Mulheres saem em defesa de vice vetada por Andrés e criticam decisão: 'Foi usada'

Mulheres saem em defesa de vice vetada por Andrés e criticam decisão: 'Foi usada'

Por Meu Timão

2.3 mil visualizações 42 comentários Comunicar erro

Andrés virou alvo de críticas das mulheres presentes nos bastidores do Corinthians

Andrés virou alvo de críticas das mulheres presentes nos bastidores do Corinthians

Foto: Meu Timão/Rodrigo Vessoni

Anunciada como vice-presidente de Andrés Sanchez, candidato da situação no Corinthians, Maria de Lourdes Jacob Mattavo acabou vetada e não participará mais da chapa. A decisão gerou muita insatisfação da conselheira, que interpretou o ocorrido como machismo. A ideia é compartilhada e apoiada pelas outras mulheres do clube, que saíram em defesa da colega e criticaram o presidenciável.

Uma das conselheiras vitalícias do clube, Miriam Aithe, que apoia Antonio Roque Citadini, acredita que Maria de Lourdes foi usada pela chapa de Andrés. Vale lembrar que o candidato chegou a tirar fotos com a ex-vice e Edna Murad Hadlik, outra candidata ao cargo.

"A Maria de Lourdes foi usada. No sentido de comover a associada para dizer que o Corinthians teria uma vice mulher. E não haveria problema, já tivemos vices mulheres, como a Marlene Matheus. Temos mulheres. Mas acho que ela foi usada, porque o movimento do Citadini tem sido voltado para as mulheres, sócia e independente. E o grupo que está no poder nunca ligou para nós. O que se tem no clube hoje para mulheres? Absolutamente nada!", analisou Aithe, em entrevista ao Lance!.

Leia também:
Após sondagens, Corinthians e Marquinhos Gabriel negam possibilidade de empréstimo para 2018
Após impasse, meia do Corinthians é anunciado como reforço do Fortaleza

Outra mulher presente nos bastidores do Timão fez questão de deixar clara a insatisfação das companheiras com a situação. Susy Miranda, sócia do clube e organizadora de um encontro de mulheres com Citadini, falou sobre a revolta.

"As mulheres estão revoltadíssimas. Algumas do grupo do Andrés me ligaram para dizer isso. Essa já é a quarta eleição que estou participando e sempre prometem coisas, com panfleto, dizendo que farão um salão de beleza para a gente no clube. Mas das prioridades, tudo isso está em último lugar para o Andrés., Ele se elege e esquece da gente. E chega uma hora que a gente quer se rebelar", disse.

"Nós todas os sentimos ofendidas. Foi uma ofensa muito grande da parte do candidato solicitar que ela participasse e depois descartar como objeto qualquer. Isso não se faz com uma mulher, com ninguém", completou.

Mesmo com o veto a uma das vices, a chapa Renovação & Transparência terá uma mulher na equipe. Edna Murad, anunciada ao lado de Maria de Lurdes, foi mantida por Andrés Sanchez e estará com o grupo na eleição marcada para o dia 3 de fevereiro.

Veja mais em: Andrés Sanchez e Eleições no Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians jogou bem, mas não conseguiu sair vitorioso neste domingo

    Corinthians sofre gol impedido, reage no segundo tempo e fica no empate com o Internacional

    ver detalhes
  • Danilo Avelar foi eleito o pior corinthiano em campo pela Fiel

    Novidade de Jair Ventura é enaltecida pela Fiel; lateral rouba cena e é eleito pior em campo

    ver detalhes
  • Mateus Vital fez bom jogo diante do Internacional neste domingo

    Análise: Corinthians reage após gol impedido e consegue empate contra o Internacional

    ver detalhes
  • Time comandado por Jair Ventura segue distante dos grupo de classificados para a próxima Libertadores

    Corinthians ganha posição após empate, mas já sabe que termina rodada em oitavo; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes