contar com Walter, mas goleiro não será obrigado a permanecer

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

As investidas recentes do rival São Paulo pelo goleiro Walter, do Corinthians, foram comentadas pelo diretor de futebol alvinegro Flávio Adauto. Em entrevista ao Estadão nesta quinta-feira, o mandatário explicou por que o Timão recusou as propostas do clube da Barra Funda pelo arqueiro e, ao mesmo tempo, confirmou a intenção de reintegrar Douglas Friedrich, emprestado ao Avaí.

“Nós pretendemos que sim (Walter fique no Corinthians), porque ele tem contrato até 2019. Agora, se for muito importante para ele – nós já conversamos sobre isso também – a gente pensa em ele fazer o caminho que achar melhor. Nesse momento, o caminho que nós achamos melhor – ele concordou também – é ficar no Corinthians. E a gente talvez repatrie o Douglas, que está lá no Avaí”, declarou Flávio Adauto.

Leia também:
Corinthians acerta contratação definitiva de Paulo Roberto, garante diretor
Pablo faz post misterioso em rede social: 'Tudo isso é mentira'; esposa se pronuncia

Bem-humorado, o cartola corinthiano revelou ter utilizado o momento do São Paulo dentro de campo (atual 16º colocado no Brasileirão) para argumentar a favor da permanência de Walter no Parque São Jorge. Uma leve alfinetada no rival...

“No momento lhe ofereceram vantagens muito grandes financeiramente e a gente ponderou que, financeiramente, só, não iria resolver. Ele iria entrar num time que tinha sérios problemas”, frisou o dirigente.

“Nós só temos 5% de direitos econômicos, mas direitos federativos temos até 2019. Mas ninguém vai fazer negócio de prender, de amarrar alguém que não queira ficar”, completou.

Nova visão – A renovação de Walter com o Corinthians pode ser adiada ou até mesmo não acontecer. A mudança de rumo nas conversas entre diretoria do clube e representantes do goleiro ocorre por dois motivos.

Veja mais em: Walter, Douglas Friedrich, Mercado da bola e Flávio Adauto.

Veja Mais:

  • Corinthians e São Paulo ficaram no 1 a 1 no Morumbi; do lado rival, protestos

    Com direito a dossiê, rival do Corinthians prepara reclamação contra juiz do Majestoso

    ver detalhes
  • Cássio fez discurso emocionante no vestiário do Morumbi

    Preleção do Corinthians no Morumbi teve discurso épico de Cássio: 'F...-se! Problema do São Paulo!'

    ver detalhes
  • Renato Gaúcho havia falado em queda do Corinthians. Quem anda caindo, porém, é o Grêmio

    Probabilidades do BR-17: Corinthians segue em alta, Grêmio despenca e paulistas entram na briga

    ver detalhes
  • Corinthians passa 2017 invicto em clássicos contra São Paulo

    Corinthians relembra gols sobre São Paulo e faz provocação em rede social

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes