Em sequência, trio quebra longo jejum e deixa o Corinthians mais perto do hepta

Em sequência, trio quebra longo jejum e deixa o Corinthians mais perto do hepta

Contra o Avaí, Kazim pôs fim a um longo jejum de nove meses sem marcar

Contra o Avaí, Kazim pôs fim a um longo jejum de nove meses sem marcar

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A história do Corinthians é recheada de heróis improváveis. Só nos títulos recentes, é possível citar o peruano Ramírez, em 2011, Romarinho, em 2012 e Lucca, em 2015. No Brasileirão de 2017 não poderia ser diferente. Com a cara do Timão, alguns jogadores encerraram longos jejuns na reta final da competição e aproximaram a equipe do hepta nacional. São eles: Kazim, Giovanni Augusto e Ángel Romero.

Neste sábado, mais de 40 mil torcedores vibraram com o primeiro gol do atacante Kazim no Campeonato Brasileiro. O tento, que decidiu a partida e deu três pontos ao Timão, pôs fim a um período de quase nove meses sem o turco ir às redes. Seu último e único gol pelo clube havia sido contra o Audax, ainda no Paulistão, no dia 18 de fevereiro.

Leia também:
Caíque chama a responsabilidade para duelo contra o Fluminense: 'Estou preparado'
Carille admite título próximo do Corinthians, mas não vê Brasileirão definido

Antes de ver Kazim decidindo uma partida, foi Giovanni Augusto o nome do gol da vitória contra o Atlético Paranaense na última quarta-feira. O camisa 17 saiu do banco para garantir o triunfo alvinegro e encerrar um jejum de 13 meses sem marcar com a camisa alvinegra. O último encontro de Giovanni com as redes tinha sido em 29 de outubro de 2016, contra a Chapecoense, na Arena Corinthians. Até aqui, o meia soma sete gols em 75 partidas pelo clube.

Meia não marcava há mais de um ano pelo Corinthians

Meia não marcava pelo Corinthians há mais de um ano

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Outro nome que vinha batendo na trave na hora de marcar era Romero. O paraguaio, porém, foi um dos destaques da partida e abriu o placar para a vitória alvinegra no Dérbi do último domingo. Com 26 gols em seus três anos de Corinthians, o camisa 11 não marcava há quatro meses e meio. O último tento também foi em um clássico, contra o São Paulo, no dia 11 de junho.

Com gols do artilheiro Jô ou de nomes improváveis, o Corinthians pode garantir mais uma conquista nacional já na próxima quarta-feira. Às 21h45, a equipe pode entrar em campo campeã ou precisando apenas de uma vitória contra o Fluminense para sacramentar o título.

Veja mais em: Romero, Kazim e Giovanni Augusto.

Veja Mais:

  • Com saída de Adriano, Marquinhos herdou a camisa 10 do Timão na Libertadores 2012

    Campeão em 2011, Marquinhos diz ter celebrado hepta do Corinthians e ensaia retorno

    ver detalhes
  • Golaço de Rodriguinho sobre o Sport entrou em vídeo de emissora italiana

    Canal de esportes da Itália produz vídeo com cinco gols mais belos do hepta do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes